Percentual de mulheres de Salvador com diagnóstico de diabetes aumenta 45,4% em 11 anos, aponta pesquisa » Rede Acontece
Últimas
21-09-2018 » Maior doador é da Cosan | Empresas de 4 dos 5 maiores doadores eleitorais devem R$ 17 milhões à União 21-09-2018 » Presidenciável pela Rede | Marina destacará força da mulher para reconquistar eleitoras 21-09-2018 » Debate na TV Aparecida | Haddad exalta Lula e vira alvo de Alckmin, Ciro, Dias e Meirelles 21-09-2018 » Palmeiras vence Colo-Colo | Após mês de treinos fechados, Felipão muda jogo 21-09-2018 » Candidato pelo PSL | Bolsonaro diz nunca ter cogitado volta da CPMF: "Votei pela revogação" 21-09-2018 » Não é mais só trabalho | Neta e saúde deixaram Muricy mais light. Até os amigos estranham 21-09-2018 » Bastidores do Mundial | Nike proibiu Neymar de rasgar meião durante a Copa do Mundo 21-09-2018 » Festival de música | Por que você não vai ver nomes do feminejo no VillaMix em SP 21-09-2018 » Sem data para o Brasil | EUA já vendem novos iPhones; como comprar sem ser taxado? 21-09-2018 » Nova série da Netflix | Com Emma Stone e Jonah Hill, Maniac retrata solidão moderna 21-09-2018 » De TPM ao clima | 6 fatores do dia a dia que podem levar a crises de asma 21-09-2018 » Veganos adoram | Ágar-ágar ajuda a emagrecer? Saiba mais deste alimento 21-09-2018 » #ficaadica | Aprenda a adicionar paradas no caminho no Google Maps 21-09-2018 » Juntos há 4 anos | "Somos apaixonados, mas não transamos há 3 anos", relata casal 21-09-2018 » Números de 2018 | Voos internacionais crescem 14% no Brasil; EUA lideram 21-09-2018 » A melhor avaliada de todos | Ela é motorista nº 1 da Uber no Rio: 'Tapa na cara dos machistas' 21-09-2018 » Violência no Rio de Janeiro | Morte por policial em área de UPP já se iguala a taxa de homicídio comum 21-09-2018 » Até 28 de setembro | Você pode ter dinheiro no fundo PIS/Pasep; resta uma semana para sacar 21-09-2018 » Papo sobre amor, violência e Anitta | "Ser sexy foi carma e uma opção minha", diz Rita Cadillac 21-09-2018 » Quarto confronto entre presidenciáveis | Ingratidão, inveja, caos e Posto Ipiranga; veja frases do debate
Publicidade
29 de junho de 2018

Percentual de mulheres de Salvador com diagnóstico de diabetes aumenta 45,4% em 11 anos, aponta pesquisa

Foto: Reprodução

Percentual de mulheres de Salvador com diagnóstico de diabetes aumenta 45,4% em 11 anos, aponta pesquisa
O percentual de mulheres de Salvador que apresentaram diagnóstico de diabetes teve um aumento de 45,4% entre os anos de 2006 e 2017, segundo a Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), divulgada na quarta-feira (27) pelo Ministério da Saúde. Em toda a Bahia, entre 2010 e 2016, o diabetes já matou 32,4 mil pessoas. Há 11 anos, o percentual de mulheres na capital que tinham o diagnóstico da doença era de 5,5%. Agora, o índice passou para 8%. Já os homens da capital baiana apresentaram o menor percentual em 2006 (3,7%), mas também houve crescimento do diagnóstico de diabetes comparado a 2017, segundo o levantamento. Na comparação com as demais capitais, no entanto, os homens de Salvador (8%) apresentaram uma das menores taxas de diagnóstico médico de diabetes no ano passado, ficando à frente de Cuiabá (4,2%) e Palmas (3,7%).
Entre as mulheres, a capital baiana entre está entre as dez maiores com percentual da doença. No geral, Salvador aparece como uma das capitais que tem o maior percentual de pessoas com a enfermidade, com 6,6%. Em toda a Bahia, entre 2010 e 2016, de acordo com o Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), o número de óbitos cresceu 18,8%, saindo de 4.043 mortes para 4.806 no ano de 2016. Dados do Sistema de Informações Hospitalares (SIH) apontam que a quantidade de internações, no entanto, diminuiu: foram 13.474 em 2010 e 11.784, em 2016. O diabetes é responsável por complicações, como a doença cardiovascular, a diálise por insuficiência renal crônica e as cirurgias para amputações dos membros inferiores. O diabetes é responsável por complicações, como a doença cardiovascular, a diálise por insuficiência renal crônica e as cirurgias para amputações dos membros inferiores.


VOLTAR