Moro ajustará projeto para corrigir brecha que poderia permitir punição a jornalistas » Rede Acontece
Últimas
16-02-2019 » Crise no governo | Após reunião, Bolsonaro avisa Bebianno que ele está fora do governo 16-02-2019 » Tragédia em Minas Gerais | Qual é a responsabilidade dos 8 presos da Vale por Brumadinho, segundo juiz 16-02-2019 » Roberto Sadovski | Por que os heróis de The Umbrella Academy precisam de terapia 16-02-2019 » Foto com Bolsonaro viralizou | Análise: Masturbação em obra de Di Cavalcanti no Alvorada é fantasiosa 16-02-2019 » Autoridades temem reação | PCC aguarda ordem para agir, diz promotor que transferiu cúpula 16-02-2019 » Veja datas dos confrontos | Corinthians, Santos e Flu jogam em casa na 2ª fase da Copa do Brasil 16-02-2019 » Tereza Cristina e Salles | Ministros visitaram plantio ilegal em área embargada pelo Ibama em MT 16-02-2019 » Acontece neste sábado em SP | 'Tem surpresa no meu set', promete Alok para apresentação no Festival CarnaUOL 16-02-2019 » Pedido de habeas coletivo | 2ª Turma do STF nega recurso para libertar preso em 2ª instância 15-02-2019 » Escreveu ao Senado | Futuro chefe do BC priorizará banco digital, mas não fala de juros 15-02-2019 » Na Câmara do RJ | Carlos Bolsonaro apoia medalha a Mourão após crítica a 'discussão' 15-02-2019 » Após acidente aéreo | Laudo do IML: Boechat morreu em decorrência de politraumatismo 15-02-2019 » Começará em Jujuy | Argentina adota modelo uruguaio para produção de maconha medicinal 15-02-2019 » Será no Fantástico | Dueto com Anitta marcará aposentadoria de João Carlos Martins 15-02-2019 » Valor não foi revelado | Cirurgia de Bolsonaro exigirá pagamento inédito por hospital militar 15-02-2019 » R$ 250 mil em firma de eventos | Presidente do PSL, Bivar contratou empresa de filho com fundo eleitoral 15-02-2019 » Leonardo Sakamoto | Opinião: Brasil é segurança de mercado que sufoca e mata jovens negros 15-02-2019 » Tragédia em Brumadinho (MG) | MP: Emails da Vale indicam laudo de estabilidade de barragem manipulado
Publicidade
9 de fevereiro de 2019

Moro ajustará projeto para corrigir brecha que poderia permitir punição a jornalistas

Imagem Reprodução

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, pretende fazer ajustes no pacote anticrime, divulgado na segunda-feira (4) (lembre aqui). As mudanças vão eliminar ambiguidades do texto e, com isso, evitar a criminalização de jornalistas que divulgarem conteúdo de conversas sigilosas obtidas em inquéritos criminais.Segundo Moro, a ideia é reescrever a proposta no artigo 21 B a ser introduzido na lei 12.850. O texto classifica como crime e fixa pena de até quatro anos de prisão para quem “revelar” conteúdo de gravações de escutas ambientais sem autorização judicial. “Quebra de sigilo é funcional. Vai ser deixado mais claro no texto do projeto a ser encaminhado ao Congresso. O crime do paragrafo dois é restrita ao funcionário público. Isso será ajustado”, explicou o ministro Sergio Moro. O artigo define como crime a “captação ambiental de sinais eletromagnéticos, ópticos ou acústicos sem autorização judicial”. A punição para esta infração previa dois a quatro anos de reclusão e multa. O parágrafo segundo diz que “incorre na mesma pena quem descumprir determinação de sigilo das investigações que envolvam a captação ambiental ou quem revelar o conteúdo das gravações”. A expressão “quem descumprir” deixaria aberta a possibilidade de punição de jornalistas e não apenas de servidores públicos.


VOLTAR