Igreja distribuirá 240 mil refeições aos pobres no Natal » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 20-05-2019 » Em requerimento | Kajuru pede explicações a Bolsonaro sobre 'conchavos' 20-05-2019 » Game of Thrones | Análise: final sofreu de mesmos problemas que toda a temporada 20-05-2019 » Manifestações convocadas | Para militares, chamado de Bolsonaro às ruas pode levar economia ao caos 20-05-2019 » Perdão de cerca de R$ 70 mi | Bolsonaro sanciona anistia a partidos políticos após ter dito que vetou o projeto 20-05-2019 » Marca nega acusações | Loja Três é denunciada: veja relatos de racismo, assédio e gordofobia 20-05-2019 » Em Barão dos Cocais (MG) | Chance de barragem se romper quando talude cair é de 10% a 15%, diz secretário 20-05-2019 » Articulação no Congresso | Se Câmara e Senado têm proposta, votem, diz Bolsonaro sobre reforma 20-05-2019 » Não libera | Maisa Silva: 'Globo está dificultando demais o meu programa' 20-05-2019 » De Globo a Record | Frustradas com Jair Bolsonaro, redes de TV adiam novos projetos 20-05-2019 » Brilhou em festa | Após ofuscar Neymar, Mbappé admite deixar Paris por "novo projeto" 20-05-2019 » Foi assaltado | Compadre Washington é internado após show na Virada Cultural 20-05-2019 » Da Toro Rosso | Conheça o piloto mais 'brasileiro' do grid. E genro de Piquet 20-05-2019 » Adriana Ancelmo | Mulher usa carteira da OAB para ver Cabral irregularmente 20-05-2019 » Renda do trabalhador | Por que o mínimo subiu 115%, mas aposentadoria só 81% em 10 anos? 20-05-2019 » Educação | Ao menos 12 universidades federais do país têm cotas para alunos trans 20-05-2019 » Após boicote de Trump | Google tira Android de celulares Huawei, e 'guerra fria' avança; entenda 20-05-2019 » Fundo de investimentos | Edital para construção de autódromo no Rio tem só um interessado 20-05-2019 » Regina Navarro | 'Amo meu marido, mas não sinto desejo por ele' 20-05-2019 » Josias de Souza | Centrão trama impor ao governo uma 'pegadinha' 20-05-2019 » R. Azevedo | Por que Bolsonaro não define o que é 'nova política'?
Publicidade
INTERSORFT 100 MEGA
corretora de seguros
17 de dezembro de 2015

Igreja distribuirá 240 mil refeições aos pobres no Natal

Imagem Divulgação

Imagem Divulgação

A Liquid Church, uma das maiores igrejas não-denominacionais de Nova Jersey, mobilizou um exército de voluntários em suas oito congregações com o objetivo de fazer uma campanha de Natal diferente. Ao todo, foram mais de 2.000 fiéis da igreja unindo-se para ajudar a camada mais pobre da população. Seu objetivo declarado era que todos pudessem “sentir o amor de Cristo durante o Natal”. Cerca de 240.000 refeições foram preparadas e distribuídas em diferentes cidades do Estado. Em média, 120 refeições foram embaladas por cada voluntário. Além de alimentos, eles doarão brinquedos para mais de 1.000 crianças e centenas de casacos de inverno. Nos Estados Unidos é inverno agora. “Nós realmente queremos ajudar as pessoas de maneira concreta e mostrar a compaixão de Cristo. Aí entra o seu coração e não apenas a sua cabeça”, explica o pastor Tim Lucas, que coordena o projeto. O pastor ressalta ainda que este tipo de ação faz parte “do que a igreja é”. “Trabalho comunitário não é um ‘extra’ em nossa igreja, é o centro nervoso de tudo que fazemos”, salienta. Para ele, trata-se de “colocar em prática durante a semana o que aprendemos aos domingos”.Cita ainda o Livro de Tiago: “De que adianta alguém dizer que tem fé, se não tem obras?” (Tg 2:14). Com 4 mil membros, os líderes comemoram que não precisam fazer muito esforço para que os fiéis se envolvam. Recados nos cultos e e-mails para os membros geralmente são suficientes para que os voluntários participem. Na ação de Natal, quase metade dos membros apareceram e alguns trouxeram consigo pessoas que nem frequentam a igreja para ajudar. Questionado por que o nome da Igreja é “líquida”, Lucas diz que a “razão é simples… Jesus Cristo disse que é a Água Viva e nós pensamos que igreja deveria ser um refresco para as pessoas que estão “secas” e “cansadas”. Ao mesmo tempo, “desejamos levar água limpa, que é a nossa principal missão global, a lugares como Ruanda”. Uma referência ao investimento contínuo da igreja na perfuração de poços em lugares onde não há água potável em abundância.


VOLTAR