Indústria química tem melhor trimestre dos últimos 12 anos » Rede Acontece
Últimas
12-11-2018 » 'É um desastre absoluto' | Entrada de juízes e procuradores na política é negativa, diz historiador 12-11-2018 » Não precisa de BO nem documento | Lei do Minuto Seguinte: em caso de estupro, ela deve ser seguida à risca 12-11-2018 » Cuidado ou negligência? | Barrada pelo STF, educação de crianças em casa é defendida por pais 12-11-2018 » Deputado federal por SP | 'Se for necessário prender 100 mil, qual o problema?', diz Eduardo Bolsonaro 12-11-2018 » Líder do Brasileirão | Palmeiras usa lições de 2016 e caminha para o deca fugindo da pressão 12-11-2018 » Orçamento | Recuperar verba da ciência é desafio para Bolsonaro 12-11-2018 » São Paulo demite Aguirre | Troca de técnico gera discussão no SP; Raí defende Jardine 12-11-2018 » Futuro ministro de Bolsonaro | Moro será decisivo na escolha do PGR que vai suceder Dodge 12-11-2018 » Jogador assassinado no PR | Em áudio na manhã do crime, Daniel cita ausência de suspeito 12-11-2018 » Compra de caças da FAB | Juiz suspende depoimento de Palocci em ação contra Lula 12-11-2018 » Resistência em família | Para Iggor Cavalera, fã conservador não entende sua música 12-11-2018 » TAB - Match sob medida | Como as pessoas constroem o 'eu' para serem mais desejadas 12-11-2018 » Sarcasmo britânico | Divertida e eletrizante, Killing Eve é uma das melhores séries do ano 12-11-2018 » Bola na rede | Empates marcam rodada do Brasileirão; veja os gols do domingo 12-11-2018 » Preferência brasileira | Caoa Chery lança trinca de SUVs no Salão do Automóvel de SP 12-11-2018 » Bandeira integra o Escola sem Partido | Veto a discussão de gênero em escolas sofre derrotas na Justiça
Publicidade
7 de novembro de 2018

Indústria química tem melhor trimestre dos últimos 12 anos

Foto Reprodução

A produção brasileira de químicos para a indústria atingiu o melhor desempenho para um terceiro trimestre desde 2007 com uma taxa de crescimento em 1,45% sobre igual período do ano passado. As vendas foram 1,9% maiores, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim).

No mesmo período de 2017, o índice de produção ficou em 0,23% e o de vendas foi negativo (-1,91%).

A diretora de Economia e Estatística da Abiquim, Fátima Giovanna Coviello Ferreira, afirma que, apesar dessa evolução favorável, o crescimento ocorreu sobre uma base fraca, refletindo a volatilidade cambial.

“Inseguros quanto ao valor que pagariam pela fatura dos produtos importados, muitos empresários optaram por adquirir o material que precisavam da indústria local”.

Com o pleito definido, o que se espera, segundo o presidente da Abiquim, Fernando Figueiredo, são medidas que possam aumentar a competitividade da indústria química.

Para estimular a produção, Fátima citou a necessidade de um avanço nas reformas em tramitação no Congresso Nacional entre as quais a tributária e previdenciária, além de questões mais pontuais, como redução da taxa de juros e do custo de energia elétrica, incluindo ainda uma política na área petroquímica que favoreça o acesso mais barato a um dos componentes mais usados no setor, a nafta.

“Somos muito dependente dessa matéria-prima e caso houvesse uma oferta interna por meio do pré-sal poderíamos reduzir a pressão da dependência externa”


VOLTAR