Jogo permitirá que usuários vandalizem e destruam igrejas » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 12-07-2020 » Coronavírus pelo país | Brasil registra média diária de 1.018 mortes por covid-19 nesta semana 12-07-2020 » UFC | Amanda Ribas dá show e vence Paige no 1º round; Bate-Estaca perde revanche 12-07-2020 » Meio Ambiente | Para empresários, governo mudou discurso sobre desmatamento 12-07-2020 » Ao meio-dia deste domingo | Ao vivo no UOL, Zeca Camargo faz hambúrguer e recebe Mariana Godoy 12-07-2020 » Ciência na pandemia | Maior acelerador de partículas do Brasil revela detalhes do coronavírus 12-07-2020 » Atriz de 'Glee' | Polícia mostra vídeo feito dentro de lago onde Naya Rivera desapareceu 12-07-2020 » Pandemia de coronavírus | Sábado com quarentena frouxa tem bares cheios em SP e praia agitada no Rio 12-07-2020 » Fórmula 1 na pandemia | Com Ferrari a caminho de vexame, o que esperar do GP da Estíria neste domingo 12-07-2020 » Cassia Moraes - Opinião | Visionário e aberto, Sirkis lutou por mundo sustentável até o seu último dia 12-07-2020 » Histórias da pandemia | 'Perdi minha avó para a covid-19. No dia seguinte, perdi meu pai também' 12-07-2020 » Ecoa | Série revela beleza da costa atlântica brasileira; veja imagens exclusivas 12-07-2020 » Tilt | Igual ou diferente? A ilusão de ótica que levou mais de 100 anos para ser explicada 12-07-2020 » Folha de São Paulo | SP mantém remoções e vê nascer favela de desabrigados da quarentena 12-07-2020 » Jornalista britânico Paul Mason | 'Alternativa para os próximos 20 anos é uma forma sustentável de capitalismo' 12-07-2020 » Caso na França | Morre motorista agredido por pedir uso da máscara 12-07-2020 » US$ 6,07 bilhões | Elon Musk supera Buffett e se torna 7ª pessoa mais rica 12-07-2020 » Tony Marlon - Opinião | Existe uma imprensa negra? História pouco contada por ela mesmo 12-07-2020 » Julián Fuks - Opinião | Reféns do presente: por que nos submetemos tanto ao tema da vez? 12-07-2020 » Em sábado de sol | Gabigol e Renato Gaúcho são flagrados sem máscara no Rio 12-07-2020 » Litoral de São Paulo | Polícia prende suspeito de matar jovem que fazia trilha em Maresias
Publicidade
1 de agosto de 2019

Jogo permitirá que usuários vandalizem e destruam igrejas

Foto: Reprodução

A fabricante de jogos de vídeo eletrônicos CD Projekt Red, confirmou que o jogo Cyberpunk 2077, um dos mais esperados da atual geração de consoles, permitirá que os jogadores destruam e vandalizem igrejas, segundo declaração ao site IGN. De acordo com a empresa polonesa, houve uma interpretação equivocada sobre o tema, que acabou envolvendo o jogo em uma polêmica. Usuários haviam entendido que o novo título abordaria temas religiosos sem nenhum critério. No entanto, ao tentar explicar a abordagem das religiões durante o jogo, a CD Projekt acabou confirmando a possibilidade de vilipêndio a objetos de culto durante as campanhas dos jogadores. Apesar de afirmar que não haverá desrespeito por parte do estúdio, eles admitem que o usuário poderá vandalizar e destruir uma igreja enquanto joga. “Vamos falar sobre isso de várias formas. Como mencionado, nossa visão é mostrar um mundo real. A religião é uma parte importante da sociedade. No jogo, vamos ver, por exemplo, o cristianismo e diferentes abordagens, ou religiões orientais”, disse a empresa. Ao ser questionado se seria possível, por exemplo, um jogador entrar em uma igreja e causar um “estrago irreparável”, o estúdio disse que não estimula este tipo de ação, mas o fato de a experiência ser baseada nas escolhas dos jogadores acaba permitindo, então a resposta para a pergunta foi “sim”. O game Cyberpunk 2077 será lançado em abril de 2020, e estará disponível para PlayStation 4, Xbox One e PC.


VOLTAR