Guanambi: prefeito é alvo do TCM após gastar R$ 3 milhões em um mês com servidores temporários » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 18-11-2019 » Meio ambiente | Desmatamento na Amazônia bate recorde e cresce 29,5% em 12 meses 18-11-2019 » San-São foi último clássico do ano | Veja desempenho dos times de SP em clássicos 18-11-2019 » Mais sobre GP do Brasil de F-1 | Segundo lugar faz francês superar 'rebaixamento' 18-11-2019 » Telefone celular | Recadastramento de pré-pagos termina hoje para 17 estados 18-11-2019 » Balanço da rodada | Empate com São Paulo garante o Santos na Libertadores 18-11-2019 » Comentarista da CNN | 'Se colocar rótulo, não prestam atenção em mim', diz Gabriela Prioli 18-11-2019 » É preciso trocar? | Notas velhas de dólar ainda valem? Veja onde é possível usar 18-11-2019 » Vestibular | Prova da Unicamp teve questão igual na Fuvest em 2018 e foi difícil 18-11-2019 » Após 14 anos | Brasil encerra jejum de vitórias no mundial de motovelocidade 18-11-2019 » Extrema-direita | Pesquisa aponta 334 células nazistas em atividade no Brasil 18-11-2019 » Lutava contra câncer | Cantor Reinaldo, o Príncipe do Pagode, morre aos 65 anos 18-11-2019 » Forças Armadas na política | Lula quer dialogar com militares ou com interlocutores deles 18-11-2019 » Flamengo | Ônibus Rio-Lima com flamenguistas não aguenta e será trocado em Rondônia 18-11-2019 » Atendimento especial | 'Mamãe, não morra': como preservar criança que vivenciou cena de violência 18-11-2019 » Vasco x Goiás, no Rio | Vascaínos que 'cantaram mais do que o Fla' terão ingresso para jogo hoje 18-11-2019 » Atacante do Palmeiras | Borja adota tom de adeus: 'Se eles acham que tenho que sair, saio' 18-11-2019 » Prêmio UOL Carros | Conheça os indicados à categoria Melhor Hatch Compacto 18-11-2019 » Festa termina em tragédia | Atirador mata quatro e fere ao menos seis pessoas na Califórnia (EUA) 18-11-2019 » Lançada em 2014 | Após colher pedaços de asteroide, sonda japonesa inicia volta à Terra 18-11-2019 » SUV 'anti-Tesla' | Ford Mustang Mach-E tem 465 cv e roda 480 km sem recarga
Publicidade
12 de junho de 2019

Guanambi: prefeito é alvo do TCM após gastar R$ 3 milhões em um mês com servidores temporários

Foto Reprodução

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) julgou parcialmente procedente o Termo de Ocorrência lavrado contra o prefeito de Guanambi, Jairo Silveira Magalhães (PSB), por irregularidades na contratação de pessoal por prazo determinado no exercício de 2017. Cabe recurso da decisão. Segundo o TCM, apenas no mês de março foram gastos R$3.787.063,05 com servidores temporários contratados em desacordo com a Constituição Federal. O relator do processo, conselheiro substituto Antônio Emanuel de Souza, multou o gestor em R$3 mil. Cabe recurso da decisão. A relatoria também determinou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual contra o prefeito, para que seja apurada a prática de ato de improbidade administrativa. Para a relatoria, o gestor não conseguiu demonstrar que as contratações realizadas se enquadram nas hipóteses legais de excepcional interesse público. Essa demonstração deveria constar do processo administrativo de cada contratação, inclusive com a comprovação da observância dos demais requisitos previstos na lei municipal. Também não ficou comprovado que o recrutamento do pessoal contratado se deu por meio de processo de seleção simplificado, que, embora não se confunda com um concurso público, garante o mínimo de objetividade na escolha dos trabalhadores temporários, como manda o princípio da impessoalidade.


VOLTAR