‘Não faço política olhando o retrovisor’, diz Neto sobre críticas de Ciro ao DEM » Rede Acontece
Últimas
19-04-2019 » Articulação no Congresso | Governo deve ter de 37 a 48 votos para aprovar Previdência na CCJ 19-04-2019 » Pagamentos por cartões | Cade investiga Itaú e Rede por nova política de taxas em máquinas de cartão 19-04-2019 » Censura no STF | Em decisão, Moraes cita argumentos de Mello sobre 'limitações' à liberdade 19-04-2019 » Pressionada pela Lava Jato | CCR decide pagar R$ 71 mi para demitir executivos e transformá-los em delatores 19-04-2019 » Criada há mais de uma década | A ascensão da Okaida, facção criminosa com 6.000 'soldados' na PB 19-04-2019 » Incêndio no monumento francês | Notre-Dame destruída: o antes e depois da famosa catedral 19-04-2019 » União de MCs faz a força | Gerações do rap nacional se trombam e viram "cypheiros" 19-04-2019 » Campeã do BBB 19 | Paula é indiciada pela Polícia Civil por intolerância religiosa 19-04-2019 » Relato de general | 'Sou comunista', disse Boechat ao saber de medalha no Exército 19-04-2019 » Quer ficar no Brasil | Médico cubano faz vaquinha para poder ir buscar seu diploma 19-04-2019 » Acidente em SP | Piloto morto era subestimado nas pistas por excesso de peso 19-04-2019 » Investimento pessoal | Por que você deve sair da poupança e ir para o Tesouro Direto 19-04-2019 » Presidente falou nas redes | Bolsonaro defende manter passaporte diplomático de Edir 19-04-2019 » Diesel e tabela do frete | Associações dizem que caminhoneiros estão 'insatisfeitos' e 'enfurecidos' 19-04-2019 » Direitos de transmissão | Globo aceita pagar R$ 100 mi em luvas, mas Palmeiras quer mais 19-04-2019 » Chefe de arbitragem da CBF | Gaciba: Novas regras do futebol entrarão em vigor desde o início do Brasileirão 18-04-2019 » Mônica Bergamo | Supremo autoriza entrevistas com ex-presidente Lula na prisão
Publicidade
INTERSORFT 100 MEGA
corretora de seguros
21 de junho de 2018

‘Não faço política olhando o retrovisor’, diz Neto sobre críticas de Ciro ao DEM

Foto Rede Acontece

O prefeito de Salvador, ACM Neto, presidente do Democratas, avaliou, em conversa com a imprensa na tarde desta quarta-feira (20), a reunião que teve com o pré-candidato ao Planalto Ciro Gomes (PDT), em um jantar reservado em Brasília, na noite de segunda-feira (19), acompanhado do deputado Rodrigo Maia, presidente da Câmara Federal. A declaração foi dada durante inauguração do Abrigo Dom Pedro II.

Neto minimizou as declarações do presidenciável de que a prioridade era fechar alianças com PSB e PCdoB para garantir uma “hegemonia moral e intelectual. Ciro também chamou o vereador do DEM Fernando Holiday, de São Paulo, de “capitãozinho do mato”. “Primeiro, não ouvi isso da boca dele e o que ouvi ontem foi outra colocação de parte do pré-candidato Ciro Gomes”, disse o prefeito.

O democrata afirmou ainda que as críticas de Ciro feitas ao Democratas ficaram no passado. “Eu não tenho porque olhar para o passado e, em função dele, condenar a pessoa. A pessoa pode evoluir, amadurecer, aperfeiçoar as suas ideias e pensamentos. Não faço política olhando o retrovisor, faço política olhando para o futuro”, disse.

Neto afirmou que uma possível aproximação com Ciro deve ser, como qualquer aliança, fruto de “confluência programática”. “Não considero a plataforma dele [Ciro] incompatível com a do Democratas. É bom dizer que foi uma primeira conversa que nós tivemos. Uma conversa de aproximação, de troca de opiniões a respeito do cenário político. Não se vai nesse momento descartar nenhuma hipótese. O Democratas está aberto a conversar com todo mundo, exceto com o PT, porque não faria nenhum sentido”, afirmou.

Ele afirma que, assim como conversou com Ciro, também o fez com o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB), na manhã desta quarta-feira, e com Álvaro Dias (Pode). Todas as conversas acontecem junto com Rodrigo Maia, pré-candidato democrata à Presidência.

“Eu gosto das três refeições do dia: café, almoço e jantar (risos). São conversas distintas e não devem ser comparadas. Óbvio que todas as conversas giram em torno da eleição. Cada um tem o seu estilo, a sua forma de ver o presente e o futuro do país. Caberá ao Democratas e a outros partidos que tem dialogado conosco tomar essa decisão. Não é nem de ACM Neto. Estou procurando agir como magistrado no partido, que tem hoje várias correntes internas. O único caminho unânime é o da candidatura de Rodrigo Maia”, considerou.


VOLTAR