Operação Copa América 2019: Logística e tecnologia aliadas ao serviço operacional da PRF na Bahia » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 16-11-2019 » A Dona do Pedaço | Presa, Josiane participa de culto, e web fica dividida 16-11-2019 » Técnico do Grêmio | Renato confirma convite e elogia Bolsonaro: 'Vai mudar o Brasil' 16-11-2019 » Casal Bolsonaro | Marcas expõem dilema ético ao presentear Heloisa e Eduardo 16-11-2019 » Usou imagem de Temer | Embaixada russa 'esquece' de Bolsonaro em foto do Brics 16-11-2019 » Mais Popload | Tove Lo esbanja no festival com funk, hits millennials e peitinho 16-11-2019 » A 2 rodadas do fim | Bragantino empata com Criciúma em 1 a 1 e é campeão da Série B 16-11-2019 » Vilão do Batman | Coringa é o 1º filme 'para maiores' a bater US$ 1 bi de bilheteria 16-11-2019 » Acidente na Bahia | Vítima de queda de avião tinha empresa de relações públicas 16-11-2019 » Educação | Unesp rompe com divisão entre disciplinas em prova vista como inovadora 16-11-2019 » 185 por 100 mil habitantes | Homicídios entre jovens negros é quase três vezes maior do que brancos 16-11-2019 » Popload Festival | Patti Smith faz sarau roqueiro e encanta mesmo quando erra 16-11-2019 » Em US$ 649 mi | Uber é multada por dizer que motoristas não são funcionários 16-11-2019 » Catarina (CE) | Advogada é presa por suspeita de traficar 40 kg de cocaína 16-11-2019 » Júlia Rocha | Legalização do aborto: como aceitei o debate 16-11-2019 » Renato Terra | Jair Bolsonaro promulga o AI-Filhos 16-11-2019 » Raquel Rolnik | Parque Augusta, o projeto é só o começo 16-11-2019 » Flávio Ricco | Rede TV! tem tudo para ser a nova TV Manchete 16-11-2019 » Nelson Barbosa | Dpvat, desoneração e desumanidade 16-11-2019 » Antero Greco | Rivalidade é a essência do futebol 16-11-2019 » Josias de Souza | STF cogita brecar Coaf sem anular caso de Flávio
Publicidade
29 de junho de 2019

Operação Copa América 2019: Logística e tecnologia aliadas ao serviço operacional da PRF na Bahia

Foto : Reprodução

A Coordenação de Logística e o Núcleo de Tecnologia da Informação (NUTIC) têm o importante papel de garantir recursos materiais e tecnológicos para a eficaz atuação dos policiais na pista. Assim como no futebol, na Polícia Rodoviária Federal (PRF) também existe um time que, mesmo nos bastidores, é fundamental para o bom desempenho das equipes em campo. A Coordenação de Logística e o Núcleo de Tecnologia da Informação (NUTIC) fazem parte desse time, gerindo os recursos materiais e tecnológicos necessários para a eficaz atuação das equipes operacionais durante a Copa América na Bahia. Checar uma por uma das viaturas e motocicletas, garantir a manutenção e o abastecimento desses veículos, além de distribuir equipamentos como etilômetros, rádios comunicadores e impressoras. Essas são algumas das atribuições da Logística, um trabalho que exige muita responsabilidade dos cinco PRFs diretamente envolvidos na gestão dos recursos para o campeonato. É a organização dessa equipe, também, um dos fatores responsáveis pela segurança dos policias. “A motocicleta de um PRF batedor que tenha seus pneus desgastados pelo emprego durante as escoltas coloca em risco a segurança de toda equipe, aumentando as chances de incidentes”, exemplifica o Coordenador de Logística da Copa América na Bahia, PRF Murillo Bulhões, ao frisar a importância do olhar atento para as condições de uso dos recursos. “Nós queremos garantir as melhores condições de trabalho para o colega da ponta e por isso estamos sempre a disposição”, concluiu. Esse olhar atento, que durante a movimentação das equipes na Copa garante a manutenção e pleno funcionamento dos recursos, é o mesmo de antes e depois da operação. “Nosso trabalho teve início já no fim do mês passado, quando começamos a catalogar as viaturas que seriam empregadas, além de checar e manutenir aquelas que já estavam chegando de outras regionais”, conta o PRF Bulhões, que trouxe para a logística da Copa América na Bahia seu aprendizado durante a atuação nas Olimpíadas 2016. Ao fim da operação, o maior desafio dessa equipe que vem gerenciando cerca de 50 viaturas, 44 motocicletas e dezenas de equipamentos é garantir a empregabilidade de todo esse recurso. “Nosso cuidado é para que, encerrada a missão, essas viaturas e equipamentos voltem às suas unidades de origem em condições de oferecer continuidade ao serviço para a população”, ressalta o Coordenador. TECNOLOGIA – Outro time que joga nos bastidores, mas que interfere diretamente nos bons resultados alcançados pelas equipes em campo é pessoal do Núcleo de Tecnologia da Informação (NUTIC). Composta por três PRFs, a Coordenação de Tecnologia é responsável por manter ativos os sistemas da instituição e promover uma comunicação eficiente entre os agentes atuantes na Copa América na Bahia. “A comunicação é primordial no serviço policial. Se rápida e clara, possibilita mais eficiência no recebimento e distribuição de informações, o que facilita a escolha de estratégias e reduz o tempo resposta às ocorrências”, explica o PRF Key Antela, um dos responsáveis pela gerência da comunicação via rádio durante o campeonato, frisando também a possibilidade inclusive de troca de informações com outras forças policiais e serviços de

Para o Coordenador Substituto de Tecnologia, PRF Bruno Paiva, a Copa América trouxe para regional o avanço do uso de rádios digitais em substituição aos analógicos. “O uso da tecnologia digital é graças a um convênio firmado com a Secretaria de Segurança da Bahia. O campeonato tem servido como um teste para esse serviço que pode ser implementado definitivamente aqui pela PRF”, explica o policial. Utilizados pelas equipes de operações aéreas e pelos policiais da pista, os rádios digitais otimizam, por exemplo, o serviço de escolta das seleções. “As equipes trocam informações o tempo todo entre elas e com centro de controle, o que tem garantido percursos sem intercorrências”, pontuou Bruno Paiva. Além disso, o NUTIC contou com outra tecnologia no trabalho dos motociclistas. “Nós buscamos um aplicativo que possibilita monitorar em tempo real as escoltas. Com o sistema ativados em seus celulares, os batedores acabam interferindo diretamente na tomada de decisões das coordenações”, conclui.

É a PRF atuando em todas as áreas para garantir o sucesso da operação.


VOLTAR