Nenhum governo cala a boca do PT, diz Wagner » Rede Acontece
Últimas
17-06-2018 » Coração meio a meio | Famílias se dividem entre Brasil e Suíça em cidade do jogo de estreia 17-06-2018 » Mascote bravo? Nada! Paz e amor | Canarinho Pistola tira foto com torcedor da Suíça antes do jogo do Brasil 17-06-2018 » Sorte? Talvez! | Sem ingresso, argentino viaja 23 dias para a Copa e ganha camisa de Messi 17-06-2018 » Busto de CR7 é trocado mais uma vez em aeroporto. E ninguém sabe o motivo 17-06-2018 » Goleiro belga compara técnico da Costa Rica com Wagner Moura em Narcos 17-06-2018 » Parlamentar canadense descobre que é parente de 22 jogadores da seleção islandesa 17-06-2018 » Fernanda Gentil faz discurso motivacional antes de jogo do Brasil e viraliza na web 17-06-2018 » Só craques? Não! | Sete jogadores da Copa que atuam em times de 2ª divisão 17-06-2018 » Qatar-2022 | Assista à próxima Copa ao vivo guardando menos de R$ 230/mês 17-06-2018 » Pode vir, espião | Técnico da Coreia troca número de jogadores para confundir Suécia 17-06-2018 » Livro discute questão | Alex? Dener? Qual o maior craque que nunca jogou Copa? 17-06-2018 » Atropelamento em Moscou | Motorista que feriu pedestres diz que passou 20 horas dirigindo 17-06-2018 » Grupo do Brasil | Sérvia supera Costa Rica do goleiro Navas com gol de falta 17-06-2018 » "Nem precisa voltar" | Maradona ataca Sampaoli e sai em defesa de Messi 17-06-2018 » Acompanhe agora os lances de Alemanha x México 17-06-2018 » Hoje às 15h | Brasil estreia em estádio de R$ 1 bi cercado por barracos, ratos e ruínas 17-06-2018 » Mensagem à torcida | "Não tenho medo nenhum de sonhar grande", afirma Neymar 17-06-2018 » "Estamos focados" | Brasil não deve ter facilidades, afirma goleiro da Suíça 17-06-2018 » Chegou a hora | Tite teve autonomia e estrutura inédita para formar seleção 17-06-2018 » Mujique | Uma palavra russa que está no dicionário brasileiro e não é vodca
Publicidade
lab laboratorio intersorft grafica bandeirante supermercado centrel centro medico sao gabriel clinica master
27 de fevereiro de 2016

Nenhum governo cala a boca do PT, diz Wagner

Foto: Urandi Acontece

Foto: Urandi Acontece

O ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, disse nesta sexta-feira, 26, que o governo vai trabalhar para derrubar na Câmara dos Deputados o projeto do senador José Serra (PSDB-SP), aprovado no Senado, que desobriga a Petrobras de ser operadora única e ter participação mínima de 30% na exploração da camada do pré-sal. “Quem está apostando em racha entre o PT e o governo pode tirar o cavalinho da chuva”, disse Wagner, após participar da reunião do Diretório Nacional do partido. “A riqueza do PT está na sua diversidade. Nós sempre fomos assim. Nenhum governo cala a boca do PT.” PUB Questionado se sua presença no encontro tinha o objetivo de apagar o incêndio na relação entre o partido e o Palácio do Planalto, o ministro afirmou que os petistas têm o direito de divergir. “Eu não vim de bombeiro, até porque ninguém ‘bombeira’. Mas quem gosta de ver o circo pegando o fogo não vai ver isso”, afirmou ele. A portas fechadas, Wagner disse aos dirigentes do PT que o projeto aprovado no Senado foi um “mal menor” porque a proposta de Serra era “um liberou geral”, mas ouviu queixas dos companheiros de partido, para quem o governo capitulou. “Eu disse para eles: ‘Gente, pelo amor de Deus. O que for erro nosso, vamos lá… Mas o governo não mudou nada. Quem puxou para derrotar a urgência do projeto do Serra? Quem segurou um ano esse projeto? Na medida que a gente perdeu a urgência, que a votação ia acontecer, nós fomos para o menos ruim”, destacou ele. Para Wagner, “tem gente se apavorando fora de hora” e fazendo um “cavalo de batalha” sem necessidade. “Quem libera bloco para ser leiloado? O governo.Pelo que está lá, vai primeiro para a Petrobras e depois para o Conselho Nacional de Política Energética (CNPE).” Desde quarta-feira, quando Wagner e o ministro da Secretaria de Governo, Ricardo Berzoini, negociaram com o relator do projeto, Romero Jucá (PMDB-RR), um texto alternativo, a insatisfação do PT com o governo atingiu o ápice. Na avaliação de dirigentes do partido, o governo não poderia sequer ter feito acordo, abrindo mão da primazia da Petrobras na exploração do pré-sal. “Saudei muito a posição do PT de fazer uma campanha em defesa da Petrobras. Nós sempre defendemos isso. Quem defendeu a partilha e o operador único fomos nós, no nosso governo”, comentou Wagner. Com um discurso conciliador, o ministro negou que a provável ausência de Dilma na festa de 36 anos do PT, neste sábado, seja por ela estar em rota de colisão com o partido, lembrando de sua viagem internacional ao Chile. “Se ela decidir que não dá para chegar, deve mandar uma nota. O pessoal do PT e ela, todos os dois têm muito juízo”, disse Wagner. Com informações do Estadao Conteudo.


VOLTAR