Ex-marqueteiro, João Santana recebeu R$ 18 milhões da Odebrecht » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 05-06-2020 » Procurador-geral | Aras envia parecer ao STF e defende retorno de Ramagem à Abin 05-06-2020 » Ministro da educação | Para aliados de presidente, se Abraham Weintraub cair, Bolsonaro minimiza crise com STF e Congresso 05-06-2020 » Indígenas na pandemia | 'Me decepcionei com Bolsonaro', diz indígena que integrou comitiva na ONU 05-06-2020 » Comprova | Fala de médicos sobre vírus perder força não tem apoio de órgãos de saúde 05-06-2020 » Estados Unidos | Memória de George Floyd marca 10º dia de protestos 05-06-2020 » Preso em Brasília | Depressão de Marcola se agravou, diz família; condição preocupa autoridades 05-06-2020 » Suspeito é detido pela polícia | Ataque a faca em supermercado na China deixa 3 mortos e 7 feridos 05-06-2020 » 'Me destroem' | Fabio Assunção sobre vício: Há quem torça para que eu ceda 05-06-2020 » Ela é camgirl | Ex-BBB Clara: Tem cliente que paga só para me ver dormindo 05-06-2020 » Após descobrir sexo | De Férias: ex de Flávia tira satisfação com Novinho 05-06-2020 » TV Paga | CNN define substituto de Gottino e faz dança das cadeiras 05-06-2020 » Sonho virou pesadelo | Na Bélgica, homem recebe pizza há dez anos sem pedir 05-06-2020 » Durante pandemia | Roberto Carlos vende iate Lady Laura 4 por R$ 25 milhões 05-06-2020 » Em sinal a Trump | Putin detalha política para uso de armas nucleares 05-06-2020 » No UOL | João Gabbardo, chefe do centro de combate à covid de SP, fala às 15h 05-06-2020 » Combate ao coronavírus | Potencial vacina brasileira contra covid-19 começa a ser testada em animais 05-06-2020 » Presidente do TSE | Eleitor deve usar álcool gel após votar e não antes, diz ministro Barroso 05-06-2020 » Pandemia pelo Brasil | Brasil se torna terceiro país com mais mortes registradas por coronavírus 05-06-2020 » Fernando Holiday | A direita que não vê racismo 05-06-2020 » Reinaldo Azevedo | Diante de recorde de mortes, general se acovarda
Publicidade
22 de abril de 2019

Ex-marqueteiro, João Santana recebeu R$ 18 milhões da Odebrecht

Foto Reprodução

Uma planilha da transportadora de valores que operou para a Odebrecht em São Paulo indica que ao menos 187 entregas de dinheiro a políticos, marqueteiros e agentes públicos foram consumadas na capital paulista, entre setembro de 2014 e maio de 2015. O jornal O Estado de S. Paulo teve acesso ao documento, que é mantido sob sigilo pelo Supremo Tribunal Federal (STF). De acordo com o jornal, os 187 pagamentos cujas datas, valores e senhas coincidem estão vinculados a 57 codinomes criados pela empreiteira para ocultar a identidade do beneficiário final da propina. Somente entre setembro de 2014 e maio de 2015 foram pagos R$ 97,5 milhões em São Paulo. A maior quantia no período, conforme a reportagem, foi direcionada ao codinome “Feira”, atribuído ao ex-marqueteiro de campanhas petistas, o baiano João Santana. Foram 26 entregas no valor total de R$ 18 milhões feitas para William Ali Chaim, operador do PT, e André Santana, assistente do publicitário. Chaim recebeu a maior parte dos repasses no apartamento 1.301 de um flat em Moema, onde ficou hospedado entre agosto e novembro de 2014. Além do endereço e do nome de Chaim, que está preso, a planilha da Transnacional traz o número de telefone celular dele.


VOLTAR