Lídice alega que PSB nacional não está satisfeito com posição do PT na Bahia » Rede Acontece
Últimas
19-11-2018 » Após 'drama' do cabelo | Marina Ruy Barbosa supera castigo e entra para 1º time da Globo 19-11-2018 » Não é só a Samsung | Como Apple e outras empresas imaginam o celular dobrável 19-11-2018 » Cláusula contratual | SBT mira Porchat, Mion e Bacci, mas não quer saia justa com Record 19-11-2018 » Amistoso é amanhã | Por que a seleção vai fechar 2018 em estádio de 4ª divisão inglesa? 19-11-2018 » Jogador morto no PR | Caso Daniel: mãe de gêmeo cita mentiras e represália de Brittes 19-11-2018 » Na Marginal Pinheiros | SP procura macaco hidráulico para içar viaduto que cedeu 19-11-2018 » Reta final do Brasileirão | Fla liga o 'secador' e aposta no Maracanã por sonho do título 19-11-2018 » Carlos Ghosn teria sido preso | Nissan vai demitir presidente brasileiro suspeito de fraude 19-11-2018 » Um dos líderes do CV | Extraditado do Paraguai, Marcelo Piloto vai para prisão de segurança máxima 19-11-2018 » Futura ministra da Agricultura | Tereza diz que adotou 'políticas de governo' ao conceder incentivo à JBS 19-11-2018 » Economia no novo governo | Guedes confirma Roberto Castello Branco no comando da Petrobras 19-11-2018 » País fora do Mais Médicos | Médicos deixam Brasil até o final do ano, anuncia Cuba 19-11-2018 » Milhares tentam deixar A. Central | Caravana de migrantes chega à fronteira dos EUA: 'Não nos querem' 19-11-2018 » Patrícia foi presa em São Paulo | Loba do Tinder: apuração revela falsa riqueza, ameaças e extorsão 19-11-2018 » País relaxou as leis de proteção | 'Marido cortou minhas mãos com machado': a violência doméstica russa
Publicidade
20 de junho de 2018

Lídice alega que PSB nacional não está satisfeito com posição do PT na Bahia

Foto: Rede Acontece

As tratativas na Bahia em torno do futuro político da senadora Lídice da Mata (PSB) repercutem de forma negativa na executiva nacional da legenda socialista. Isso porque os socialistas esperam um gesto do PT baiano em consonância com o que fora proposto pelo PT nacional.

“A Executiva Nacional está acompanhando e não está satisfeita com posições que caminham em posicionamento de não nos fortalecer. O PT nacional tomo uma decisão de priorizar uma união com o PSB e o PCdoB. Isso tem que está expresso não só no papel, mas também na ação. O PT tem que expressar isso nas posições concretas que tomar em cada Estado”.

Lídice deseja disputar reeleição ao Senado Federal, mas não foi acolhida na chapa majoritária pelo governador Rui Costa (PT), que cedeu a referida vaga ao presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Angelo Coronel, do PSD de Otto Alencar.

Histórica aliada do PT, Lídice lembrou, nesta terça-feira (19), em plenária do PSB em Salvador, sua atuação contra o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, mesmo a contragosto do comando nacional do seu partido.

“Internamente no meu partido isso cai mal. Até porque eu fui a grande defensora do PT. Eu sou a grande defensora do governo do PT, o governo Dilma, mesmo o partido sendo contra, eu e o senador Capiberibe fomos a ponta de lança de uma postura de reagir a decisão. Organizamos a oposição contra o impeachment, a minha casa e a de Requião se transformaram nos comitês de apoio de Dilma”.


VOLTAR