Lúcio cobra execução de obras estaduais que já possuem recursos: ‘Nosso trabalho a gente faz’ » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 17-06-2019 » 'Estamos parados' | Daniel Filho critica governo e falta de apoio ao cinema: 'Brasil não é de idiotas' 17-06-2019 » Alíquota cairia de 16% para 4% | Bolsonaro: Governo estuda reduzir imposto para produtos de tecnologia 17-06-2019 » Deysi Cioccari | A eleição de Bolsonaro para além da facada 17-06-2019 » Julio Gomes | Estádios vazios na Copa América: alguém surpreso? 17-06-2019 » Stycer | Emissoras usam confusão entre ator e personagem 17-06-2019 » Schwartsman | Critérios errados de escolha levam a chefes ruins 17-06-2019 » Marcos Lisboa | Não se sabe como os vazamentos terminam 17-06-2019 » Michael Viriato | Lições do junho vermelho para investir em ações 17-06-2019 » Padiglione | Paródia de Moro compensa timidez editorial da Globo 17-06-2019 » Reinaldo Lopes | O que pode explicar o fim de povos amazônicos 17-06-2019 » Lei em Campo | Foi a NBA que permitiu time do Canadá nos EUA 17-06-2019 » Quicando | Todos queriam ser Adele conhecendo as Spice Girls 17-06-2019 » Angela Alonso | Só não viram deslizes os cegos de ódio pelo vilão 17-06-2019 » Coworking | Empresa faz ponte entre corporações e startups 17-06-2019 » Pediu demissão após fala de Bolsonaro | CPI do BNDES quer que Levy explique demissão e 'caixa preta' 17-06-2019 » Ato contra reforma em SP | 'Não agredi, não cuspi na cara, não desacatei policial', diz defensor preso 17-06-2019 » Segurança digital | Vazamento de dados cresce e já é 2º maior ataque digital ao governo federal 17-06-2019 » Assassinado em casa | 'São 55 filhos agora sem pai', diz deputada após morte do marido em Niterói (RJ) 17-06-2019 » Chico Xavier | Justiça nega ação para reconhecer suposto filho adotivo do médium 17-06-2019 » Para barrar nazistas | Linha Maginot: a mais poderosa e inútil fortificação da história
Publicidade
30 de janeiro de 2016

Lúcio cobra execução de obras estaduais que já possuem recursos: ‘Nosso trabalho a gente faz’

FOTO: GUANAMBI ACONTECE

FOTO: GUANAMBI ACONTECE

O deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB) cobrou do governo do estado, nesta sexta-feira (29), a execução de obras baianas que já possuem recursos disponíveis. Entre os projetos estão a requalificação da Praça Castro Alves e do seu entorno, em Salvador; a revitalização da Passarela do Descobrimento (atual Passarela do Álcool), em Porto Seguro; e a construção da Via Expressa do Barradão. “Estou cobrando porque nosso trabalho a gente faz. A inflação como está e o dólar como subiu, não dá para fazer nada. Depois pede aditivo e começa, as pessoas cobram dos parlamentares. Isso é um caso típico”, afirmou o parlamentar. Segundo Lúcio, o contrato para requalificação da Praça Castro Alves foi assinado em 31 de dezembro de 2012, no valor de R$ 10.264.000,00, cujo repasse seria R$ 9.750.000,00. No mesmo dia foi assinada a revitalização da Passarela do Descobrimento, cujo valor de repasse seria R$ 1.706.250,00, diante de R$ 1.881.250,00 do valor do contrato. “Recurso para Via Expressa do Barradão, trabalho nosso junto a Fábio Mota [na época secretário nacional do Ministério do Turismo] e Gastão [Vieira, então ministro do Turismo]e a obra está paralisada. Só fez 2%. Isso é uma manobra para não perder o contrato. Se está licitada, por que não começa?”, questiona o peemedebista, em referência ao contrato assinado no mesmo dia em que os dois já citados, no valor de R$ 18.013.975,00. “Estou cobrando isso, pois não quero que Rui Costa (PT), governador do estado] seja chamado de ‘Ruileza’, como Wagner Moura era chamado de ‘Wagareza’”, finalizou.


VOLTAR