Janaína Paschoal é a deputada mais votada da história » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 17-06-2019 » 'Estamos parados' | Daniel Filho critica governo e falta de apoio ao cinema: 'Brasil não é de idiotas' 17-06-2019 » Alíquota cairia de 16% para 4% | Bolsonaro: Governo estuda reduzir imposto para produtos de tecnologia 17-06-2019 » Deysi Cioccari | A eleição de Bolsonaro para além da facada 17-06-2019 » Julio Gomes | Estádios vazios na Copa América: alguém surpreso? 17-06-2019 » Stycer | Emissoras usam confusão entre ator e personagem 17-06-2019 » Schwartsman | Critérios errados de escolha levam a chefes ruins 17-06-2019 » Marcos Lisboa | Não se sabe como os vazamentos terminam 17-06-2019 » Michael Viriato | Lições do junho vermelho para investir em ações 17-06-2019 » Padiglione | Paródia de Moro compensa timidez editorial da Globo 17-06-2019 » Reinaldo Lopes | O que pode explicar o fim de povos amazônicos 17-06-2019 » Lei em Campo | Foi a NBA que permitiu time do Canadá nos EUA 17-06-2019 » Quicando | Todos queriam ser Adele conhecendo as Spice Girls 17-06-2019 » Angela Alonso | Só não viram deslizes os cegos de ódio pelo vilão 17-06-2019 » Coworking | Empresa faz ponte entre corporações e startups 17-06-2019 » Pediu demissão após fala de Bolsonaro | CPI do BNDES quer que Levy explique demissão e 'caixa preta' 17-06-2019 » Ato contra reforma em SP | 'Não agredi, não cuspi na cara, não desacatei policial', diz defensor preso 17-06-2019 » Segurança digital | Vazamento de dados cresce e já é 2º maior ataque digital ao governo federal 17-06-2019 » Assassinado em casa | 'São 55 filhos agora sem pai', diz deputada após morte do marido em Niterói (RJ) 17-06-2019 » Chico Xavier | Justiça nega ação para reconhecer suposto filho adotivo do médium 17-06-2019 » Para barrar nazistas | Linha Maginot: a mais poderosa e inútil fortificação da história
Publicidade
8 de outubro de 2018

Janaína Paschoal é a deputada mais votada da história

Foto Reprodução

Puxada por Jair Bolsonaro e pelo antipetismo, a professora Janaina Paschoal (PSL) alcançou, na eleição para a Assembleia Legislativa de São Paulo, a maior votação da história entre candidatos para deputado no Brasil.

Com 2.031.829 votos votos (e 98,29% das urnas apuradas), Paschoal superou o recorde histórico nas disputas para o legislativo estadual paulista, mas também obteve mais votos do que o campeão de votos para deputado federal. A marca foi alcançada neste ano por Eduardo Bolsonaro (PSL), candidato à Câmara federal por São Paulo. Ele atingiu 1.814.443 votos (com 98,29% das urnas apuradas).

Paschoal foi autora do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT) e esteve cotada para ser vice de Bolsonaro. Sua votação em São Paulo foi superior ao que recebeu candidatos à presidente como Cabo Daciolo (Patri),Henrique Meirelles (MDB) e Marina Silva (Rede).

A votação de Paschoal foi mais de seis vezes superior do que a maior marca já alcançada por um candidato à Assembleia paulista. Em 2014, o tucano Fernando Capez, que já era deputado, liderou a disputa com 306.268 votos.

Os votos recebidos pela deputada eleita representam 9,92% dos votos válidos. Paschoal teve quatro vezes mais votos que o segundo colocado, Arthur Mamãe Falei (DEM), que se notabilizou na internet como militante antipetista e é integrante do MBL (Movimento Brasil Livre). Arthur recebeu 470.606 votos.

O PSL, de Bolsonaro e Paschoal, ainda garantiu o quinto candidato mais bem votado. Gil Diniz, autointitulado Carteiro Reaça, obteve 210.439 votos.

Esse fenômeno deve ajudar o PSL a ter a maior bancada na Assembleia a partir do ano que vem -a sigla não tinha nenhum deputado. As cadeiras da Assembleia dependem do cálculo que leva em conta o total de votos recebidos por partidos e legendas.

O terceiro mais votado foi o deputado Carlos Giannnazi (PSOL), que chega à sua quarta legislatura. Já Paschoal, Mamãe Falei e o Carteiro Reaça são estreantes na Casa.


VOLTAR