Marina cai três pontos e busca ampliar eleitorado » Rede Acontece
Últimas
16-02-2019 » Crise no governo | Após reunião, Bolsonaro avisa Bebianno que ele está fora do governo 16-02-2019 » Tragédia em Minas Gerais | Qual é a responsabilidade dos 8 presos da Vale por Brumadinho, segundo juiz 16-02-2019 » Roberto Sadovski | Por que os heróis de The Umbrella Academy precisam de terapia 16-02-2019 » Foto com Bolsonaro viralizou | Análise: Masturbação em obra de Di Cavalcanti no Alvorada é fantasiosa 16-02-2019 » Autoridades temem reação | PCC aguarda ordem para agir, diz promotor que transferiu cúpula 16-02-2019 » Veja datas dos confrontos | Corinthians, Santos e Flu jogam em casa na 2ª fase da Copa do Brasil 16-02-2019 » Tereza Cristina e Salles | Ministros visitaram plantio ilegal em área embargada pelo Ibama em MT 16-02-2019 » Acontece neste sábado em SP | 'Tem surpresa no meu set', promete Alok para apresentação no Festival CarnaUOL 16-02-2019 » Pedido de habeas coletivo | 2ª Turma do STF nega recurso para libertar preso em 2ª instância 15-02-2019 » Escreveu ao Senado | Futuro chefe do BC priorizará banco digital, mas não fala de juros 15-02-2019 » Na Câmara do RJ | Carlos Bolsonaro apoia medalha a Mourão após crítica a 'discussão' 15-02-2019 » Após acidente aéreo | Laudo do IML: Boechat morreu em decorrência de politraumatismo 15-02-2019 » Começará em Jujuy | Argentina adota modelo uruguaio para produção de maconha medicinal 15-02-2019 » Será no Fantástico | Dueto com Anitta marcará aposentadoria de João Carlos Martins 15-02-2019 » Valor não foi revelado | Cirurgia de Bolsonaro exigirá pagamento inédito por hospital militar 15-02-2019 » R$ 250 mil em firma de eventos | Presidente do PSL, Bivar contratou empresa de filho com fundo eleitoral 15-02-2019 » Leonardo Sakamoto | Opinião: Brasil é segurança de mercado que sufoca e mata jovens negros 15-02-2019 » Tragédia em Brumadinho (MG) | MP: Emails da Vale indicam laudo de estabilidade de barragem manipulado
Publicidade
12 de setembro de 2018

Marina cai três pontos e busca ampliar eleitorado

Foto Rede Acontece

A queda de três pontos porcentuais na pesquisa do Ibope divulgada nesta terça-feira, 11, faz a campanha de Marina Silva (Rede) nas eleições 2018 ampliar a busca de votos para além do eleitorado lulista. A presidenciável é a única, dentre os cinco principais candidatos, que caiu acima da margem de erro na pesquisa. Ex-ministra do Meio Ambiente, Marina era uma das principais herdeiras dos votos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso e condenado na Lava Jato. Mais notadamente nas últimas semanas, seu discurso priorizou e liderou entre os eleitores pretos/pardos, mulheres, de baixa renda e baixa escolaridade e do Nordeste. Com Fernando Haddad como cabeça de chapa do PT, Marina agora desidrata no seu principal eleitorado. O crescimento de Ciro Gomes (PDT), tido como outro herdeiro do lulismo, também contribuiu para este quadro. O cenário fez com que a campanha avaliasse reforçar o discurso da luta contra a corrupção. Nesta terça-feira, a presidenciável participou da sabatina dos jornais O Globo e Valor Econômico e da revista Época, em que fez seu mais contundente ataque a Lula. Questionada se considera o petista corrupto, Marina disse: “Ele está sendo punido por graves crimes de corrupção. Sim (considero)”. A campanha da Rede vê neste redesenho da centro-esquerda entre Ciro e Haddad uma possível saída. O Estado apurou que a expectativa é de que eles fiquem se “digladiando” e Marina possa crescer ilesa. Em 2014, ela chegou a empatar com Dilma Rousseff (PT) na liderança, mas depois de ataques da campanha petista, ficou em terceiro. Um dos principais conselheiros da campanha do PSL, de Jair Bolsonaro, o general da reserva Augusto Heleno afirmou que a pesquisa “se aproxima mais da realidade”. Em nota, a equipe de Ciro disse que “uma pesquisa retrata um momento, mas uma eleição é um filme”


VOLTAR