Exportações baianas crescem 9,1% em 2018 » Rede Acontece
Últimas
26-03-2019 » Novos smartphones | Tira foto da Lua! Huawei lança celular P30 com super zoom 26-03-2019 » Com a mulher | Bolsonaro foi ao cinema de manhã e só iniciou agenda às 11h30 26-03-2019 » Fará participações | TV Gazeta contrata Alckmin para programa de Ronnie Von 26-03-2019 » Valores na CLT | Veja o ranking das folhas de pagamento dos clubes da Série A 26-03-2019 » Amistoso em Praga | Brasil enfrenta a República Tcheca às 16h45; siga o pré jogo 26-03-2019 » PEC da Previdência | Líderes da Câmara anunciam veto a BPC e aposentadoria rural na reforma 26-03-2019 » Mandato vai até setembro | Chefe da Procuradoria Militar faz lobby para suceder Dodge na PGR 26-03-2019 » Mudança na equipe | Carlos Bolsonaro deve perder espaço com troca na comunicação do Planalto 26-03-2019 » Lance no Paulistão | Como polêmica sobre VAR extrapola guerra entre Palmeiras e FPF 26-03-2019 » 'Uma crise atrás da outra' | Derrotas de Moro e dúvida no STF deixa PF em alerta 26-03-2019 » Programa faz 30 anos | Quem é a mulher que comanda as 200 bailarinas do Faustão 26-03-2019 » Coisa Mais Linda, da Netflix | F. Vasconcellos vive vítima de violência em série: 'Me coloquei no lugar dela' 26-03-2019 » Governo: modo de usar | Como 'nova política' de Bolsonaro rejeita articulação e ameaça Previdência 26-03-2019 » Em recuperação judicial | Avianca Brasil decide fechar 21 rotas, 40% do total; veja destinos afetados 26-03-2019 » Ela é dona do jogo | Renata Fan: 'Não testariam homens como me testaram' 26-03-2019 » Pressão dos parceiros | Mulheres contam como transavam sem vontade por violência psicológica 26-03-2019 » Zona de risco em BH | UOL.DOC: Medo de rompimento assombra condomínios de luxo
Publicidade
INTERSORFT 100 MEGA
corretora de seguros
10 de janeiro de 2019

Exportações baianas crescem 9,1% em 2018

Foto Reprodução

As exportações da Bahia fecharam 2018 com vendas de US$ 8,8 bilhões, um crescimento de 9,1% sobre 2017, apontam dados analisados pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI). O resultado foi influenciado pelo fortalecimento da China como principal parceiro da Bahia, após conflito comercial protagonizado entre o país asiático e os EUA, o que fez com que ocorresse uma valorização média de 6% na pauta comparada ao ano anterior. A expansão da produção agrícola estimada em 17% também influenciou o valor. As importações cresceram cerca de 10% alcançando US% 7,92 bilhões, o que sinaliza um maior dinamismo da economia, que ainda é frágil em meio a recuperação da atividade industrial. Em dezembro, as exportações baianas alcançaram US$ 989,6 milhões, uma alta de 46,9% em relação ao resultado objetivo no último mês do ano passado. O destaque ficou com a venda de soja, algodão, celulose e derivados de petróleo.


VOLTAR