Marina cai três pontos e busca ampliar eleitorado » Rede Acontece
Últimas
20-09-2018 » Astros saíram do foco | Messi destoa, e estrelas ficam devendo na primeira rodada da Liga 20-09-2018 » Onda de intolerância | Casos de racismo subiram 72% no futebol brasileiro, diz estudo 20-09-2018 » Chuva de reviravoltas | Por que Buscando... é o melhor suspense (sem fantasma) de 2018 20-09-2018 » Preço mais atraente | Vale a pena comprar os iPhones antigos 6S, 7, 8, X e SE? 20-09-2018 » Torcida corintiana | Repúdio a Bolsonaro gera discórdia na Gaviões da Fiel 20-09-2018 » Mais Datafolha | Paes lidera no Rio de Janeiro com 22%; Romário tem 14% e Garotinho, 12% 20-09-2018 » Candidato do PSL | Bolsonaro quer um colégio militar em cada capital: é viável? 20-09-2018 » Candidato do PT | Haddad quer manter regime de atuação do Banco Central 20-09-2018 » Datafolha nos estados | Em São Paulo, Doria atinge 26%, contra 22% de Skaf 20-09-2018 » Entenda | Mau hálito pode ser sintoma de algumas doenças 20-09-2018 » Cabelo crespo | 5 dicas básicas para manter os cachos impecáveis 20-09-2018 » Minha história | 'Minha filha foi morta e passei 17 dias negociando resgate' 20-09-2018 » Criado só por mãe | Ele trabalha desde os 11 anos e hoje fatura R$ 1,2 mi 20-09-2018 » STJ pode julgar nesta 5ª | Gradiente x Apple: a insólita luta pela marca 'iphone' no país 20-09-2018 » Já tomou hoje? | Café: confira 17 benefícios da bebida para a sua saúde 20-09-2018 » Polêmica na Libertadores | Cruzeiro quer que haja investigação: 'uma das decisões mais lesivas' 20-09-2018 » Mais da corrida presidencial | Em nova fase, Alckmin lembrará elogios de Bolsonaro a Chávez 20-09-2018 » Pesquisa Datafolha | Bolsonaro lidera com 28%; e Haddad tem empate técnico com Ciro 20-09-2018 » "Bairro familiar" | Moradores de bairro em SP ameaçam expor clientes de prostitutas 20-09-2018 » O problema é o preço | Bikes, skates e segways se mostram como solução para as cidades
Publicidade
12 de setembro de 2018

Marina cai três pontos e busca ampliar eleitorado

Foto Rede Acontece

A queda de três pontos porcentuais na pesquisa do Ibope divulgada nesta terça-feira, 11, faz a campanha de Marina Silva (Rede) nas eleições 2018 ampliar a busca de votos para além do eleitorado lulista. A presidenciável é a única, dentre os cinco principais candidatos, que caiu acima da margem de erro na pesquisa. Ex-ministra do Meio Ambiente, Marina era uma das principais herdeiras dos votos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso e condenado na Lava Jato. Mais notadamente nas últimas semanas, seu discurso priorizou e liderou entre os eleitores pretos/pardos, mulheres, de baixa renda e baixa escolaridade e do Nordeste. Com Fernando Haddad como cabeça de chapa do PT, Marina agora desidrata no seu principal eleitorado. O crescimento de Ciro Gomes (PDT), tido como outro herdeiro do lulismo, também contribuiu para este quadro. O cenário fez com que a campanha avaliasse reforçar o discurso da luta contra a corrupção. Nesta terça-feira, a presidenciável participou da sabatina dos jornais O Globo e Valor Econômico e da revista Época, em que fez seu mais contundente ataque a Lula. Questionada se considera o petista corrupto, Marina disse: “Ele está sendo punido por graves crimes de corrupção. Sim (considero)”. A campanha da Rede vê neste redesenho da centro-esquerda entre Ciro e Haddad uma possível saída. O Estado apurou que a expectativa é de que eles fiquem se “digladiando” e Marina possa crescer ilesa. Em 2014, ela chegou a empatar com Dilma Rousseff (PT) na liderança, mas depois de ataques da campanha petista, ficou em terceiro. Um dos principais conselheiros da campanha do PSL, de Jair Bolsonaro, o general da reserva Augusto Heleno afirmou que a pesquisa “se aproxima mais da realidade”. Em nota, a equipe de Ciro disse que “uma pesquisa retrata um momento, mas uma eleição é um filme”


VOLTAR