País pode receber R$ 50 bi em investimentos em infraestrutura em 2020 » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 29-05-2020 » Pandemia pelo Brasil | Pelo 3º dia seguido, Brasil tem mais de mil mortes por covid-19 em 24 horas 29-05-2020 » Investigações | Maioria do STF defende manutenção de inquérito de fake news 29-05-2020 » Pandemia pelo mundo | Número de novos casos de covid-19 na Itália sobe pelo 2º dia seguido 29-05-2020 » Texto vai ao Senado | Câmara aprova MP que suspende contratos e corta salário de trabalhadores 29-05-2020 » Benefício do governo | Auxílio: Caixa e Elo privilegiam empresas de maquininhas de grandes bancos 29-05-2020 » Ministro da Educação | Abraham Weintraub 'extrapolou' em falas durante reunião, diz Jair Bolsonaro 29-05-2020 » Crise entre poderes | Para líderes no Senado, Congresso deve agir antes que haja um golpe 29-05-2020 » Secretária de Cultura | Uma semana depois de anunciar saída, Regina Duarte segue no cargo 29-05-2020 » Vítima de ação policial | Crescem protestos nos EUA pela morte de homem negro 29-05-2020 » Quarentena na capital de SP | 'Tivemos autorização, e não ordem de reabrir', diz prefeito 29-05-2020 » Medicamento | Entidades pedem ao STF suspensão do protocolo da cloroquina contra covid-19 29-05-2020 » Coronavírus no Brasil | Senado aprova linha de crédito de até R$ 100 mil para médicos e veterinários 29-05-2020 » Governo | Bolsonaro diz que Aras é nome forte para eventual terceira vaga no STF 29-05-2020 » Aqui, não! | Zoom bota até inteligência artificial contra orgia 29-05-2020 » Flávio Ricco | Jornalista da CNN desmaia após reportagem no AM 29-05-2020 » 'Vontade de chorar' | F. Keulla pede dicas para Marcela após falha em sexo anal 29-05-2020 » 'De Férias com o Ex' | Reality tem sexo frenético, recaídas e massagem erótica 29-05-2020 » Na CNN | Comentarista explica saudação nazista e se desculpa 29-05-2020 » Mas não sabia letra | Top de Joelma arrebenta em live, e filha pega microfone 29-05-2020 » Arte do brasileiro Mauricio Lima | Fotógrafo registra Paris vazia na pandemia a partir de imagens clássicas de Eugêne Atget
Publicidade
26 de setembro de 2019

País pode receber R$ 50 bi em investimentos em infraestrutura em 2020

Fernando Frazão/Agência Brasil

O Brasil poderá receber R$ 50 bilhões de investimentos, nacionais e estrangeiros, nas áreas de infraestrutura em 2020. A estimativa é do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, que participou, nesta quarta-feira (25), da inauguração da nova pista do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro. Ele esteve nos Estados Unidos nos últimos dias, quando realizou várias reuniões de negócios com investidores estrangeiros, principalmente americanos e canadenses. “A gente teve reuniões com 68 fundos, bancos de investimentos, fundos de pensão, fundos soberanos. Foram 21 reuniões. Se a gente somar o que só os fundos administram de ativos, dá mais de US$ 2 trilhões. Eles estão olhando para tudo: aeroportos, portos, rodovias, companhias brasileiras, Eletrobras. O apetite é enorme”, disse Freitas. Segundo o ministro, haverá um grande crescimento no volume total de investimentos no setor de infraestrutura, de forma geral, para o próximo ano. “Este ano a gente vai fechar com R$ 11 bilhões de investimento contratado só nos leilões que fizemos de arrendamento portuário, de rodovias, de ferrovias e aeroportos. Se a gente somar com os investimentos autorizados no setor portuário, chega a R$ 30 bilhões, em contratos assinados este ano. Acho que a gente pode chegar, seguramente, no ano que vem, nos R$ 50 bilhões contratados, para todos os segmentos, [com investidores] nacionais e internacionais”

Aeroportos

Freitas também abordou o programa de concessão dos aeroportos da Infraero, que deverão passar para o controle da iniciativa privada até 2022. O ministro explicou que existe um cronograma de concessões e que ele está sendo seguido à risca.

“O próximo passo é fazer o leilão, em outubro do ano que vem, de 22 aeroportos. São três blocos: o Norte 1, o Centro e o Sul. A partir do momento em que a gente faz o leilão, inicia a estruturação da sétima e última rodada, com mais 19 aeroportos, em três blocos, aí sim [incluindo] Congonhas e Santos Dumont. A previsão é final de 2021, início de 2022, não vai fugir muito disso. [Até 2022, terão sido concedidos] 41 da rede da Infraero, todos os aeroportos”, disse.

No próximo ano, o ministro disse que a pista de Congonhas passará por reformas. Ele destacou que a reforma do Santos Dumont foi concluída em tempo recorde. Em 28 dias, foi trocada a camada que recobre a pista principal, com um asfalto especial, poroso, que escoa praticamente de forma imediata a água da chuva, garantindo maior aderência nos pousos e decolagens, conferindo maior segurança nas operações. A pista foi entregue no sábado (21) para uso pelas companhias aéreas


VOLTAR