Celulares roubados serão bloqueados pela Polícia na Bahia » Rede Acontece
Últimas
20-06-2018 » Receitas turbinadas | Salada não combina com frio? Veja 5 pratos para comer no inverno 20-06-2018 » MasterChef | Eliminado, Vinícius lamenta: 'Concorrentes eram muito fortes' 20-06-2018 » Código paralelo | Espancamento, banho, fezes: os castigos a policiais de elite no país 20-06-2018 » Julgamento no Supremo | STF absolve Gleisi Hoffmann de acusação de propina na Lava Jato 20-06-2018 » Dele Alli sente dores e vira dúvida para jogo da Inglaterra contra o Panamá 20-06-2018 » Blog #Hashtag: Finalmente temos um canto decente da torcida brasileira em Copa 20-06-2018 » Vitórias de Japão, Senegal e Rússia: assista aos gols dos jogos de terça-feira na Copa 20-06-2018 » Arnaldo diz que Rússia-2018 pode ser sua última Copa do Mundo: 'Pensando seriamente' 20-06-2018 » Robbie Williams explica por que mostrou o dedo do meio na abertura da Copa do Mundo 20-06-2018 » Jogos desta quarta-feira | Só CR7? Talento de coadjuvantes pode ajudar a levar Portugal mais longe 20-06-2018 » Ofendeu mulheres na Rússia | Brasileiro de vídeo machista reclama de reação e se desculpa com ofendidas 20-06-2018 » Após repercussão negativa | Deputados agora coletam assinaturas para barrar CPI da Lava Jato 20-06-2018 » Acordo entre gigantes | Volks e Ford terão parceria global para desenvolver novos veículos comerciais 20-06-2018 » Craque não vive melhor fase | Neymar repete o 'modo fominha' do PSG e foge de filosofia de Tite 20-06-2018 » Seleções africanas na Rússia | Inspirada em 2002, Senegal salva a África na 1ª rodada e une o continente 20-06-2018 » Copy from China | Saiba quais são as marcas chinesas que aparecem na Copa 20-06-2018 » No Mundial de 1990 | Antes de Salah, último gol egípcio em Copas virou 'lenda'; conheça 20-06-2018 » Tietagem na Rússia | Brasileiros pagam até R$ 4 mil por dia para ficar em hotel do Brasil 20-06-2018 » Atacante uruguaio | Cavani caça javalis, e isso diz mais sobre ele do que as polêmicas 20-06-2018 » Fogo amigo | Terça tem 2 gols contra, e Copa flerta com recorde de bolas na própria meta
Publicidade
intersorft centro medico sao gabriel clinica master lab laboratorio grafica bandeirante supermercado centrel
19 de dezembro de 2015

Celulares roubados serão bloqueados pela Polícia na Bahia

Imagem Divulgação

Imagem Divulgação

A Polícia Civil da Bahia é a primeira a utilizar no país o Cadastro de Estações Móveis Impedidas (CEMI), sistema da Associação Brasileira de Recursos em Telecomunicações (ABR-Telecom) para o bloqueio de aparelhos celulares, em caso de furtos e roubos. Um Núcleo de Estações Móveis Impedidas (NEMI) para o bloqueio de celulares começou a funcionar, nesta sexta-feira (18), na sede do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP), na Piedade. O núcleo contará com uma equipe treinada na ABR-Telecom, no Rio de Janeiro, para utilizar o CEMI. Na primeira fase, serão bloqueados apenas aparelhos sem vinculação com linhas telefônicas, que ainda não foram habilitados, oriundos de roubos de cargas ou assaltos em lojas de varejo. As ocorrências serão registradas em qualquer delegacia da Bahia e em seguida encaminhadas ao NEMI, que efetuará o bloqueio dos aparelhos. De acordo com o diretor do DCCP, delegado Moisés Damasceno, um estudo realizado pela polícia, a partir da observação dos números de registros de ocorrências envolvendo passageiros de ônibus, clientes em restaurantes e assaltos a grandes varejistas, permitiu perceber que o celular é utilizado como principal moeda de troca e motivador da maioria dos crimes patrimoniais.“Esse dado levou a Segurança Pública a pensar estratégias para bloquear o aparelho e torná-lo inutilizável para o possível receptador”, explicou Damasceno. A Polícia Civil de São Paulo iniciou as ações nesse sentido, solicitando o bloqueio às operadoras, mas encontrou dificuldades na operacionalização. Inicialmente, as operadoras exigiam o número de IMEI do aparelho, uma sequência com 15 números, registrada no próprio aparelho ou na embalagem, raramente guardada pela vítima. Além disso, as operadoras de telefonia não aceitavam bloquear aparelhos que não estivessem vinculados a uma linha, como os celulares roubados em lojas e oriundos de roubos de cargas. Um grupo de trabalho, integrado pela Anatel, polícias civis de vários estados, operadoras de telefonia, Polícia Federal e ABR-Telecom passou a discutir o acesso das polícias judiciárias diretamente ao CEMI, para cadastrar os bloqueios. Além da Bahia, São Paulo, Espírito Santo e Mato Grosso também devem passar a utilizar CEMI. Conforme nota da Ascom – Polícia Civil.


VOLTAR