Hospital Roberto Santos registra recorde de neurocirurgias » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 23-07-2019 » Tragédia completa 6 meses | Cruzamento de dados ajuda em buscas e resgata histórias em Brumadinho (MG) 23-07-2019 » Brasil líder de preservação? | Cientistas questionam 'guru ambiental de Bolsonaro' 23-07-2019 » Novo primeiro-ministro | Pró-Brexit, Boris Johnson é eleito e será o novo premiê do Reino Unido 23-07-2019 » Acordo Mercosul-UE | Eurodeputados desconfiam de promessas ambientais assumidas pelo Brasil 23-07-2019 » Vítima de parada cardíaca | Jornalista esportivo Juarez Soares morre aos 78 anos 23-07-2019 » Inauguração na Bahia | Após fala sobre NE, Bolsonaro diz ter sangue 'cabra da peste' na família 23-07-2019 » Nova regra de agência | Anvisa adota risco de morte como único critério para classificar agrotóxicos 23-07-2019 » Reinaldo Azevedo | A política do ódio aplicada ao meio ambiente 23-07-2019 » Costa e Silva | A atriz rotulada como 'mulata exportação' 23-07-2019 » Cecilia Machado | O FGTS é um benefício ou um custo? 23-07-2019 » Vera Iaconelli | O trabalho infantil é demérito do Estado 23-07-2019 » Lia Bock | Escolho o casamento aberto. Mas só pra mim 23-07-2019 » Flávio Ricco | Programação coloca Gazeta em situação difícil 23-07-2019 » Juca Kfouri | Um milhão nas ruas e a Terra plana 23-07-2019 » Tales Faria | Somos todos vítimas da intransigência 23-07-2019 » Marcel Rizzo | Libertadores: brasileiros temem pressão argentina 23-07-2019 » Cantuaria | A influencer não vê mais sentido em postar 23-07-2019 » Pablo Ortellado | Presidente parece se divertir com a indignação 23-07-2019 » Sakamoto | Bolsonaro parece governar um quartel 23-07-2019 » Suspeito depôs no RJ | Jovem descobre que foi dopada e vítima de estupro coletivo em vídeo na web
Publicidade
3 de abril de 2019

Hospital Roberto Santos registra recorde de neurocirurgias

Foto Reprodução

O Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), localizado em Salvador, registrou, nos últimos três meses, um aumento de 44,2% no volume de altas médicas na enfermaria de neurocirurgia da instituição. Isso impactou no aumento de 14,7% no volume cirúrgico da especialidade, em relação ao mesmo período do ano de 2018. A produtividade do serviço de neurocirurgia do HGRS avança no mesmo período em que o centro cirúrgico do hospital passa por reforma, tendo que priorizar, assim, os procedimentos emergenciais de alta complexidade. Antes de dar início às obras no setor, em janeiro deste ano, a instituição havia registrado 67 neurocirurgias. Já nos meses seguintes, durante a readequação das salas, a especialidade chegou a realizar quase 100 procedimentos (98 em fevereiro e 93 em março) – patamar antes nunca atingido. Segundo o coordenador do serviço no Hospital Roberto Santos, o neurocirurgião Leonardo Avellar, a melhoria dos indicadores se deve a uma série de medidas adotadas a partir do início de fevereiro. “Além da abertura de mais um turno cirúrgico, com realização de procedimentos noturnos, passamos a fazer visitas diárias às enfermarias e unidades de terapia intensiva (UTIs). Somado a isso, um fator importante demais foi o estreitamento de contato com o Núcleo Interno de regulação [NIR]”, detalha o chefe da neurocirurgia, que responde por mais de 21,9% das cirurgias realizadas no HGRS. Já o diretor-geral do hospital, o anestesiologista José Admirço Lima Filho, lembra que a instituição conta com outros três centros cirúrgicos produtivos: hemodinâmica, hospital dia e centro obstétrico. “Na hemodinâmica, por exemplo, realizamos mais de quatro mil procedimentos em um ano e três meses. Ninguém na Bahia tem essa produtividade”, afirma o gestor.


VOLTAR