Jornalista da BBC diz que emissora procura provas que Rússia ganha com protestos em Paris  » Rede Acontece
Últimas
16-01-2019 » Se diz explorada | Rihanna abre processo contra o próprio pai, Ronald Fenty; entenda 16-01-2019 » Contas | Veja 7 dicas para economizar na compra de material escolar 16-01-2019 » Loterias | Mega acumula e pode pagar R$ 27 milhões na quinta; veja dezenas 16-01-2019 » Copa São Paulo | Figueirense elimina Palmeiras, que mantém jejum na competição 16-01-2019 » Fim de contrato | Acusado de assédio, José Mayer deixa a Globo após 35 anos 16-01-2019 » Medida é considerada ilegal | Sindicatos querem tirar reajuste salarial de quem não pagar contribuição 16-01-2019 » Italiano preso | Bolívia descarta atuação brasileira em captura de Battisti 16-01-2019 » Querem implantar no Brasil | Bancada do PSL vai à China importar sistema que reconhece rostos 16-01-2019 » Ministro da Justiça | Para Moro, críticas indicam que decreto de posse de arma foi "ponderado" 16-01-2019 » Presidência da Câmara | Esquerda não chega a acordo e pode liberar voto de deputados 16-01-2019 » Assinado por Bolsonaro | Decreto frustra defensores de acesso a armas; indústria aprova 16-01-2019 » 1ª visita de chefe de Estado | Macri vem ao Brasil e discute com Bolsonaro Mercosul e Venezuela 16-01-2019 » Antes de tomar posse | Bolsonaro recebeu R$ 33,7 mil de auxílio-mudança da Câmara 16-01-2019 » Combustível feito em um único local | Parada em refinaria da Petrobras deixa aviões agrícolas sem gasolina 16-01-2019 » 'Frankenstein' de 2018 | Misturamos modelos de celulares para criar o 'aparelho dos sonhos' 16-01-2019 » Interpretação de mapa astral | Para de ser doida! Sense Márcia analisa a vida da youtuber Evelyn Regly
Publicidade
16 de dezembro de 2018

Jornalista da BBC diz que emissora procura provas que Rússia ganha com protestos em Paris 

Sputnik / Julien Mattia

Uma correspondente da BBC admitiu que a emissora está em busca de quaisquer provas de um alegado papel da Rússia nos protestos dos “coletes amarelos” em Paris, exigindo que seus jornalistas busquem quaisquer pistas que apontem para Moscou. A redação da Sputnik obteve a correspondência da jornalista da BBC Rússia, Olga Ivshina, com uma observadora que cobria nas redes sociais os protestos dos “coletes amarelos” que decorrem na França. A correspondente da BBC está tentando descobrir, na troca de mensagens, se a Rússia tem algo a ver com os protestos na capital francesa. A observadora, por sua vez, explica que ela não viu nenhum russo nos protestos. Entretanto, a correspondente da BBC não ficou satisfeita com essa resposta. A jornalista da BBC explicou que ela estava “procurando por vários ângulos” porque a emissora estava “saindo em busca de sangue”. A notícia chega em um momento em que o ministro das Relações Exteriores da França, Jean-Yves Le Drian, afirmou em 9 de dezembro que o Secretariado-Geral da Defesa e Segurança Nacional da França (SGDSN) está investigando reportagens sobre uma suposta interferência da Rússia nos Anteriormente, o jornal britânico The Times informou que foram encontradas centenas de contas no Twitter, supostamente ligadas à Rússia, alimentando os protestos dos “coletes amarelos”, através da publicação de fotos de manifestantes feridos e de retweets de mensagens relacionados com os distúrbios. O Kremlin, por sua vez, sublinhou que a Rússia considera os protestos como um assunto interno da França, e classificou como calúnia as acusações de uma alegada interferência russa.


VOLTAR