Lúcio Vieira Lima acredita na recondução de Temer à presidência do PMDB » Rede Acontece
Últimas
22-10-2018 » Aprovação será difícil | Lua de mel com Bolsonaro será curta, diz presidente de consultoria de risco 22-10-2018 » Berço político de Cid e Ciro | Haddad se apoia em Camilo para tentar crescer no Ceará 22-10-2018 » Deputado eleito falou em 'fechar' STF | Fala de Eduardo Bolsonaro é golpista, diz Celso de Mello 22-10-2018 » Veja o que pode ser um diferencial | Andar alto, localização e condomínio com preço baixo valorizam o imóvel? 22-10-2018 » Show em SP | Shakira encerra jejum de sete anos e faz festa latina para 40 mil 22-10-2018 » Aventureiro da Honda | A partir de R$ 82.100, WR-V 2019 ganha itens, mas ainda deve controles 22-10-2018 » Cartão está disponível | Candidato já pode consultar local de prova no Enem; veja como 22-10-2018 » A moto e a moda | Maior modelo brasileiro virou piloto e sobreviveu a morte em Interlagos 22-10-2018 » Bola na rede | Palmeiras consolida liderança, e Fla goleia; veja os gols da rodada 22-10-2018 » Pico da Neblina | Série da HBO imagina como seria Brasil com maconha legalizada 22-10-2018 » 'Mecânico virtual' | Veja lista dos 10 carros que mais apresentam falhas, segundo app 22-10-2018 » Resumo do Brasileirão | Bastidores da rodada antecipam confronto entre Palmeiras e Fla 22-10-2018 » Dilema nas Forças Armadas | Prestígio com Bolsonaro agrada, mas também preocupa militares 22-10-2018 » Questionado por brasileira | Em Paris, Ciro Gomes diz que está 'muito cansado' e que o Brasil 'está doente' 22-10-2018 » Disputa em SP | Doria usa Bolsonaro, mas não atrai deputados do PSL da bancada da bala
Publicidade
25 de janeiro de 2016

Lúcio Vieira Lima acredita na recondução de Temer à presidência do PMDB

FOTO CONQUISTA ACONTECE

FOTO CONQUISTA ACONTECE

Em entrevista na manhã desta segunda-feira (25), o deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB), voltou a comentar sobre as especulações que apontam o Secretário municipal de Promoção Social, Esporte e Combate à Pobreza, Bruno Reis, e o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Fábio Mota, como vice na chapa de reeleição do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM). “O Bruno Reis como o Fábio Mota são dois grandes nomes do PMDB. Você só pensa em vice do PMDB quando o prefeito ACM Neto chamar os partidos, e no momento adequado conversaremos com ele. Você tem que conversar com os partidos da aliança, que somam, que agregam para a vitória e no caso é a reeleição do prefeito ACM Neto”, disse ao apresentador Geraldo Jr, na rádio Metrópole. Ainda na oportunidade, o peemedebista comentou a declaração do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o qual afirmou que não existe “uma viva alma mais honesta do que eu” ao responder denúncias de envolvimento dele em esquemas de corrupção. “Ele não foi honesto ao dizer isso. Não foi honesto com todo mundo”, desdenhou. O deputado federal também minimizou a briga entre o vice-presidente Michel Temer, atual presidente nacional do partido, e o presidente do Senado, Renan Calheiros, que disputam o comando do PMDB. Na semana passada, de acordo com informações divulgadas pela Folha, durante encontros, o peemedebista pediu aos senadores Romero Jucá (PMDB-RR) e Valdir Raupp (PMDB-RO) que apresentassem um desenho de rearranjo, cujo objetivo é contemplar o grupo do presidente do Senado. Especula-se que a articulação pretende impedir que seja lançada uma candidatura adversária à do vice-presidente, que está à frente do partido desde 2005. No encontro, ficou acertada a realização de uma reunião antes de fevereiro de Michel Temer com a bancada do partido no Senado Federal. “São discordâncias momentâneas. Renan não vai adiante com a candidatura dele, e Michel será conduzido mais uma vez ao PMDB”, disse o parlamentar.


VOLTAR