Petrobras deixa ranking de empresas mais valiosas da indústria química » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 02-06-2020 » Suposta interferência na PF | PGR apoia pedido de prorrogar por 30 dias inquérito que investiga Bolsonaro 02-06-2020 » Roda Viva | Lobão: 'Golpe está a caminho, e Maia vai ficar devendo de maneira trágica' 02-06-2020 » Ação movida pela Rede | Plenário do STF julga validade do inquérito das fake news em 10 de junho 02-06-2020 » Economia | Governo planeja permitir demissão de até 50% dos funcionários em programa de crédito para empresas 02-06-2020 » Ministro do STF | Celso de Mello rejeita pedido de apreensão de celular de Bolsonaro 02-06-2020 » 'Questões do aço brasileiro' | Bolsonaro conversa com Trump e diz que Brasil deverá integrar G7 expandido 02-06-2020 » Militante de direita | Sara Winter debocha de intimação para depor após ameaças ao STF: 'Não vou' 02-06-2020 » Caso George Floyd | Após uma semana de protestos, Trump mobiliza militares 02-06-2020 » Manifestações pelo Brasil | RJ: jovem negro que ficou sob mira de fuzil em ato é entregador e faz poesia 02-06-2020 » Ao vivo no UOL, hoje (13h) | Especialistas debatem a luta antirracista no Brasil e nos Estados Unidos 02-06-2020 » São Paulo | MP abre inquérito para investigar suposto gabinete do ódio na Alesp 02-06-2020 » Coronavírus no estado | Mortes por covid-19 no RJ crescem 30% em semana anterior à reabertura 02-06-2020 » Luiz Felipe Pondé | Santidade, silêncio e sanidade 02-06-2020 » Ruy Castro | Cinema deixará de ser veículo de fruição coletiva 02-06-2020 » Ronaldo Lemos | Índia resolve invisibilidade com identidade digital 02-06-2020 » Marcus Melo | Hiperprotagonismo do STF não surpreende 02-06-2020 » Alexandre Faisal | Depressão na gravidez ou no pós-parto 02-06-2020 » Juca Kfouri | Manifesto é passo para virarmos o jogo 02-06-2020 » Marcelo Leite | Fogo, última gota sobre a Amazônia 02-06-2020 » Comissão Arns | Armar o povo: atentado contra o Estado
Publicidade
11 de maio de 2016

Petrobras deixa ranking de empresas mais valiosas da indústria química

Imagem Reprodução

Imagem Reprodução

A Petrobras deixou de fazer parte de um ranking que avalia as empresas mais valiosas da indústria química, elaborado pela consultoria DOM Strategy Partners. As cinco empresas com melhor pontuação neste ano foram, na ordem, Basf, Raizen, 3M, Dow e Bunge. No ano passado, a lista das melhores avaliadas foi composta por Basf, Braskem, Raizen, Dow e Petrobras. Em 2014, primeiro ano em que o levantamento foi feito, a estatal brasileira ocupou a liderança. Entre os critérios avaliados na pesquisa estão eficácia da estratégia corporativa, resultados gerados, valor das marcas, qualidade do relacionamento com o cliente e governança corporativa. A seleção das companhias foi feita com base nas maiores do segmento, após recortes dos anuários da revista Exame e do jornal Valor Econômico. Medido de 0 a 10, a liderança deste ano continuou com a Basf, que atingiu a mesma nota do ano passado, de 8,19. A Raízen subiu uma posição em relação a 2015 e tirou o lugar ocupado pela Braskem, ficando na segunda posição com 8,16 pontos. A 3M estreou no ranking com a nota 8,11. Quarta colocada no ranking do ano passado, a DOW manteve a mesma posição e a mesma nota, de 7,91. A novidade ficou por conta da Bunge, que entrou no lugar da Petrobras, com a nota 7,88. A DOM Strategy Partners reforça, em nota, que o objetivo do levantamento é mostrar ao mercado a capacidade das empresas em gerar e proteger valor não apenas para si, mas também para seus clientes, consumidores, acionistas, funcionários e sociedade. “A definição de valor varia de segmento para segmento. No caso da indústria química, inovação e sustentabilidade nortearam os resultados do ranking neste ano.”, explica Daniel Domeneghetti, autor da pesquisa.


VOLTAR