Ibotirama: ruas da cidade são tomadas por infestação de besouros » Rede Acontece
Últimas
12-11-2018 » 'É um desastre absoluto' | Entrada de juízes e procuradores na política é negativa, diz historiador 12-11-2018 » Não precisa de BO nem documento | Lei do Minuto Seguinte: em caso de estupro, ela deve ser seguida à risca 12-11-2018 » Cuidado ou negligência? | Barrada pelo STF, educação de crianças em casa é defendida por pais 12-11-2018 » Deputado federal por SP | 'Se for necessário prender 100 mil, qual o problema?', diz Eduardo Bolsonaro 12-11-2018 » Líder do Brasileirão | Palmeiras usa lições de 2016 e caminha para o deca fugindo da pressão 12-11-2018 » Orçamento | Recuperar verba da ciência é desafio para Bolsonaro 12-11-2018 » São Paulo demite Aguirre | Troca de técnico gera discussão no SP; Raí defende Jardine 12-11-2018 » Futuro ministro de Bolsonaro | Moro será decisivo na escolha do PGR que vai suceder Dodge 12-11-2018 » Jogador assassinado no PR | Em áudio na manhã do crime, Daniel cita ausência de suspeito 12-11-2018 » Compra de caças da FAB | Juiz suspende depoimento de Palocci em ação contra Lula 12-11-2018 » Resistência em família | Para Iggor Cavalera, fã conservador não entende sua música 12-11-2018 » TAB - Match sob medida | Como as pessoas constroem o 'eu' para serem mais desejadas 12-11-2018 » Sarcasmo britânico | Divertida e eletrizante, Killing Eve é uma das melhores séries do ano 12-11-2018 » Bola na rede | Empates marcam rodada do Brasileirão; veja os gols do domingo 12-11-2018 » Preferência brasileira | Caoa Chery lança trinca de SUVs no Salão do Automóvel de SP 12-11-2018 » Bandeira integra o Escola sem Partido | Veto a discussão de gênero em escolas sofre derrotas na Justiça
Publicidade
9 de novembro de 2018

Ibotirama: ruas da cidade são tomadas por infestação de besouros

Foto Reprodução

Uma infestação de besouros tomou as ruas do município de Ibotirama, no oeste da Bahia, nos últimos dias. Em nota divulgada na quarta-feira (7), a prefeitura da cidade diz que o desequilíbrio ambiental aliada à deficiência de predadores naturais na cadeia biológica dos insetos é o motivo da grande concentração dos insetos. Ainda segundo a aprefeitura, as secretarias de Saúde e Meio Ambiente mantiveram contatos com órgãos competentes e foram orientadas a não fazer a dedetização, pois a prática é proibida nesses casos, principalmente em áreas urbanas. Conforme a prefeitura, as larvas dos insetos são praticamente inofensivas e não causam problemas de saúde. Entretanto, afirmou que o líquido que os besouros liberam quando apertados contra uma superfície pode provocar queimaduras leves. A administração municipal afirmou que mantém os serviços normais de limpeza, nos cuidados com o lixo e na limpeza dos terrenos baldios, para diminuir a infestação. A previsão é de que a situação seja amenizada nos próximos sete dias, quando os insetos devem retornar ao habitat natural.

Confira a nota divulgada pela prefeitura de Ibotirama nas redes sociais:

A administração municipal comunica a toda população, que compreende que a infestação de besouros que no momento acontece em nossa cidade e em quase todo o país, causa transtornos e incômodo. A praga de besouros que ora acontece, ocorre devido a um desequilíbrio ambiental, com a deficiência de predadores naturais na cadeia biológica dos insetos. As nossas secretárias de saúde e meio ambiente, mantiveram contatos com órgãos competentes e foram orientadas a não praticarem a dedetização, já que é expressamente proibida , nesses casos, principalmente em áreas urbanas. Segundo o entomologista Fernando Barbosa, apesar de incomodarem, as larvas são praticamente inofensivas e não causam problemas de saúde. Apenas o líquido que liberam quando apertados contra uma superfície é que pode provocar as queimaduras leves. “Quando eles soltam um líquido quente com algumas substâncias é que podem provocar queimaduras nas regiões mais sensíveis da pele humana”, esclarece. A previsão é de que a infestação seja amenizada nos próximos sete dias, quando os besouros devem retornar ao habitat natural deles. O entomologista afirma que existem algumas dicas para que a convivência com o inseto seja menos incômoda e uma delas, é manter o menor numero de lâmpadas acesas. A prefeitura de Ibotirama, continua mantendo os serviços normais de limpeza, contando com a ajuda dos munícipes, nos cuidados com o lixo e na limpeza dos terrenos baldios, o que pode e muito, diminuir essa infestação. (G1 Bahia)


VOLTAR