‘Não faço política olhando o retrovisor’, diz Neto sobre críticas de Ciro ao DEM » Rede Acontece
Últimas
21-09-2018 » Maior doador é da Cosan | Empresas de 4 dos 5 maiores doadores eleitorais devem R$ 17 milhões à União 21-09-2018 » Presidenciável pela Rede | Marina destacará força da mulher para reconquistar eleitoras 21-09-2018 » Debate na TV Aparecida | Haddad exalta Lula e vira alvo de Alckmin, Ciro, Dias e Meirelles 21-09-2018 » Palmeiras vence Colo-Colo | Após mês de treinos fechados, Felipão muda jogo 21-09-2018 » Candidato pelo PSL | Bolsonaro diz nunca ter cogitado volta da CPMF: "Votei pela revogação" 21-09-2018 » Não é mais só trabalho | Neta e saúde deixaram Muricy mais light. Até os amigos estranham 21-09-2018 » Bastidores do Mundial | Nike proibiu Neymar de rasgar meião durante a Copa do Mundo 21-09-2018 » Festival de música | Por que você não vai ver nomes do feminejo no VillaMix em SP 21-09-2018 » Sem data para o Brasil | EUA já vendem novos iPhones; como comprar sem ser taxado? 21-09-2018 » Nova série da Netflix | Com Emma Stone e Jonah Hill, Maniac retrata solidão moderna 21-09-2018 » De TPM ao clima | 6 fatores do dia a dia que podem levar a crises de asma 21-09-2018 » Veganos adoram | Ágar-ágar ajuda a emagrecer? Saiba mais deste alimento 21-09-2018 » #ficaadica | Aprenda a adicionar paradas no caminho no Google Maps 21-09-2018 » Juntos há 4 anos | "Somos apaixonados, mas não transamos há 3 anos", relata casal 21-09-2018 » Números de 2018 | Voos internacionais crescem 14% no Brasil; EUA lideram 21-09-2018 » A melhor avaliada de todos | Ela é motorista nº 1 da Uber no Rio: 'Tapa na cara dos machistas' 21-09-2018 » Violência no Rio de Janeiro | Morte por policial em área de UPP já se iguala a taxa de homicídio comum 21-09-2018 » Até 28 de setembro | Você pode ter dinheiro no fundo PIS/Pasep; resta uma semana para sacar 21-09-2018 » Papo sobre amor, violência e Anitta | "Ser sexy foi carma e uma opção minha", diz Rita Cadillac 21-09-2018 » Quarto confronto entre presidenciáveis | Ingratidão, inveja, caos e Posto Ipiranga; veja frases do debate
Publicidade
21 de junho de 2018

‘Não faço política olhando o retrovisor’, diz Neto sobre críticas de Ciro ao DEM

Foto Rede Acontece

O prefeito de Salvador, ACM Neto, presidente do Democratas, avaliou, em conversa com a imprensa na tarde desta quarta-feira (20), a reunião que teve com o pré-candidato ao Planalto Ciro Gomes (PDT), em um jantar reservado em Brasília, na noite de segunda-feira (19), acompanhado do deputado Rodrigo Maia, presidente da Câmara Federal. A declaração foi dada durante inauguração do Abrigo Dom Pedro II.

Neto minimizou as declarações do presidenciável de que a prioridade era fechar alianças com PSB e PCdoB para garantir uma “hegemonia moral e intelectual. Ciro também chamou o vereador do DEM Fernando Holiday, de São Paulo, de “capitãozinho do mato”. “Primeiro, não ouvi isso da boca dele e o que ouvi ontem foi outra colocação de parte do pré-candidato Ciro Gomes”, disse o prefeito.

O democrata afirmou ainda que as críticas de Ciro feitas ao Democratas ficaram no passado. “Eu não tenho porque olhar para o passado e, em função dele, condenar a pessoa. A pessoa pode evoluir, amadurecer, aperfeiçoar as suas ideias e pensamentos. Não faço política olhando o retrovisor, faço política olhando para o futuro”, disse.

Neto afirmou que uma possível aproximação com Ciro deve ser, como qualquer aliança, fruto de “confluência programática”. “Não considero a plataforma dele [Ciro] incompatível com a do Democratas. É bom dizer que foi uma primeira conversa que nós tivemos. Uma conversa de aproximação, de troca de opiniões a respeito do cenário político. Não se vai nesse momento descartar nenhuma hipótese. O Democratas está aberto a conversar com todo mundo, exceto com o PT, porque não faria nenhum sentido”, afirmou.

Ele afirma que, assim como conversou com Ciro, também o fez com o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB), na manhã desta quarta-feira, e com Álvaro Dias (Pode). Todas as conversas acontecem junto com Rodrigo Maia, pré-candidato democrata à Presidência.

“Eu gosto das três refeições do dia: café, almoço e jantar (risos). São conversas distintas e não devem ser comparadas. Óbvio que todas as conversas giram em torno da eleição. Cada um tem o seu estilo, a sua forma de ver o presente e o futuro do país. Caberá ao Democratas e a outros partidos que tem dialogado conosco tomar essa decisão. Não é nem de ACM Neto. Estou procurando agir como magistrado no partido, que tem hoje várias correntes internas. O único caminho unânime é o da candidatura de Rodrigo Maia”, considerou.


VOLTAR