Lúcio Vieira Lima acredita na recondução de Temer à presidência do PMDB » Rede Acontece
Últimas
23-06-2018 » México avança contra a Coreia do Sul e marca segundo gol 23-06-2018 » Atacante polêmico | Com cartões, Neymar ameaça desfalcar seleção brasileira 23-06-2018 » Goleada no Grupo G | Hazard e Lukaku brilham, e Bélgica bate a Tunísia por 5 a 2 23-06-2018 » Lá em Iekaterimburgo... | Na sede mais distante da Copa, Brasil é time só de alguns peruanos 23-06-2018 » 'Acharam que era puta' | Mulheres se rebelam na Copa e rebatem o assédio e o machismo 23-06-2018 » Narrador em alta | Spoiler de novela e 'negros maravilhosos': a Copa de Luis Roberto 23-06-2018 » Escalação em jogo | Tite conversa com Marquinhos e avalia Fernandinho para lateral 23-06-2018 » Destaque da goleada belga | Em português, Lukaku fala sobre ídolo: 'Adriano é maior do que eu' 23-06-2018 » Até tu, treinador? | Tite tem lesão na coxa e anda mancando após tombo que virou meme 23-06-2018 » Milton Leite corta Noriega com grito homofóbico de mexicanos e diverte web 23-06-2018 » Zagueiro do Irã diz que Diego Costa foi imoral e insultou sua mãe e irmã 23-06-2018 » Miranda exalta dificuldade da Copa e fala da situação argentina: 'Dá pena' 23-06-2018 » Suíço recorda: dia mais feliz da vida foi quando ganhou camisa de Ronaldo 23-06-2018 » Goleiro argentino troca mensagens com jornalista após falha: 'Momento duro' 23-06-2018 » Jogo do grupo F, às 15h | Comissão de Tite vai ao jogo da Alemanha, possível adversária 23-06-2018 » Análise | Stycer: Gritaria entre comentaristas da Fox Sports é desrespeitosa 23-06-2018 » Análise | Rizzo: Inocentes ou culpados? O peso de Messi e Neymar 23-06-2018 » Seleção joga quarta-feira | Douglas Costa sofre lesão na coxa e desfalca o Brasil contra a Sérvia 23-06-2018 » Opinião | Perrone: Brasil deixa para o torcedor pacote de preocupações 23-06-2018 » Briga no basquete | Em evidência na Copa, conflito nos Balcãs já rachou 'irmãos' de bola
Publicidade
clinica master supermercado centrel intersorft lab laboratorio grafica bandeirante centro medico sao gabriel
25 de janeiro de 2016

Lúcio Vieira Lima acredita na recondução de Temer à presidência do PMDB

FOTO CONQUISTA ACONTECE

FOTO CONQUISTA ACONTECE

Em entrevista na manhã desta segunda-feira (25), o deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB), voltou a comentar sobre as especulações que apontam o Secretário municipal de Promoção Social, Esporte e Combate à Pobreza, Bruno Reis, e o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Fábio Mota, como vice na chapa de reeleição do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM). “O Bruno Reis como o Fábio Mota são dois grandes nomes do PMDB. Você só pensa em vice do PMDB quando o prefeito ACM Neto chamar os partidos, e no momento adequado conversaremos com ele. Você tem que conversar com os partidos da aliança, que somam, que agregam para a vitória e no caso é a reeleição do prefeito ACM Neto”, disse ao apresentador Geraldo Jr, na rádio Metrópole. Ainda na oportunidade, o peemedebista comentou a declaração do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o qual afirmou que não existe “uma viva alma mais honesta do que eu” ao responder denúncias de envolvimento dele em esquemas de corrupção. “Ele não foi honesto ao dizer isso. Não foi honesto com todo mundo”, desdenhou. O deputado federal também minimizou a briga entre o vice-presidente Michel Temer, atual presidente nacional do partido, e o presidente do Senado, Renan Calheiros, que disputam o comando do PMDB. Na semana passada, de acordo com informações divulgadas pela Folha, durante encontros, o peemedebista pediu aos senadores Romero Jucá (PMDB-RR) e Valdir Raupp (PMDB-RO) que apresentassem um desenho de rearranjo, cujo objetivo é contemplar o grupo do presidente do Senado. Especula-se que a articulação pretende impedir que seja lançada uma candidatura adversária à do vice-presidente, que está à frente do partido desde 2005. No encontro, ficou acertada a realização de uma reunião antes de fevereiro de Michel Temer com a bancada do partido no Senado Federal. “São discordâncias momentâneas. Renan não vai adiante com a candidatura dele, e Michel será conduzido mais uma vez ao PMDB”, disse o parlamentar.


VOLTAR