Petrobras vai desligar todas as suas sondas de perfuração na Bahia » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 05-06-2020 » UOL Debate | Idosos confinados: netos ajudam Pitanga, Stênio e Rosamaria a adotar tecnologia 05-06-2020 » Entrevista ao UOL | Ainda vamos bater vários recordes diários durante a pandemia, diz Nicolelis 05-06-2020 » Apoio na pandemia | 36% dos pagamentos de auxílio emergencial são para moradores do Sudeste 05-06-2020 » Schelp | Mourão é mais perigoso porque é mais inteligente do que Bolsonaro 05-06-2020 » Morto ao cair de prédio | MP investiga prefeito de Tamandaré (PE) por cargo público de mãe de Miguel 05-06-2020 » Manifestações no Brasil | Frente de Boulos e torcedores ignoram pico da pandemia e mantêm ato em SP 05-06-2020 » Governo federal | Estados do Nordeste pedem ao STF volta de recursos do Bolsa Família 05-06-2020 » Pandemia no RJ | Cartórios do estado têm quase 2.000 mortes a mais que números do governo 05-06-2020 » Pagou R$ 25 milhões | Gusttavo Lima é o comprador de iate de Roberto Carlos 05-06-2020 » Alan Frank | Ex-Polegar testa positivo para covid-19 e está na UTI 05-06-2020 » 'Aproveitador' | Cantor José Augusto revela mágoa após briga com Xuxa 05-06-2020 » Juntos há 4 meses | Termina o noivado de Vanessa da Mata e Bruno Dantas 05-06-2020 » Carga pesada | Olha o estrago que a pedra fez com essa picape 05-06-2020 » 'Beat Gostosinho' | Bárbara Labres lança com Flay primeira música pós-BBB 05-06-2020 » Chefia combate à covid em SP | Gabbardo: Isolar só grupo de risco faria até 3 vezes maior número de mortos 05-06-2020 » Pandemia do coronavírus | Trump cita Brasil e diz que EUA teriam 2 milhões de mortos se seguissem a Suécia 05-06-2020 » Famosos sobre morte de Miguel | Valesca fala do caso e expõe preconceito contra a mãe 05-06-2020 » Mercado financeiro | Dólar tem maior queda semanal desde 2008 e fecha abaixo de R$ 5 05-06-2020 » Festa clandestina | Imagens mostram que PM viu e não impediu agressão a médica 05-06-2020 » Caso Mil Grau | 'Estava cansado', diz responsável por mobilização
Publicidade
20 de fevereiro de 2016

Petrobras vai desligar todas as suas sondas de perfuração na Bahia

Imagem Reprodução

Imagem Reprodução

Berço da indústria petrolífera no Brasil, a Bahia vai sair do mapa de exploração da Petrobras. A empresa informou aos trabalhadores que, até março, vai desligar todas as sondas de perfuração terrestre usadas para encontrar novos reservatórios no estado. Com isso, 344 empregados da prestadora de serviços Lupatech serão demitidos segundo o Sindipetro-BA. Mil funcionários concursados que trabalham na região Nordeste se revezando em diferentes bacias vão perder a função. A empresa ainda não informou onde e com o que eles vão trabalhar. “O número de demissões vai ser muito maior (do que os da Lupatech), já que, por desdobramento, trabalhadores das áreas de transporte, alimentação, vigilância e serviços especiais também serão impactados”, informou o sindicato, em nota. Atualmente, a Petrobras explora 25 blocos na Bahia, segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). A produção média no estado já foi de 40 mil barris diários, mas hoje essa produção está na faixa de 32 mil barris por dia, provenientes de campos terrestres maduros. Além do desligamento das sondas de perfuração terrestres – a exploração marítima é muito pequena na Bahia -, a Petrobras planeja reduzir de 20 para 17 o número de sondas de produção no estado. O processo faz parte do programa de redução de investimento da empresa, estimado em R$ 7 bilhões apenas em 2016. Ao abandonar a exploração na Bahia, a Petrobras encerra uma fase de sua história. O primeiro óleo no Brasil foi descoberto no estado, em 1930, no bairro de Lobato em Salvador. A produção local motivou a criação da Petrobras, em 1953, que se manteve exclusivamente na Bahia até o ano de 1965.


VOLTAR
20 de fevereiro de 2016

Petrobras vai desligar todas as suas sondas de perfuração na Bahia

Imagem Reprodução

Imagem Reprodução

Berço da indústria petrolífera no Brasil, a Bahia vai sair do mapa de exploração da Petrobras. A empresa informou aos trabalhadores que, até março, vai desligar todas as sondas de perfuração terrestre usadas para encontrar novos reservatórios no estado. Com isso, 344 empregados da prestadora de serviços Lupatech serão demitidos segundo o Sindipetro-BA. Mil funcionários concursados que trabalham na região Nordeste se revezando em diferentes bacias vão perder a função. A empresa ainda não informou onde e com o que eles vão trabalhar. “O número de demissões vai ser muito maior (do que os da Lupatech), já que, por desdobramento, trabalhadores das áreas de transporte, alimentação, vigilância e serviços especiais também serão impactados”, informou o sindicato, em nota. Atualmente, a Petrobras explora 25 blocos na Bahia, segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). A produção média no estado já foi de 40 mil barris diários, mas hoje essa produção está na faixa de 32 mil barris por dia, provenientes de campos terrestres maduros. (mais…)


Tags:
VOLTAR