Lei que permite a aluno faltar por motivo religioso é sancionada » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 23-08-2019 » Meio ambiente | Bolsonaro convoca gabinete de crise para tratar da Amazônia 23-08-2019 » Desmatamento | Atos pela Amazônia devem ocorrer em pelo menos 40 cidades do Brasil 23-08-2019 » Julgamento foi suspenso | STF forma maioria contra redução de jornada e salário de servidor público 23-08-2019 » Encontro de delegados na BA | Policiais da PF elevam críticas a Bolsonaro e não poupam nem Moro 23-08-2019 » Por Previdência | Um terço do que governo quer remanejar é corte da Educação 23-08-2019 » Plateia no RS ficou indignada | Em Gramado, chefe da Ancine diz que suspensão de edital foi 'convite ao diálogo' 23-08-2019 » Veja como | Seguro do seu carro pode baixar mais de 10% com peça paralela 23-08-2019 » Veja detalhes | Entramos no Taycan, 1º Porsche elétrico: meta é ser um esportivo único 23-08-2019 » Segundo secretaria | SP receberá vacinas, e campanha contra sarampo está mantida 23-08-2019 » Defesa nega | Atriz acusa diretor de filme de Marquezine de assédio: 'Foi horrível' 23-08-2019 » Ilegal e perigoso | Mais de 4 milhões têm 'gatonet'; veja os riscos das caixas de TV pirata 23-08-2019 » Filho do presidente | Flávio usou casa penhorada por dívida em entrevista a TV 23-08-2019 » Santos está na ponta | Quem vai terminar 1º turno do Brasileiro na liderança? Blogueiros opinam 23-08-2019 » 'Essa coisa não é simples' | Relator da reforma da Previdência no Senado adia entrega de parecer 23-08-2019 » Flexibiliza regra trabalhista | Entenda as principais mudanças da MP da Liberdade Econômica 23-08-2019 » Educação | MEC troca chefia de órgão que cuida do Enem pela 4ª vez e nomeia general 23-08-2019 » Laura Carvalho | Abaixo do piso, há a barbárie dita por Drauzio Varella 23-08-2019 » Sakamoto | Bolsonaro queima o filme do Brasil com o mundo 23-08-2019 » Menon | Rodrigo Caio colocou Guerrero no bolso 23-08-2019 » Schneider | Fundeb no fim: quanto vale a educação?
Publicidade
5 de janeiro de 2019

Lei que permite a aluno faltar por motivo religioso é sancionada

Foto Rede Acontece

O presidente Jair Bolsonaro sancionou lei que permite a estudantes brasileiros faltar a provas, aulas ou deixar de realizar trabalhos escolares por motivos religiosos. A Lei nº 13.796, que passa a valer a partir desta sexta-feira (4/1), assegura o direito a estudantes de qualquer nível de ensino, tanto de instituições públicas quanto privadas. Para isso, ressalta o texto, a instituição de ensino deve ser informada com antecedência. O texto altera a Lei 9.394, de 1996, que estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. “É assegurado, no exercício da liberdade de consciência e de crença, o direito de, mediante prévio e motivado requerimento, ausentar-se de prova ou de aula marcada para dia em que, segundo os preceitos de sua religião, seja vedado o exercício de tais atividades”, estabelece o documento, assinado por Bolsonaro e pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro.


VOLTAR