Petrobras vai desligar todas as suas sondas de perfuração na Bahia » Rede Acontece
Últimas
23-10-2018 » Não quer gastar o 3G? | Veja como economizar dados móveis ao ver vídeos no YouTube 23-10-2018 » Equipe ficou exausta | Cena sem cortes de Demolidor precisou de 12 horas e sete takes 23-10-2018 » Design sedutor | Renault Mégane RS é o hot hatch que todos sonham no Brasil 23-10-2018 » Mutações | Se genoma é o mesmo, por que resultado de teste genético muda? 23-10-2018 » Meia do Palmeiras | Neymar pai tentou levar L. Lima ao Barça, mas saída de filho impediu 23-10-2018 » Presidenciável do PSL | Bolsonaro: 'Somos a garantia da liberdade e da democracia' 23-10-2018 » Candidato do PT | Falas radicais do clã Bolsonaro dão tração a articulação pró-Haddad 23-10-2018 » 'Não tenho alternativa' | Torturado por Ustra, vereador do PV rejeita PT e defende voto nulo 23-10-2018 » Fim da campanha | Bolsonaro desiste de ir, e Globo cancela debate de 6ª 23-10-2018 » Falta 1 mês para liquidação | Confira seis dicas dos especialistas para se dar bem na Black Friday 23-10-2018 » Entrevista com Monica de Carvalho | Diretora do Google é quem faz surgir produto que você pesquisou antes 23-10-2018 » Bolsonaro falou em 'banir vermelhos' | Estudiosos de genocídios fazem alerta a discurso de 'eliminar adversário' 23-10-2018 » Disputa governo do Rio | Há um mito de que juiz não pode ser político, diz Wilson Witzel 23-10-2018 » Hoje, às 18h10 | UOL, Folha e SBT promovem debates em São Paulo e Rio 23-10-2018 » Juiz de primeira instância | Sinalização de que Bolsonaro pode indicar Moro ao STF desagrada cortes 23-10-2018 » Forças no Congresso | Apoio a Maia para presidir a Câmara ganha força no PSL 23-10-2018 » O que prometem os candidatos | Veja quais são as propostas de Bolsonaro e Haddad para a economia
Publicidade
20 de fevereiro de 2016

Petrobras vai desligar todas as suas sondas de perfuração na Bahia

Imagem Reprodução

Imagem Reprodução

Berço da indústria petrolífera no Brasil, a Bahia vai sair do mapa de exploração da Petrobras. A empresa informou aos trabalhadores que, até março, vai desligar todas as sondas de perfuração terrestre usadas para encontrar novos reservatórios no estado. Com isso, 344 empregados da prestadora de serviços Lupatech serão demitidos segundo o Sindipetro-BA. Mil funcionários concursados que trabalham na região Nordeste se revezando em diferentes bacias vão perder a função. A empresa ainda não informou onde e com o que eles vão trabalhar. “O número de demissões vai ser muito maior (do que os da Lupatech), já que, por desdobramento, trabalhadores das áreas de transporte, alimentação, vigilância e serviços especiais também serão impactados”, informou o sindicato, em nota. Atualmente, a Petrobras explora 25 blocos na Bahia, segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). A produção média no estado já foi de 40 mil barris diários, mas hoje essa produção está na faixa de 32 mil barris por dia, provenientes de campos terrestres maduros. Além do desligamento das sondas de perfuração terrestres – a exploração marítima é muito pequena na Bahia -, a Petrobras planeja reduzir de 20 para 17 o número de sondas de produção no estado. O processo faz parte do programa de redução de investimento da empresa, estimado em R$ 7 bilhões apenas em 2016. Ao abandonar a exploração na Bahia, a Petrobras encerra uma fase de sua história. O primeiro óleo no Brasil foi descoberto no estado, em 1930, no bairro de Lobato em Salvador. A produção local motivou a criação da Petrobras, em 1953, que se manteve exclusivamente na Bahia até o ano de 1965.


VOLTAR
20 de fevereiro de 2016

Petrobras vai desligar todas as suas sondas de perfuração na Bahia

Imagem Reprodução

Imagem Reprodução

Berço da indústria petrolífera no Brasil, a Bahia vai sair do mapa de exploração da Petrobras. A empresa informou aos trabalhadores que, até março, vai desligar todas as sondas de perfuração terrestre usadas para encontrar novos reservatórios no estado. Com isso, 344 empregados da prestadora de serviços Lupatech serão demitidos segundo o Sindipetro-BA. Mil funcionários concursados que trabalham na região Nordeste se revezando em diferentes bacias vão perder a função. A empresa ainda não informou onde e com o que eles vão trabalhar. “O número de demissões vai ser muito maior (do que os da Lupatech), já que, por desdobramento, trabalhadores das áreas de transporte, alimentação, vigilância e serviços especiais também serão impactados”, informou o sindicato, em nota. Atualmente, a Petrobras explora 25 blocos na Bahia, segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). A produção média no estado já foi de 40 mil barris diários, mas hoje essa produção está na faixa de 32 mil barris por dia, provenientes de campos terrestres maduros. (mais…)


Tags:
VOLTAR