Inflação começa o ano em alta e chega a 1,27% em janeiro » Rede Acontece
Últimas
22-06-2018 » Argentina 0 x 3 Croácia | 'Que ele diga o que quiser', diz Agüero sobre Sampaoli 22-06-2018 » Rivais do Brasil | Kosovo não está na Copa, mas pode afetar duelo Suíça x Sérvia 22-06-2018 » Perfil de capitão | 'Líder não chora', dizem especialistas sobre o capitão Thiago Silva 22-06-2018 » A Rússia É Logo Ali | Quem substitui Neymar em caso de contusão? Comentaristas opinam 22-06-2018 » Pode torcer? | Stycer: Na véspera de jogo, até superstição vira notícia no JN 22-06-2018 » Diz aí, mestre | Uma finta na idade: Zizinho, Ademir da Guia, e a hora de parar 22-06-2018 » Confusão generalizada em restaurante | Presidente da CBF se envolve em briga, e assessor agride torcedor 22-06-2018 » Peru eliminado da Copa | Sonho ao pesadelo em 128 min: como 'conto de fadas' de Guerrero ruiu 22-06-2018 » Imponência chama atenção | Mais caro da Copa, palco de Brasil x Costa Rica tem luxo e puxadinhos 22-06-2018 » Torcedores brasileiros comemoram vexame da Argentina com memes; veja 22-06-2018 » Brasileiros criam "organizadas da seleção" e lançam onda de músicas da Copa 22-06-2018 » 'Jogo de compadres' pode eliminar Argentina e Austrália da Copa do Mundo 22-06-2018 » Cléber Machado se diverte durante transmissão e brinca com reações de Maradona 22-06-2018 » Bruna Marquezine e Rafaella, irmã de Neymar, vão juntas para a Rússia 22-06-2018 » 'Pingue-pongue' | Não teremos outra chance contra PT e PSDB, diz Bolsonaro 22-06-2018 » Empresa vai recorrer | Petrobras perde ação trabalhista de R$ 15 bi para funcionários 22-06-2018 » Assédio na Copa | 'Triste', brasileiro diz que russas não foram coagidas em vídeo 22-06-2018 » Ex-presidente investigado | Lula quis comprar sítio e foi recusado, diz pai do dono do imóvel 22-06-2018 » Brasil enfrenta Costa Rica nesta 6ª | Copa vira sinônimo de dor para Neymar e define astral da seleção 22-06-2018 » Mudança de imagem | Dinossauros não conseguiam colocar a língua para fora
Publicidade
lab laboratorio grafica bandeirante clinica master intersorft supermercado centrel centro medico sao gabriel
5 de fevereiro de 2016

Inflação começa o ano em alta e chega a 1,27% em janeiro

Foto: Urandi Acontece

Foto: Urandi Acontece

O Índice de Preços ao Consumidor – Amplo (IPCA), considerado a inflação oficial do país, ganhou força no início de 2016, chegando a 1,27% em janeiro, depois de avançar 0,96% em dezembro do ano passado. Essa é a maior taxa mensal para janeiro desde 2003, quando atingiu 2,25%. Os números foram divulgados nesta sexta-feira (5) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em 12 meses, o indicador acumula alta de 10,71%, permanecendo acima do teto de 6,5% do sistema de metas do Banco Central e bem distante do objetivo central de 4,5%. De acordo com o IBGE, esse é o resultado mais elevado desde novembro de 2003, quando o aumento acumulado foi de 11,02%. A expectativa dos economistas para o IPCA fechado deste ano é de 7,26%, de acordo com o boletim Focus, do Banco Central, mais recente. No primeiro mês do ano, o que mais pesou no bolso do brasileiro foram os gastos com alimentação e bebidas, que ficaram 2,28% mais caros, e transportes, que subiram 1,77%. Segundo o IBGE, esse aumento no preços dos alimentos foi o maior desde dezembro de 2002, quando chegou a 3,91%.Os produtos consumidos dentro de casa subiram 2,89%, mais do que a alimentação fora de casa, que avançaram 1,12%. Neste mês, ficaram mais caros, por exemplo, cenoura (32,64%), tomate (27,27%), cebola (22,05%) e batata-inglesa (14,78%). No grupo transportes, o que mais contribuiu para a alta foi o reajuste de 3,84% do transporte públicos e do avanço de 2,11% no preço dos combustíveis. As tarifas dos ônibus urbanos, por exemplo, tiveram aumento de 5,61% e dos intermunicipais, de 6,14%. A queda de 6,31% no preço das passagens aéreas freou o aumento dos preços dos transportes, que poderia ter sido ainda maior. Os gastos relativos à habitação também pesaram mais. De 0,49%, a variação passou para 0,81%, puxado pelo reajuste da energia elétrica, que subiu 1,61%, “por influência de aumentos ocorridos nos impostos, especialmente nas contas da região metropolitana de Porto Alegre, que ficaram mais caras em 8,70%, com pressão do PIS/COFINS e ICMS.” Rio de Janeiro mais caro – O IPCA mais alto partiu da região metropolitana do Rio de Janeiro (1,82%), pressionado pela alta nas tarifas dos ônibus urbanos (10,59%), ônibus intermunicipais (8,62%) e táxi (8,76%). Já o menor índice foi o da região metropolitana de Curitiba (0,73%). INPC – Nesta sexta-feira (5), o IBGE também divulgou a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), usada no cálculo do reajuste do salário mínimo. O indicador apresentou variação de 1,51% em janeiro, acima do resultado de 0,90% de dezembro. Em 12 meses, o índice ficou em 11,31 e, em janeiro de 2015, a taxa havia ficado em 1,48%. (G1)


Tags:
VOLTAR