Lúcio Vieira Lima acredita na recondução de Temer à presidência do PMDB » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 26-06-2019 » Jogador paraguaio | Postagem de Romero gera mal-estar no Corinthians 26-06-2019 » Boa temporada | Jessica Jones se despede da Netflix com vilão instigante 26-06-2019 » Mauricio Stycer | Globo 'esquece' Naves na geladeira e nem o convida para se explicar 26-06-2019 » 'Vou te caçar' | PM é alvo de ameaça após pedir namorado em casamento em SP 26-06-2019 » Em teatro de Paris | Chico e mais artistas leem cartas mandadas a Lula na prisão 26-06-2019 » Música vivia na cidade | Mulher americana é encontrada morta em Paraty (RJ) 26-06-2019 » Reforma da Previdência | Congresso e governo se aliam para domar PSL e barrar alterações-bomba 26-06-2019 » Por 35 votos a 13 | Em vídeo, Crivella agradece absolvição antes de impeachment ser votado 26-06-2019 » Presidente do Senado | Davi devolve MP de Bolsonaro e anuncia CPI para apurar fake news nas eleições 26-06-2019 » Já havia criticado proposta | Bolsonaro veta lista tríplice para dirigentes de agências reguladoras 26-06-2019 » STF julga pedidos de HC | STF mantém Lula preso e adia julgamento sobre parcialidade de Moro 26-06-2019 » Audiência pública na Câmara | 'Moro e Deltan sabem que o material é autêntico', diz Glenn sobre mensagens 26-06-2019 » Em tramitação no Congresso | Bolsonaro contradiz porta-voz, revoga decreto de armas e edita nova versão 26-06-2019 » Avanço da medicina | Câncer é a segunda doença que mais mata; como tratar o problema? 26-06-2019 » Confira o ranking | Estudo mostra as marcas preferidas dos brasileiros de todas as classes 26-06-2019 » Especialistas sugerem mudanças | Como a inteligência artificial ajuda a combater mudanças climáticas 25-06-2019 » Pastor morto no RJ | 'Se for provado que foram meus filhos, eu quero saber o porquê', diz deputada Flordelis 25-06-2019 » Tragédia deixou 246 mortos | Polícias investigam se explosão contribuiu para rompimento de barragem em MG 25-06-2019 » M. Cantuaria | O abacaxi de bandeja: amo a fruta, odeio casca 25-06-2019 » Débora Miranda | Não há eliminação que pare evolução do futebol feminino
Publicidade
25 de janeiro de 2016

Lúcio Vieira Lima acredita na recondução de Temer à presidência do PMDB

FOTO CONQUISTA ACONTECE

FOTO CONQUISTA ACONTECE

Em entrevista na manhã desta segunda-feira (25), o deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB), voltou a comentar sobre as especulações que apontam o Secretário municipal de Promoção Social, Esporte e Combate à Pobreza, Bruno Reis, e o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Fábio Mota, como vice na chapa de reeleição do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM). “O Bruno Reis como o Fábio Mota são dois grandes nomes do PMDB. Você só pensa em vice do PMDB quando o prefeito ACM Neto chamar os partidos, e no momento adequado conversaremos com ele. Você tem que conversar com os partidos da aliança, que somam, que agregam para a vitória e no caso é a reeleição do prefeito ACM Neto”, disse ao apresentador Geraldo Jr, na rádio Metrópole. Ainda na oportunidade, o peemedebista comentou a declaração do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o qual afirmou que não existe “uma viva alma mais honesta do que eu” ao responder denúncias de envolvimento dele em esquemas de corrupção. “Ele não foi honesto ao dizer isso. Não foi honesto com todo mundo”, desdenhou. O deputado federal também minimizou a briga entre o vice-presidente Michel Temer, atual presidente nacional do partido, e o presidente do Senado, Renan Calheiros, que disputam o comando do PMDB. Na semana passada, de acordo com informações divulgadas pela Folha, durante encontros, o peemedebista pediu aos senadores Romero Jucá (PMDB-RR) e Valdir Raupp (PMDB-RO) que apresentassem um desenho de rearranjo, cujo objetivo é contemplar o grupo do presidente do Senado. Especula-se que a articulação pretende impedir que seja lançada uma candidatura adversária à do vice-presidente, que está à frente do partido desde 2005. No encontro, ficou acertada a realização de uma reunião antes de fevereiro de Michel Temer com a bancada do partido no Senado Federal. “São discordâncias momentâneas. Renan não vai adiante com a candidatura dele, e Michel será conduzido mais uma vez ao PMDB”, disse o parlamentar.


VOLTAR