Guanambi: “Zé é do interior e sabe como tratar os baianos”, diz ex-governador Nilo Coelho » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 18-08-2019 » Assista aos gols | Bruno Henrique brilha, Diego Alves pega pênaltis, e Fla goleia Vasco por 4 a 1 18-08-2019 » 1 a 1 no Brasileirão | Grêmio empata no fim, e Palmeiras perde vice-liderança; veja gols da partida 18-08-2019 » Texto aprovado na Câmara | Bolsonaro adianta que projeto de lei de abuso de autoridade 'vai ter veto' 18-08-2019 » Argentina | Macri troca ministro da Economia para garantir pacote anticrise 18-08-2019 » Bolsonaro trocou comando | Após interferência, deputados articulam PEC que dá autonomia à PF 18-08-2019 » Em bate-boca com Freixo | Carlos Bolsonaro publica lista de transações suspeitas que inclui irmão 18-08-2019 » Com cargo ameaçado | Delegado da Receita Federal relata interferência de 'forças externas' 18-08-2019 » 2 a 0; veja gols | Apostas de Carille marcam e Corinthians vence Botafogo 18-08-2019 » Mais do Brasileirão | Athletico vence Atlético-MG por 1 a 0 em jogo com apagão; veja gol 18-08-2019 » Tinha 96 anos | Morre o ex-ministro Roberto Gusmão com insuficiência respiratória 18-08-2019 » 'Só quero trabalhar' | Após decisão judicial, Claudia espera um convite da Globo 18-08-2019 » Perdeu para americano | Raphael Assunção é anulado e se distancia de cinturão do UFC 18-08-2019 » Líder da marca | Tudo sobre Kicks, a grande aposta da Nissan no Brasil 18-08-2019 » Para Embaixada dos EUA | Indicação de Eduardo configura nepotismo, diz consultoria do Senado 18-08-2019 » 'Acabei com a masmorra' | Ex-PM condenado por matar mulher dirigiu prisão e agora dá palestra 18-08-2019 » Reportagem mais bizarra que já fiz | De drag queen, João Kléber foi assediado em programa ao vivo 18-08-2019 » Impacto nos mercados | Como turbulência eleitoral afetou os argentinos e 'aproximou' rivais 17-08-2019 » Julianna Sofia | O fantasma do 'shutdown' ronda sempre em agosto 17-08-2019 » Júlio Gomes | Barcelona sem Messi, Barcelona sem nada 17-08-2019 » Josias de Souza | Lei do Abuso se mistura ao cargo na embaixada
Publicidade
10 de setembro de 2018

Guanambi: “Zé é do interior e sabe como tratar os baianos”, diz ex-governador Nilo Coelho

Foto Divulgação

Com recepção calorosa do ex-governador Nilo Coelho, o candidato Zé Ronaldo, da coligação Coragem para Mudar a Bahia, participou ontem à noite do último sábado dois eventos na cidade de Guanambi, a 796 quilômetros de Salvador. Ao seu lado, estavam a candidata a vice-governadora, Mônica Bahia, Jutahy Jr, candidato ao Senado, e o deputado federal Arthur Maia, candidato à reeleição. No distrito de Ceraíma, Zé Ronaldo foi recebido por colonos e conversou sobre o seu apoio a projetos de irrigação. “Como governador, darei todo meu apoio para que o povo volte a produzir. A irrigação vai viabilizar a retomada do trabalho rural e as famílias terão sustento”, garantiu Zé Ronaldo. “A Bahia precisa de Zé Ronaldo como governador. O semiárido baiano vai voltar a ser olhado com respeito e o povo terá assistência. Zé é do interior e sabe como tratar os baianos”, disse Nilo Coelho. Após 10 anos de seca na região, o deputado Arthur Maia viabilizou recursos através da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf) para obras de revitalização do perímetro irrigado de Ceraíma. “Fiz questão de trazer Zé Ronaldo para ver o projeto em andamento, pois sei que ele vai analisar a melhor forma de ampliarmos e devolvermos trabalho para o povo”, disse Arthur Maia. Após a visita a Ceraíma, Zé Ronaldo participou de um encontro com lideranças no centro de Guanambi, sendo recebido por mais de mil pessoas, entre bandeiras e fogos de artifício. “Fui presidente da União dos Prefeitos da Bahia e sou municipalista. Eleito governador, não vou diferenciar Jacus e Carcarás”, prometeu Zé Ronaldo, referindo-se à política dos “Jacus” x “Carcarás”, ainda hoje presente no município. Para Dalva Silva, 48, produtora rural, Zé Ronaldo significa esperança. “Foram 10 anos de seca. O serviço começou e com Zé o trabalho vai ter apoio e voltaremos a trabalhar. Centenas de famílias irão voltar a produzir. É mais emprego e renda para a gente”, disse Dalva.


VOLTAR