Número de ateus nos EUA se iguala pela 1ª vez ao de católicos e evangélicos » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 26-06-2019 » Jogador paraguaio | Postagem de Romero gera mal-estar no Corinthians 26-06-2019 » Boa temporada | Jessica Jones se despede da Netflix com vilão instigante 26-06-2019 » Mauricio Stycer | Globo 'esquece' Naves na geladeira e nem o convida para se explicar 26-06-2019 » 'Vou te caçar' | PM é alvo de ameaça após pedir namorado em casamento em SP 26-06-2019 » Em teatro de Paris | Chico e mais artistas leem cartas mandadas a Lula na prisão 26-06-2019 » Música vivia na cidade | Mulher americana é encontrada morta em Paraty (RJ) 26-06-2019 » Reforma da Previdência | Congresso e governo se aliam para domar PSL e barrar alterações-bomba 26-06-2019 » Por 35 votos a 13 | Em vídeo, Crivella agradece absolvição antes de impeachment ser votado 26-06-2019 » Presidente do Senado | Davi devolve MP de Bolsonaro e anuncia CPI para apurar fake news nas eleições 26-06-2019 » Já havia criticado proposta | Bolsonaro veta lista tríplice para dirigentes de agências reguladoras 26-06-2019 » STF julga pedidos de HC | STF mantém Lula preso e adia julgamento sobre parcialidade de Moro 26-06-2019 » Audiência pública na Câmara | 'Moro e Deltan sabem que o material é autêntico', diz Glenn sobre mensagens 26-06-2019 » Em tramitação no Congresso | Bolsonaro contradiz porta-voz, revoga decreto de armas e edita nova versão 26-06-2019 » Avanço da medicina | Câncer é a segunda doença que mais mata; como tratar o problema? 26-06-2019 » Confira o ranking | Estudo mostra as marcas preferidas dos brasileiros de todas as classes 26-06-2019 » Especialistas sugerem mudanças | Como a inteligência artificial ajuda a combater mudanças climáticas 25-06-2019 » Pastor morto no RJ | 'Se for provado que foram meus filhos, eu quero saber o porquê', diz deputada Flordelis 25-06-2019 » Tragédia deixou 246 mortos | Polícias investigam se explosão contribuiu para rompimento de barragem em MG 25-06-2019 » M. Cantuaria | O abacaxi de bandeja: amo a fruta, odeio casca 25-06-2019 » Débora Miranda | Não há eliminação que pare evolução do futebol feminino
Publicidade
15 de abril de 2019

Número de ateus nos EUA se iguala pela 1ª vez ao de católicos e evangélicos

Foto Rede Acontece

Pesquisa feita pelo professor e cientista político Ryan Burge, da Eastern Illinois University, mostra 1 embate estatístico entre católicos, evangélicos e ateus nos Estados Unidos. Segundo a pesquisa General Social Service, o número de indivíduos sem religião (23,1%) encostou no de evangélicos (22,8%) e de católicos (23%). Mais de 2.000 pessoas foram entrevistadas pessoalmente para a realização do levantamento. Segundo Burge, a diferença entre evangélicos, católicos e sem religião configura 1 empate estatístico –está dentro da margem de erro da pesquisa. Os religious none, como são chamados os que não possuem religião, são 1 grupo que somam ateus, agnósticos, espirituais e os que não possuem designação para sua crença. Existe 1 ponto em comum entre eles: rejeitam a “religião organizada”. Em entrevista à rede CNN, Burge afirmou que o resultado da pesquisa foi inesperado. “É a 1ª vez que vemos isso. As mesmas perguntas tem sido feitas há 44 anos”. Segundo o pesquisador, os “sem religião” começaram a crescer no início dos anos 90 e, desde 1991, aumentaram em 266%. O cientista político diz também que a proporção de católicos caiu 3 pontos percentuais nos últimos 4 anos. O cientista político também abordou o crescimento das religiões em nível educacional. O que Burge afirma é que faltam evidências que conectem o nível de instrução das pessoas (possuem ensino completo ou pós-graduação, por exemplo) com a assiduidade em atividades religiosas. O pesquisador também mostra que pessoas com pós-graduação são justamente os menos propensos a declarar que não possuem religião em comparação aos menos instruídos. Em artigo para o site Religion in Public, Burge aborda a relação entre religião e voto. A descoberta foi que a maioria dos cristãos tendem a acreditar mais em ideais republicanos; os evangélicos, em particular, mostram maior inclinação pelo atual presidente dos EUA, Donald Trump. Por outro lado, os sem religião parecem estar do mesmo lado dos cristãos nesse quesito. De 2008 a 2018, mostram uma certa tendência aos ideais democratas, mas um pouco mais aos republicanos de 2010 a 2016. O pesquisador também diz que os mais assíduos em igrejas são os que mais tendem a votar em Donald Trump. Eis o gráfico.


VOLTAR