Mais de um milhão de pessoas sofrem com doença de chagas » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 03-06-2020 » Alexandre Borges Cabral | Indicado do governo para presidir banco exonerou auditor que apurava fraude 03-06-2020 » Atos antirracistas nos EUA | Pelo menos 40 são presos em NY por não respeitar toque de recolher 03-06-2020 » Mais de 30 mil óbitos por covid | Bolsonaro: 'A gente lamenta todos os mortos, mas é o destino de todos' 03-06-2020 » 'Eu não aguento mais chorar' | Fragmentos de revolta contra o assassinato de negros pela polícia explodem em ato no Rio 03-06-2020 » Manifestações contra o racismo | Protestos nos EUA se intensificam apesar de ameaça de Trump 03-06-2020 » 'Vidas negras importam' | Manifestantes fazem ato contra racismo e a favor da democracia em Manaus 03-06-2020 » Mudanças no Iphan | Ações de Bolsonaro põem em risco bens históricos e culturais do país 03-06-2020 » Economia | Kupfer: Dólar leva tombo, e Bolsa acumula altas em série. O que explica? 03-06-2020 » Suposta interferência | Aras concorda com PF e pede depoimento de Bolsonaro em inquérito no STF 03-06-2020 » Ex-ministro da Justiça | Comissão de Ética proíbe Moro de advogar, mas libera docência e artigos 03-06-2020 » Ex-presidente da Fifa | Justiça suíça encerra uma das investigações contra Joseph Blatter 03-06-2020 » 'Passei da hora' | Cantor leva multa de condomínio por causa de live de pagode 03-06-2020 » Caso em Cotia (SP) | 'Até quando homens vão fazer isso?', diz vítima de estupro 03-06-2020 » Chico Barney - Opinião | O país nessa situação e o Roda Viva entrevistando o Lobão? 03-06-2020 » Na zona norte do Rio | Vídeo flagra três agressores batendo em médica em festa 03-06-2020 » Nos EUA | Pastor alemão é o 1º cão com diagnóstico oficial de covid-19 03-06-2020 » CNN Brasil | Waack é exposto por entrevistada que aborda atos antirracistas 03-06-2020 » Anúncio oficial | Jorge Jesus anuncia renovação por 1 ano e confirma que fica no Fla 03-06-2020 » Jogador do Atlético-MG | Cazares faz festa em quarentena e é multado em R$ 130 mil 03-06-2020 » UOL Debate | 'A covid não vai ficar só na senzala, voltará para casa-grande', diz urbanista
Publicidade
8 de outubro de 2019

Mais de um milhão de pessoas sofrem com doença de chagas

Foto: Ilustração

Mal-estar, acompanhado de febre e dor nos gânglios. Esses são alguns dos sintomas da doença de Chagas. Os sintomas podem mudar e nem sempre são perceptíveis, o que dificulta o diagnóstico da doença. De acordo com a mais recente edição do Boletim Epidemiológico da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS), a estimativa é de que exista no Brasil mais de um milhão de pessoas vivendo com essa infecção, que é provocada por um protozoário parasita de nome Trypanosoma cruzi e cuja transmissão ocorre pelas fezes do inseto triatoma, popularmente conhecido como barbeiro. Segundo o levantamento mais recente da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), enviado à reportagem, somente este ano 266 pessoas morreram vítimas da doença, sendo 48 em Salvador. Em todo o ano de 2018, o número foi ainda maior: 581 mortes na Bahia, sendo 123 destas registradas em Salvador. A transmissão oral da doença, conforme consta no boletim da SVS, ocorre de forma acidental. Geralmente, pela ingestão de alimentos contaminados pelo próprio vetor infectado macerado e ingerido juntamente com os alimentos. Os surtos da doença, que acomete principalmente adultos e jovens, quase sempre está ligado a esse tipo de transmissão. “Atualmente, a forma de transmissão oral é a mais incidente, porém observa-se também a continuidade de registros de casos por transmissão vetorial nos últimos anos, sugerindo a ocupação do nicho deixado pelo Triatoma infestans, principal espécie vetora, por outras espécies de triatomíneos de importância epidemiológica. Ressalta-se que em 2006, a Organização Panamericana da Saúde concedeu ao Brasil a certificação de livre transmissão da doença pelo T. Infestans”, diz a pesquisa. Tendo em vista que a contaminação dos alimentos é um dos principais fatores de transmissão oral, o boletim aponta a necessidade de ampliar as ações de vigilância em saúde, “incorporando o acesso à rede de atenção à saúde para diagnóstico e tratamento dos casos identificados na fase crônica, considerando que menos de 1% das pessoas estimadas na forma indeterminada são tratadas”. Também são formas de transmissão a transfusão de sangue. No caso de gravidez, a mãe pode transmitir para o bebê. Também já foi identificado, no Brasil, caso de infecção transmitida por via oral a pessoas que tomaram caldo de cana. Mais informações sobre a doença, como formas de tratamento, constam no site do Ministério da Saúde.


VOLTAR