‘Não se dedicam plenamente’, diz Rui sobre diretor de escola com mais de um emprego » Rede Acontece
Últimas
16-01-2019 » Se diz explorada | Rihanna abre processo contra o próprio pai, Ronald Fenty; entenda 16-01-2019 » Contas | Veja 7 dicas para economizar na compra de material escolar 16-01-2019 » Loterias | Mega acumula e pode pagar R$ 27 milhões na quinta; veja dezenas 16-01-2019 » Copa São Paulo | Figueirense elimina Palmeiras, que mantém jejum na competição 16-01-2019 » Fim de contrato | Acusado de assédio, José Mayer deixa a Globo após 35 anos 16-01-2019 » Medida é considerada ilegal | Sindicatos querem tirar reajuste salarial de quem não pagar contribuição 16-01-2019 » Italiano preso | Bolívia descarta atuação brasileira em captura de Battisti 16-01-2019 » Querem implantar no Brasil | Bancada do PSL vai à China importar sistema que reconhece rostos 16-01-2019 » Ministro da Justiça | Para Moro, críticas indicam que decreto de posse de arma foi "ponderado" 16-01-2019 » Presidência da Câmara | Esquerda não chega a acordo e pode liberar voto de deputados 16-01-2019 » Assinado por Bolsonaro | Decreto frustra defensores de acesso a armas; indústria aprova 16-01-2019 » 1ª visita de chefe de Estado | Macri vem ao Brasil e discute com Bolsonaro Mercosul e Venezuela 16-01-2019 » Antes de tomar posse | Bolsonaro recebeu R$ 33,7 mil de auxílio-mudança da Câmara 16-01-2019 » Combustível feito em um único local | Parada em refinaria da Petrobras deixa aviões agrícolas sem gasolina 16-01-2019 » 'Frankenstein' de 2018 | Misturamos modelos de celulares para criar o 'aparelho dos sonhos' 16-01-2019 » Interpretação de mapa astral | Para de ser doida! Sense Márcia analisa a vida da youtuber Evelyn Regly
Publicidade
11 de janeiro de 2019

‘Não se dedicam plenamente’, diz Rui sobre diretor de escola com mais de um emprego

Foto Rede Acontece

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB) realiza um protesto na Governadoria, no Centro Administrativo, em Salvador, na sexta-feira (11). A manifestação acontece por causa da Lei n° 14032 de 18 de dezembro de 2018, que determina Dedicação Exclusiva para Diretores e Vice-diretores dos colégios da rede estadual. De acordo com o presidente da APLB, Rui Oliveira, é possível que aconteça um pedido de exoneração coletiva (de diretores e vice-diretores de escola). “Se isso acontecer, o processo de matrícula e o início do ano letivo vai ser comprometido”, disse representante da categoria. Ao saber do ato, na manhã desta quinta-feira (10), o governador Rui Costa disse que está “surpreso com a postura” do sindicato. “É assim que a APLB quer melhorar a educação? Tem que perguntar para o povo se isso é correto. Me desculpe, mas eu prefiro agradecer aos mil professores que se dedicam ser diretores da escola. Agora, aqueles que estão no cargo e não se dedicam plenamente, porque têm outra atividade profissional, continuam como professores do estado, mas vão ter que ceder lugar a quem queira se apaixonar pelo que faz”, afirmou o petista. O governador ainda declarou que aumentou a gratificação dos diretores e vices para que eles se dediquem integralmente as escolas. “Não dá para ter um diretor que passe de vez em quando na escola. O que é isso? Não vamos melhorar a educação cada um defendendo seu privilégio”, concluiu Rui Costa.


VOLTAR