Livramento: Policia Civil prende coordenador do Retran por suspeitas de emplacamento irregular » Rede Acontece
Últimas
22-04-2019 » Reta final da série | GoT se prepara para batalha com episódio melancólico 22-04-2019 » Mais de 500 feridos | Autoridades do Sri Lanka elevam para 290 número de mortos em atentados 22-04-2019 » Uso incorreto de capacete | Bolsonaro cometeu infração em passeio de moto, dizem especialistas 22-04-2019 » Renda versus espera | Saiba quando se deve adiar ou antecipar a aposentadoria 22-04-2019 » Campeonato Francês | PSG celebra título com retorno de Neymar e três de Mbappé 22-04-2019 » Ao criticar Bolsonaro | Confederação Israelita processará Ciro Gomes por fala sobre judeus 22-04-2019 » Veja lista | Avianca cancela mais de 1.000 voos até próximo domingo (28) 22-04-2019 » Patinação no Brasil | Garota trans de 11 anos busca na Justiça direito de disputar torneio 22-04-2019 » Paulista | Da incerteza ao Tri 22-04-2019 » Ficou pelo menos 20h no ar | Vídeo com ataques de Olavo a militares é deletado de canal de Bolsonaro 22-04-2019 » Tentativa de pacificação | Em meio à crise do inquérito de fake news, STF retoma julgamentos 22-04-2019 » Mais de 200 vítimas fatais | Chef, recém-casado, primos e policiais estão entre mortos no Sri Lanka 22-04-2019 » Impacta a democracia | Quatro consequências graves da estagnação das classes médias 22-04-2019 » Símbolos sagrados sujos de sangue | Duas imagens chocantes representam a violência de atentados no Sri Lanka 22-04-2019 » Campeonato Carioca | Fla é campeão sobre o Vasco e mantém tabu de 31 anos com rival 21-04-2019 » Veja resultados dos Estaduais | Fortaleza de Ceni é campeão no CE; Athletico leva título nos pênaltis 21-04-2019 » Auxiliar assume interinamente | Após perder título para Flamengo, Valentim é demitido pelo Vasco 21-04-2019 » Vice-campeão do Paulista | Cuca nega desrespeito e explica reação do SP: 'Tinha jogador chorando'
Publicidade
corretora de seguros
INTERSORFT 100 MEGA
1 de fevereiro de 2019

Livramento: Policia Civil prende coordenador do Retran por suspeitas de emplacamento irregular

Brumado Acontece

Na tarde desta sexta-feira (1), investigadores da Polícia Civil, prenderam Edelson Dourado Castro, coordenador do Retran, da cidade Livramento de Nossa Senhora, por suspeitas de emplacamento irregular feito no órgão no município.  Segundo a polícia, a prisão foi acompanhada de representante da corregedoria do Detran, o qual passa a noticiar o seguinte: na data de 24/01/2019 obteve informação, através de um despachante da cidade de Itabuna, que alegava ter sido solicitado a realizar um serviço de 1º. emplacamento veicular, e ao analisar a documentação enviada por e-mail, verificou-se a inautenticidade da nota fiscal, bem como, a explicita montagem do comprovante de endereço. Desta forma, através dos nomes apresentados na nota fiscal repassada ao comunicante, o Detran passou a pesquisar as Ciretrans que poderiam realizar este tipo de serviço. No dia 24/01/2019, no período da tarde, constatou-se que havia sido realizado dois serviços de primeiro emplacamento de forma suspeita de fraude contendo os mesmos documentos apresentados ao despachante de Itabuna, somente mudando o comprovante de endereço, serviço este realizado na Ciretran de Itapetinga e foi deslocada no dia 25/01/2019 uma equipe da corregedoria do Detran para a cidade de Itapetinga, com vistas a identificar o processo físico de primeiro emplacamento, o que se tornou impossível, pois, os processos foram extraviados. Após aguardar a entrega do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo CRLV para o solicitante, que foi realizado na praça central da cidade de Itapetinga, cominando dessa forma com a prisão em flagrante delito dos solicitantes do serviço: Pablo Dean Novais dos Anjos Silva e Givanildo Tavares Souza. Com a apuração em curso, visando identificar os responsáveis por diversos emplacamentos irregulares no estado da Bahia, mais precisamente nos municípios de Vitória da Conquista, Itabuna, Itapetinga e Livramento de Nossa Senhora, oportunidade em que foi perguntado ao flagranteado Givanildo Tavares Souza se ele já tinha emplacado veículos no município de Livramento de Nossa Senhora, tendo o mesmo respondido afirmativamente, indicando, ainda, uma terceira pessoa, a qual tinha acesso para realizar referido serviço, efetuando pagamento, inclusive, por depósito bancário. Questionado sobre o nome desse terceiro pessoa, informou não se recordar, porém, apresentou um comprovante de pagamento efetivado através de depósito em conta corrente, que trazia como titular da conta bancária (Banco do Brasil) a pessoa de Edelson Dourado Castro, coordenador da Retran de Livramento de Nossa Senhora. De posse destas informações, o comunicante avaliou os processos que estavam sob investigação, sendo possível identificar Edelson, suspeito de ser o responsável por 04 serviços de primeiro emplacamento; sempre utilizando o mesmo “modus operandi”, emplacamento de veículos de luxo, modelo Toyota Hilux. Após inquirir em termo de declarações a pessoa de Edelson, em feito investigatório sumário administrativo da corregedoria do Detran ficou constatado que o mesmo recebeu valor pecuniário para a realização do serviço irregular, conforme indicado pelo flagranteado em Itapetinga (Givanildo), porém, Dourado informou, em termo próprio, que havia cedido seus dados bancários para o seu coordenador de prenome “Kleber Leal” e que na mesma data do depósito efetuou saque do numerário e repassou a quantia monetária ao senhor de prenome “Kleber Leal”. Dourado indicou, também, que teve contato com a pessoa de Givanildo, tendo acompanhado o mesmo para a realização da compra da placa de um dos veículos registrados na Retran de em Livramento. O conduzido ainda cedeu à comissão de apuração sumária da corregedoria do Detran o seu extrato bancário para constatação da transação bancária mencionada. Ressalta-se que um dos veículos foi recuperado, após a apuração por parte desta comissão da corregedoria do Detran no município de Santo Antônio de Jesus, sendo objeto de transação comercial entre terceiros de boa-fé, conforme ocorrência nº. 170/2019, registrada na delegacia de polícia. Atualmente, o veículo de placa gerada ilegalmente sob nº PLJ-3782, encontra-se em poder do Departamento de Polícia Técnica (DPT), para a adoção das medidas cabíveis. O suspeito ficará à disposição da autoridade policial.


VOLTAR