Feira de Santana: carga com dispositivo para acionar explosivos é despachada » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 22-07-2019 » Silvio Santos | Neymar participa de atração no SBT e diz que não beijou Anitta 22-07-2019 » Na GloboNews | José Roberto Burnier pede licença para se tratar de um câncer 22-07-2019 » Alto nº de homicídios | Por que a América Latina é a região mais violenta do mundo 22-07-2019 » Foi identificada | Grêmio oferece apoio a torcedora vítima de agressão no Gre-Nal 22-07-2019 » Comparou a Moro | Deputada Joice Hasselmann diz que teve o celular clonado 22-07-2019 » Do meio de campo; veja | Emocionado, Juninho diz que bola bateu na canela em gol contra 22-07-2019 » Bolsonaro questionou órgão | 'Posso até ser demitido, mas não se pode atacar o Inpe', afirma diretor 22-07-2019 » 'Filme de terror' | Mattos e funcionários do Palmeiras relatam drama em voo para Argentina 22-07-2019 » 40% do FGTS | Para deputados, trabalhador precisa ser compensado se multa for reduzida 22-07-2019 » Corinthians 1 x 1 Flamengo | Carille vê Corinthians 'dentro da normalidade', mas cobra melhor pontaria 22-07-2019 » Antônio Prata | Uma mesma palavra e tantos significados 22-07-2019 » Reinaldo Azevedo | Por qual crime Bolsonaro será deposto? 22-07-2019 » Benja | A minha luta continua: o futebol vai 'ACAVAR'! 22-07-2019 » Samuel Pêssoa | Velha esquerda no país morrerá de morte morrida 22-07-2019 » Tostão | No futebol e na vida, interpretação não é fato 22-07-2019 » Diogo Schelp | Por que 'guerra' em Hong Kong continua? 22-07-2019 » Ruy Castro | Heroica e infeliz, MEC-AM tem seus dias contados 22-07-2019 » Perrone | Hostilidade de palmeirenses não é normal 22-07-2019 » PVC | No Brasil, os times ricos também choram 22-07-2019 » Drauzio Varella | Fatalismo deve ser substituído por práticas saudáveis
Publicidade
7 de janeiro de 2019

Feira de Santana: carga com dispositivo para acionar explosivos é despachada

Foto Reprodução

A identificação de uma carga com dispositivos para acionar explosivos no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, neste sábado (5), chamou a atenção das autoridades aeroportuárias. Os “timers” encontrados no terminal da Grande São Paulo foram despachados a partir de Feira de Santana, na Bahia, e seguiriam para vários estados do país. O material entrou em combustão quando era embarcado e assustou os funcionários do local. A área foi isolada e o esquadrão antibombas da Polícia Militar precisou ser acionado para desarmar o equipamento. A delegacia antiterrorismo da Polícia Federal de São Paulo abriu um inquérito para apurar como o material chegou até a capital paulista, já que não foi detectado pelos equipamentos de raio-x dos aeroportos. Para o perito em aeronáutica Daniel Calazans, a descoberta reforça a necessidade de um controle maior das bagagens em voos nacionais. Os especialistas afirmam que a falta de controle de bagagens despachadas coloca em risco todo o sistema aeronáutico brasileiro. Por outro lado, as bagagens de mão e os próprios passageiros passam pela identificação por raio-x.


VOLTAR