Petróleo barato já começa a prejudicar a economia global, diz Opep » Rede Acontece
Últimas
20-08-2018 » Brasileiro ainda não jogou | Com Vinicius Júnior no banco, Real bate Getafe na estreia no Espanhol 20-08-2018 » Números de um jeito descontraído | Jovem youtuber cria canal com dicas para popularizar matemática 20-08-2018 » Atlético-MG vence Bota por 3 a 0 | Luan celebra gol e alfineta: "Não me reconhecem às vezes" 20-08-2018 » Bateu na grade de proteção | Forte acidente na Indy destrói carro e leva piloto ao hospital 20-08-2018 » Cruzeiro empata com Bahia | Barcos reconhece má fase no Cruzeiro: "Preciso melhorar muito" 20-08-2018 » Inteligência artificial | Google promete identificar doença ocular melhor que médico 20-08-2018 » Pó de macaco | A droga que faz as pessoas pularem de prédios 20-08-2018 » Após saída de Mara | Feltrin: Fofocalizando pode perder ainda mais 20-08-2018 » Fã do casal | Fernanda Souza pede filho para Bruna e Neymar 20-08-2018 » Ritmo baladão | Dança dos Famosos tem Danton na liderança 20-08-2018 » "Estava congelada" | Faustão ironiza período de Rafaela Mandelli na Record 20-08-2018 » Não saíram do 0x0 | Flu e América abusam dos erros e ficam no empate 20-08-2018 » Crise migratória | Governo vai enviar 120 soldados da Força Nacional a RR 20-08-2018 » "Faz falta em qualquer time" | Felipão cita bom ambiente e elogia Deyverson 20-08-2018 » Brasileirão | São Paulo vence a Chapecoense e encerra 1º turno na liderança; veja gols 19-08-2018 » 1% mais rico | Se aprovado, reajuste do STF irá intensificar desigualdade 19-08-2018 » Futuro obscuro | Fome, guerra e ditadura: como filmes e séries 'previram' 2018 19-08-2018 » Após ligação de Tite | Gabriel Jesus promete mudar estilo para voltar à seleção brasileira 19-08-2018 » Tecnologia | Reduza o consumo de dados no WhatsApp com estas 4 dicas 19-08-2018 » Ranking de Eficiência | Nos estados, PMs se aposentam antes dos 50 anos de idade
Publicidade
lab laboratorio clinica master centro medico sao gabriel intersorft
11 de fevereiro de 2016

Petróleo barato já começa a prejudicar a economia global, diz Opep

Foto: Guanambi Acontece

Foto: Rede Acontece

Os preços atuais do petróleo, os mais baixos em mais de uma década, começam a prejudicar a economia global e não têm aumentado a demanda por gasolina e outros derivados no nível em que muitos esperavam, afirmou a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) nesta quarta-feira. A Opep cortou suas projeções para crescimento da demanda global por petróleo e também para a economia mundial. Segundo o grupo, os preços mais baixos da commodity não compensaram o apetite reduzido dos consumidores – e, ao mesmo tempo, prejudicam grandes países, como Rússia e Brasil. O anúncio, que aparece no relatório mensal sobre o petróleo da Opep, surge após os preços da commodity retomarem sua trajetória de queda. O movimento ocorre após os membros do grupo não chegarem a um acordo sobre um corte na produção. Os preços mais baixos do petróleo são em geral considerados positivos para os consumidores e para a economia global em geral. Mas agora “o efeito geral negativo do forte declínio dos preços do petróleo desde meados de 2014 tem superado os benefícios no curto prazo”, disse a Opep.A entidade, que fornece mais de um terço dos barris consumidos globalmente, reduziu sua previsão para o crescimento global em 2016, de 3,4% para 3,2%. Apesar de os preços do petróleo terem descido a níveis não vistos em mais de dez anos, a Opep também cortou sua projeção para crescimento na demanda em 10.000 barris ao dia para este ano. A demanda por petróleo deve subir 1,25 milhão de barris por dia neste ano, para 94,21 milhões de barris por dia, segundo a entidade. O grupo diz que há consumidores reduzindo os trajetos de carro e que há ainda o impacto da recente crise financeira. “Devido aos efeitos que se seguiram à ‘grande recessão’, o potencial de que a capacidade de gasto dos consumidores possa aumentar é limitada”, afirmou a Opep. Apesar do apetite menor pela commodity, a entidade continua a produzir em nível forte. O grupo disse que sua produção aumentou 131.000 barris por dia, para 32,33 milhões de barris por dia em janeiro. Nigéria, Iraque, Arábia Saudita e Irã puxaram a alta. A produção do grupo no mês passado sugere um superávit excesso de petróleo disponível no mercado global de 1,84 milhão de barris por dia no primeiro trimestre, de acordo com os números do relatório. (Estadão Conteúdo)


VOLTAR