Mercadante anuncia 250 mil novas vagas no Fies » Rede Acontece
Últimas
22-06-2018 » Argentina 0 x 3 Croácia | 'Que ele diga o que quiser', diz Agüero sobre Sampaoli 22-06-2018 » Rivais do Brasil | Kosovo não está na Copa, mas pode afetar duelo Suíça x Sérvia 22-06-2018 » Perfil de capitão | 'Líder não chora', dizem especialistas sobre o capitão Thiago Silva 22-06-2018 » A Rússia É Logo Ali | Quem substitui Neymar em caso de contusão? Comentaristas opinam 22-06-2018 » Pode torcer? | Stycer: Na véspera de jogo, até superstição vira notícia no JN 22-06-2018 » Diz aí, mestre | Uma finta na idade: Zizinho, Ademir da Guia, e a hora de parar 22-06-2018 » Confusão generalizada em restaurante | Presidente da CBF se envolve em briga, e assessor agride torcedor 22-06-2018 » Peru eliminado da Copa | Sonho ao pesadelo em 128 min: como 'conto de fadas' de Guerrero ruiu 22-06-2018 » Imponência chama atenção | Mais caro da Copa, palco de Brasil x Costa Rica tem luxo e puxadinhos 22-06-2018 » Torcedores brasileiros comemoram vexame da Argentina com memes; veja 22-06-2018 » Brasileiros criam "organizadas da seleção" e lançam onda de músicas da Copa 22-06-2018 » 'Jogo de compadres' pode eliminar Argentina e Austrália da Copa do Mundo 22-06-2018 » Cléber Machado se diverte durante transmissão e brinca com reações de Maradona 22-06-2018 » Bruna Marquezine e Rafaella, irmã de Neymar, vão juntas para a Rússia 22-06-2018 » 'Pingue-pongue' | Não teremos outra chance contra PT e PSDB, diz Bolsonaro 22-06-2018 » Empresa vai recorrer | Petrobras perde ação trabalhista de R$ 15 bi para funcionários 22-06-2018 » Assédio na Copa | 'Triste', brasileiro diz que russas não foram coagidas em vídeo 22-06-2018 » Ex-presidente investigado | Lula quis comprar sítio e foi recusado, diz pai do dono do imóvel 22-06-2018 » Brasil enfrenta Costa Rica nesta 6ª | Copa vira sinônimo de dor para Neymar e define astral da seleção 22-06-2018 » Mudança de imagem | Dinossauros não conseguiam colocar a língua para fora
Publicidade
lab laboratorio clinica master intersorft supermercado centrel centro medico sao gabriel grafica bandeirante
27 de janeiro de 2016

Mercadante anuncia 250 mil novas vagas no Fies

Imagem Reprodução

Imagem Reprodução

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, anunciou nesta terça-feira (26/1), que o governo está ofertando 250.279 vagas novas no seu programa de financiamento estudantil, o Fies, para o primeiro semestre de 2016. Mercadante participa de entrevista coletiva em Brasília que apresenta os dados do programa para este ano. As cerca de 250 mil vagas estão em linha com o número esperado pelo setor de ensino superior privado. Representantes do setor vêm informando que esperam que, ao longo de todo este ano, a oferta de novas vagas do Fies seja semelhante à do ano passado, quando 313 mil vagas foram oferecidas, sendo 252 mil no primeiro semestre e 61 mil no segundo semestre. Mercadante disse que o MEC espera manter o patamar de novas vagas do ano passado. “Dissemos que iríamos assegurar o mesmo padrão de 2015 e estamos assegurando”, declarou. Questionado sobre o orçamento do Fies para o ano, Mercadante afirmou que o orçamento para as 250 mil vagas ofertadas no primeiro semestre está “assegurado”. Ele não deu uma projeção para a oferta no segundo semestre, declarando que o orçamento será discutido. O ministro informou que, do total de novas vagas do semestre, 41% estão no Sudeste.Neste processo do primeiro semestre de 2016, o MEC deixou de privilegiar na distribuição de vagas as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, como ocorreu no segundo semestre de 2015. Em vez disso, foi adotado um critério que privilegia microrregiões de baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e leva em conta ainda a demanda por ensino superior em cada região. Com isso, as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste juntas atingiram 47% das vagas e os 12% estão na região Sul. Inadimplência: O ministro da Educação procurou diminuir as preocupações em torno do tema da inadimplência no Fies. Mercadante foi questionado sobre relatório da Controladoria-Geral da União (CGU) que concluiu que a inadimplência acima de 360 dias nos contratos em fase de amortização do programa atingiu 23,66% ao final de 2014. Mercadante afirmou que esse indicador reflete um modelo antigo do Fies e que o programa foi reformulado “porque a inadimplência era alta”. O ministro disse ainda que o governo espera fazer um trabalho de repactuação dessas dívidas do Fies em conjunto com as instituições financeiras “para estimular o pagamento dessas dívidas, porque isso interessa ao Estado”.


Tags:
VOLTAR