No Banner to display

03-06-2016

Sete hábitos comuns que podem abalar a confiança em uma relação

Imagem Reprodução

Imagem Reprodução

Às vezes, e sem se dar conta, cometemos pequenos erros que enfraquecem a confiança que as outras pessoas depositaram em nós. Alguns hábitos diários, pequenas atitudes, gestos ou conversas não caem bem e podem colocar em risco uma relação, seja ela amorosa, familiar ou de amizade. E são os hábitos mais inofensivos (e mais comuns) que podem acabar com a confiança em um relação, diz o site Bustle, que listou os mais “fatais”, reproduzidos a seguir: 1 – Estar sempre atrasado. Não chegar na hora que prometeu que chegaria pode prejudicar a confiança que uma pessoa deposita em você, podendo um erro futuro se agravar em outras situações (mais graves e urgentes); 2 – Julgar. Fazer julgamentos constantes (sejam fundamentados ou não) pode também prejudicar a confiança numa relação, uma vez que a pessoa que ouve as sentenças pode ficar receosa que você fale dela com outras pessoas; 3 – Não ter autoconsciência. Se colocar sempre no centro das atenções e se considerar aquilo o que se chamamos de “a última bolacha do pacote” pode fazer com que as pessoas confiem menos em você; 4 – Não expressar os sentimentos. Como se pode confiar em alguém se não se sabe o que a pessoa está sentindo? 5 – Não ouvir o que os outros têm para dizer. Uma relação precisa de confiança, mas também de ajuda.Se ambas as partes não colaboram entre si, a confiança não irá resistir; 6 – Não gostar dos amigos. Quando se está em um grupo de amigos apenas por estar ou para evitar a solidão, os mais pequenos gestos e atitudes vão denunciar o desinteresse; 7 – Omitir. Não revelar onde vai, porque vai, o que quer fazer, o que pensa, o que sente. Omitir informações que são importantes para uma relação pode fazer com que os amigos/familiares pensem que está escondendo algo importante. E se não confia neles para contar, eles também não confiarão em ti.

No Banner to display

AQUIVO ACONTECE