País pode receber R$ 50 bi em investimentos em infraestrutura em 2020 » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 04-08-2020 » Após reabertura de templos | Covid-19 dá novo salto em igrejas e atinge bispos ligados ao padre Marcelo 04-08-2020 » Em março de 2019 | Justiça identifica donos de perfis que comemoraram a morte do neto de Lula 04-08-2020 » Prejuízo estimado de R$ 94 mi | PF apreende R$ 3,5 mi em casa de alvo de ação contra suposto desvio nos Correios 04-08-2020 » Após liminar de Fachin | STF forma maioria para manter proibições de ações policiais em favelas do Rio 04-08-2020 » Educação na pandemia | Municípios têm queda orçamentária e falta de dinheiro para volta às aulas 04-08-2020 » Mais um problema para lidar | 'Sim, engordei', diz Valesca. Famosas relatam pressão estética na quarentena 04-08-2020 » Sexo pós-covid | Pandemia antecipou o futuro do sexo, que vai ser ainda mais digital 04-08-2020 » Corinthians e Palmeiras | Oswaldo Brandão, o técnico que supera as rivalidades e se tornou ídolo em times de SP 04-08-2020 » Cura para a covid-19 | Sem supervisão de autoridades, grupo busca sua própria vacina nos EUA 04-08-2020 » Morreu asfixiada no Rio | Suspeito de matar cozinheira na casa dos patrões é preso no Rio de Janeiro 04-08-2020 » Saiu de moratória técnica | Em último dia de prazo, Argentina faz acordo com credores da dívida externa 04-08-2020 » Conexão VivaBem | Cris Guerra: 'Perdi mãe, pai, marido e aprendi que não controlamos a vida' 04-08-2020 » Engavetamento no PR matou 8 | Carreta envolvida em acidente viajava no limite de velocidade, diz empresa 04-08-2020 » Ecoa | Resistência do mangue na Maré simboliza a história da favela no Rio 04-08-2020 » TAB | Bateu tesão na quarentena? É hora de saciar novos desejos no digital 04-08-2020 » Folha de São Paulo | Mulher perde pai e tio com covid-19 em 3 dias no interior de SP 04-08-2020 » Carros | BMW M235i Gran Coupé: mais caro que Série 3, sedã de 306 cv empolga 04-08-2020 » Novo patrocínio | Jequiti conversa com SP para ter perfume de Pato, genro de Silvio 04-08-2020 » 'Errei feio' | Comentarista que fez ofensa racista contra Marinho é demitido 04-08-2020 » Veículos camuflados | Novo SUV de 7 lugares da Jeep e Compass turbo são flagrados
Publicidade
26 de setembro de 2019

País pode receber R$ 50 bi em investimentos em infraestrutura em 2020

Fernando Frazão/Agência Brasil

O Brasil poderá receber R$ 50 bilhões de investimentos, nacionais e estrangeiros, nas áreas de infraestrutura em 2020. A estimativa é do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, que participou, nesta quarta-feira (25), da inauguração da nova pista do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro. Ele esteve nos Estados Unidos nos últimos dias, quando realizou várias reuniões de negócios com investidores estrangeiros, principalmente americanos e canadenses. “A gente teve reuniões com 68 fundos, bancos de investimentos, fundos de pensão, fundos soberanos. Foram 21 reuniões. Se a gente somar o que só os fundos administram de ativos, dá mais de US$ 2 trilhões. Eles estão olhando para tudo: aeroportos, portos, rodovias, companhias brasileiras, Eletrobras. O apetite é enorme”, disse Freitas. Segundo o ministro, haverá um grande crescimento no volume total de investimentos no setor de infraestrutura, de forma geral, para o próximo ano. “Este ano a gente vai fechar com R$ 11 bilhões de investimento contratado só nos leilões que fizemos de arrendamento portuário, de rodovias, de ferrovias e aeroportos. Se a gente somar com os investimentos autorizados no setor portuário, chega a R$ 30 bilhões, em contratos assinados este ano. Acho que a gente pode chegar, seguramente, no ano que vem, nos R$ 50 bilhões contratados, para todos os segmentos, [com investidores] nacionais e internacionais”

Aeroportos

Freitas também abordou o programa de concessão dos aeroportos da Infraero, que deverão passar para o controle da iniciativa privada até 2022. O ministro explicou que existe um cronograma de concessões e que ele está sendo seguido à risca.

“O próximo passo é fazer o leilão, em outubro do ano que vem, de 22 aeroportos. São três blocos: o Norte 1, o Centro e o Sul. A partir do momento em que a gente faz o leilão, inicia a estruturação da sétima e última rodada, com mais 19 aeroportos, em três blocos, aí sim [incluindo] Congonhas e Santos Dumont. A previsão é final de 2021, início de 2022, não vai fugir muito disso. [Até 2022, terão sido concedidos] 41 da rede da Infraero, todos os aeroportos”, disse.

No próximo ano, o ministro disse que a pista de Congonhas passará por reformas. Ele destacou que a reforma do Santos Dumont foi concluída em tempo recorde. Em 28 dias, foi trocada a camada que recobre a pista principal, com um asfalto especial, poroso, que escoa praticamente de forma imediata a água da chuva, garantindo maior aderência nos pousos e decolagens, conferindo maior segurança nas operações. A pista foi entregue no sábado (21) para uso pelas companhias aéreas


VOLTAR