Guanambi: prefeito é alvo do TCM após gastar R$ 3 milhões em um mês com servidores temporários » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 19-08-2019 » Filme estreia dia 29 | Com retrato de Brasil opressor, Bacurau deve 'sair da bolha', diz diretor 19-08-2019 » Conselho de Direitos Humanos | Por vaga na ONU, Bolsonaro enfrentará seu primeiro teste internacional 19-08-2019 » A partir das 22h | UOL transmite hoje Roda Viva com Alexandre Frota após filiação ao PSDB 19-08-2019 » País em crise | Tensão na fronteira obriga chefe da ONU a cancelar visita a Pacaraima (RR) 19-08-2019 » Veja como funciona | Saque do fundo PIS/Pasep começa para quem tem conta na Caixa ou no BB 19-08-2019 » Revés em casa | Fluminense anuncia demissão de Fernando Diniz após derrota para o CSA 19-08-2019 » Previdência | Para 27% dos homens e 17% das mulheres, reforma pode ser benéfica 19-08-2019 » Interferência | Para auditores, pressão de governo sobre a Receita visa proteger políticos 19-08-2019 » Chega até o fim do ano | Perto da estreia, novo Chevrolet Onix ainda roda com disfarces 19-08-2019 » Caça de Baleias | Bolsonaro divulga vídeo gravado na Dinamarca para criticar Noruega 19-08-2019 » Exclusivo | Dybala conversa com PSG e vira peça-chave para saída de Neymar 19-08-2019 » Condecorações | Em meio a bloqueios, governo gasta R$ 1,6 mi com medalhas 19-08-2019 » Não tem tempo? | Dá para faturar com ações sem acompanhar o sobe e desce diário 19-08-2019 » Vilã da Novela | 'Josiane é uma pedra de gelo', diz Agatha Moreira de A Dona 19-08-2019 » Copia, cola e cria | Entenda a técnica que criou bebês chinesas geneticamente editadas 19-08-2019 » Minha História - Verônica Hipólito | 'Sou muito mais do que tumores, quatro cirurgias e um AVC' 19-08-2019 » Motorista por um dia | Trabalhar para apps me rendeu R$ 211,79, dores e 2 coxinhas 19-08-2019 » Josias de Souza | Capitão troca versículo por Lei de Murphy 19-08-2019 » Reinaldo Azevedo | Salles deveria ser titular do Ministério da Riqueza 19-08-2019 » Paola Machado | Por que é fácil engordar e difícil emagrecer?
Publicidade
12 de junho de 2019

Guanambi: prefeito é alvo do TCM após gastar R$ 3 milhões em um mês com servidores temporários

Foto Reprodução

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) julgou parcialmente procedente o Termo de Ocorrência lavrado contra o prefeito de Guanambi, Jairo Silveira Magalhães (PSB), por irregularidades na contratação de pessoal por prazo determinado no exercício de 2017. Cabe recurso da decisão. Segundo o TCM, apenas no mês de março foram gastos R$3.787.063,05 com servidores temporários contratados em desacordo com a Constituição Federal. O relator do processo, conselheiro substituto Antônio Emanuel de Souza, multou o gestor em R$3 mil. Cabe recurso da decisão. A relatoria também determinou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual contra o prefeito, para que seja apurada a prática de ato de improbidade administrativa. Para a relatoria, o gestor não conseguiu demonstrar que as contratações realizadas se enquadram nas hipóteses legais de excepcional interesse público. Essa demonstração deveria constar do processo administrativo de cada contratação, inclusive com a comprovação da observância dos demais requisitos previstos na lei municipal. Também não ficou comprovado que o recrutamento do pessoal contratado se deu por meio de processo de seleção simplificado, que, embora não se confunda com um concurso público, garante o mínimo de objetividade na escolha dos trabalhadores temporários, como manda o princípio da impessoalidade.


VOLTAR