Índices de aprovação de Dilma melhoram, mas avaliação negativa fica em 62,4% » Rede Acontece
Últimas
17-08-2018 » 'Fui egoísta' | Arthur Aguiar diz que piso da casa o fez doar cachorro 17-08-2018 » Jornal da Band | Ricardo Boechat se irrita ao vivo com equipe após erro 17-08-2018 » Suzanna Freitas | Filha de Latino desabafa após pôr nome do padrasto 17-08-2018 » 'Gostoso' | Ivete pede beijo a candidato e se explica ao marido 17-08-2018 » Tragédia em 1990 | Como zagueiro morreu após uma cabeçada e série de erros médicos 17-08-2018 » Instituição fala em "baixo impacto" | Banco Inter confirma vazamento de dados após ataque hacker 17-08-2018 » Disputa pelo governo estadual | Ataques a Doria e a aliados marcam 1º debate em SP 17-08-2018 » Mauricio Stycer | Nas redes, famosos ultrapassam a última barreira da privacidade 17-08-2018 » Discordâncias e trocas de farpas | SP: Alckmin 'anestesista', 'liderança de facção' e mais frases do debate 17-08-2018 » 'Se diminuiu, é porque ele vendeu' | Patrimônio declarado de Tiririca tem redução de R$ 200 mil em 4 anos 17-08-2018 » 'Sonho que não deu certo' | Após onda de imigração, brasileiros pedem ajuda para voltar de Portugal 17-08-2018 » Fechou no RS após protestos | RJ: Queermuseu abre blindada contra ataque e espera recorde de público 17-08-2018 » Exames também podem mudar | Projeto quer criar CNH só para carro automático; especialistas opinam 17-08-2018 » TSE publicou edital de candidatura | Barroso pode decidir sobre Lula a qualquer momento a partir de hoje 17-08-2018 » Suspeita de caixa 2 | Conta administrada por filha de Serra recebeu R$ 1,78 milhão 17-08-2018 » Líder do Brasileirão | Eliminação na Sul-Americana traz pressão e descanso para o SP 17-08-2018 » Debates em outros estados | MG: Pimentel e Anastasia são os mais atacados em 1º debate 17-08-2018 » 5 benefícios | Ejaculação precoce? A masturbação pode te ajudar 17-08-2018 » Uma atriz sem filtros | Mônica Martelli teve 3 abortos, 2 divórcios e um assédio no seu caminho 17-08-2018 » Nova realidade | Brasileiro precisará pagar mais para ver futebol europeu
Publicidade
lab laboratorio clinica master centro medico sao gabriel intersorft
25 de fevereiro de 2016

Índices de aprovação de Dilma melhoram, mas avaliação negativa fica em 62,4%

Foto: Rede Acontece

Foto: Rede Acontece

Os índices de aprovação de Dilma Rousseff melhoraram entre outubro do ano passado e fevereiro deste ano. No entanto, a avaliação negativa do governo da presidente segue alta, passando de 70% para 62,4%. A avaliação positiva da gestão apresentou crescimento de 2,4%, chegando a 11,4%. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (24) em pesquisa feita pelo instituto MDA sob encomenda da Confederação Nacional do Transporte (CNT). Quanto ao desempenho pessoal, 21,8% dos entrevistados aprovaram Dilma Rousseff, contra 15,9% em outubro de 2015. Já o índice de desaprovação do desempenho pessoal passou de 80,7% para 73,9%. O levantamento também indica que 67,8% das pessoas consideram a presidente culpada pelo esquema de corrupção na Petrobras, contra 69,2% na última pesquisa. A melhora no desempenho não se aplica para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Entre os entrevistados, 70,3% acreditam que ele é culpado pela corrupção na estatal, enquanto em outubro do ano passado o índice era de 68,4%. A pesquisa ouviu 2.002 pessoas, em 136 municípios de 25 estados. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais. (BN)


VOLTAR
24 de fevereiro de 2016

Índices de aprovação de Dilma melhoram, mas avaliação negativa fica em 62,4%

FOTO: BRUMADO ACONTECE

FOTO: BRUMADO ACONTECE

Os índices de aprovação de Dilma Rousseff melhoraram entre outubro do ano passado e fevereiro deste ano. No entanto, a avaliação negativa do governo da presidente segue alta, passando de 70% para 62,4%. A avaliação positiva da gestão apresentou crescimento de 2,4%, chegando a 11,4%. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (24) em pesquisa feita pelo instituto MDA sob encomenda da Confederação Nacional do Transporte (CNT). Quanto ao desempenho pessoal, 21,8% dos entrevistados aprovaram Dilma Rousseff, contra 15,9% em outubro de 2015. Já o índice de desaprovação do desempenho pessoal passou de 80,7% para 73,9%. O levantamento também indica que 67,8% das pessoas consideram a presidente culpada pelo esquema de corrupção na Petrobras, contra 69,2% na última pesquisa. A melhora no desempenho não se aplica para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Entre os entrevistados, 70,3% acreditam que ele é culpado pela corrupção na estatal, enquanto em outubro do ano passado o índice era de 68,4%. A pesquisa ouviu 2.002 pessoas, em 136 municípios de 25 estados. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais


VOLTAR