Polícia diz que sindicalista morto em emboscada foi assassinado a mando de mulher que queria cargo da vítima » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 26-06-2019 » Jogador paraguaio | Postagem de Romero gera mal-estar no Corinthians 26-06-2019 » Boa temporada | Jessica Jones se despede da Netflix com vilão instigante 26-06-2019 » Mauricio Stycer | Globo 'esquece' Naves na geladeira e nem o convida para se explicar 26-06-2019 » 'Vou te caçar' | PM é alvo de ameaça após pedir namorado em casamento em SP 26-06-2019 » Em teatro de Paris | Chico e mais artistas leem cartas mandadas a Lula na prisão 26-06-2019 » Música vivia na cidade | Mulher americana é encontrada morta em Paraty (RJ) 26-06-2019 » Reforma da Previdência | Congresso e governo se aliam para domar PSL e barrar alterações-bomba 26-06-2019 » Por 35 votos a 13 | Em vídeo, Crivella agradece absolvição antes de impeachment ser votado 26-06-2019 » Presidente do Senado | Davi devolve MP de Bolsonaro e anuncia CPI para apurar fake news nas eleições 26-06-2019 » Já havia criticado proposta | Bolsonaro veta lista tríplice para dirigentes de agências reguladoras 26-06-2019 » STF julga pedidos de HC | STF mantém Lula preso e adia julgamento sobre parcialidade de Moro 26-06-2019 » Audiência pública na Câmara | 'Moro e Deltan sabem que o material é autêntico', diz Glenn sobre mensagens 26-06-2019 » Em tramitação no Congresso | Bolsonaro contradiz porta-voz, revoga decreto de armas e edita nova versão 26-06-2019 » Avanço da medicina | Câncer é a segunda doença que mais mata; como tratar o problema? 26-06-2019 » Confira o ranking | Estudo mostra as marcas preferidas dos brasileiros de todas as classes 26-06-2019 » Especialistas sugerem mudanças | Como a inteligência artificial ajuda a combater mudanças climáticas 25-06-2019 » Pastor morto no RJ | 'Se for provado que foram meus filhos, eu quero saber o porquê', diz deputada Flordelis 25-06-2019 » Tragédia deixou 246 mortos | Polícias investigam se explosão contribuiu para rompimento de barragem em MG 25-06-2019 » M. Cantuaria | O abacaxi de bandeja: amo a fruta, odeio casca 25-06-2019 » Débora Miranda | Não há eliminação que pare evolução do futebol feminino
Publicidade
5 de fevereiro de 2019

Polícia diz que sindicalista morto em emboscada foi assassinado a mando de mulher que queria cargo da vítima

Foto Reprodução

A Polícia Civil concluiu que o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos da cidade de Central, no norte da Bahia, Aroldo Pereira de Souza, de 47 anos, morto a tiros no final de 2018, foi assassinado a mando de uma mulher que queria ocupar o cargo dele. A suspeita e um sobrinho dela, apontado como executor do crime, foram presos. Aroldo foi morto no sítio onde morava, no povoado de Larguinha, no dia 8 de novembro. O inquérito sobre o crime foi concluído e encaminhado pela Polícia Civil ao Ministério Público na segunda-feira (4), pelo delegado Michael Alves, titular da Delegacia Territorial (DT) de Central, que investigou o crime. De acordo com o delegado, durante as investigações foram feitas perícias e colhidos dezenas de depoimentos, até o cumprimento de mandados de busca e apreensão e de prisão dos autores. Sandra Ferreira da Rocha e o sobrinho Leandro Ferreira Rocha foram apontados como mandante e executor do crime, respectivamente. Sandra teve a prisão temporária cumprida na segunda-feira (28), enquanto Leandro foi preso 13 dias depois do crime. Conforme a Polícia Civil, tia e sobrinho eram sindicalizados, e Sandra almejava a presidência do sindicato. Aroldo sofreu uma emboscada e foi morto quando voltava para a roça onde morava. A Polícia Civil informou ainda que Leandro acumula passagens na polícia, já tendo sido preso por receptação de veículo roubado, e está sendo investigado por outro

Caso

Segundo a Polícia Civil, a vítima pilotava uma motocicleta quando sofreu uma emboscada e foi morto a tiros quando voltava para a roça dele, no povoado de Larguinha, por volta das 7h30 do dia 8 de novembro. Ainda segundo as investigações, o autor do crime também estava em uma moto. O presidente do sindicato foi atingido na cabeça e no braço, chegou a ser socorrido para o Hospital Municipal de Central e depois transferido para o Hospital Geral de Irecê, mas não resistiu aos ferimentos.


Tags:
VOLTAR