Polícia prende PMs suspeitos do assassinato de Marielle Franco » Rede Acontece
Últimas
25-03-2019 » Caso na década de 70 | Mulher acusa João de Deus de tentar matá-la a tiros após estupro em Goiás 25-03-2019 » Crise no país vizinho | Com tropas, aviões militares russos pousam na Venezuela 25-03-2019 » Sebastián Piñera | 'Frases de Bolsonaro sobre ditadura são infelizes', afirma presidente do Chile 25-03-2019 » Após reunião com Bolsonaro | Líder do governo na Câmara critica 'velha política', cita Rodrigo Maia e acirra crise 25-03-2019 » Fez alusão à crise atual | FHC: Presidente que não entende força do Congresso pode cair 25-03-2019 » Na Noruega | 'Conseguimos', festejam passageiros de navio à deriva ao chegar em porto 25-03-2019 » Atua em ministério | Secretária trans do governo vê Brasil 'machista e homofóbico' 25-03-2019 » Sob grito de 'racistas' | Visita de deputados do PSL a aldeia no Rio acaba em confusão 25-03-2019 » Filiado ao PSDB | Prefeito de SP, Bruno Covas diz ser um 'radical de centro' 25-03-2019 » Ex-presidente | Governo paga R$ 50 mil a assessores de Lula, preso desde abril 25-03-2019 » 2 a 2 no Carioca | Botafogo empata com Americano-RJ e é eliminado; veja gols 25-03-2019 » Campeonato Paulista | Gustagol marca no fim, e Corinthians empata com Ferroviária em 1 a 1 25-03-2019 » Ganhou prêmio de R$ 3,9 mi | Peter Tabichi: veja quem é queniano eleito 'melhor professor do mundo' 25-03-2019 » Cem anos do fascismo | 'Perigo é que democracia vire repressão com apoio popular', alerta historiador 25-03-2019 » Cayenne Coupe | Porsche se rende à moda de SUV com perfil cupê e mostra rival para BMW X6 25-03-2019 » Campeonato Carioca | Fla faz 3 a 2 no Flu com ataque milionário inspirado; veja gols 25-03-2019 » Mais Paulistão | Benção de Raí e títulos: conheça jovem que brilhou pelo SP
Publicidade
corretora de seguros
INTERSORFT 100 MEGA
12 de março de 2019

Polícia prende PMs suspeitos do assassinato de Marielle Franco

Foto: Reprodução

Policiais da Divisão de Homicídios e promotores do Ministério Público estadual do Rio de Janeiro prenderam, na manhã de hoje (12), o policial militar reformado Ronnie Lessa, 48 anos, e o ex-policial militar Élcio Vieira de Queiroz, de 46 anos, apontados como suspeitos pelos assassinatos da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, ocorridos há quase um ano, em 14 de março de 2018. De acordo com as investigações, Ronnie seria o autor dos disparos contra a vereadora e Élcio teria dirigido o veículo, do modelo Cobalt, usado para levar o executor. O policial reformado foi levado para a Divisão de Homicídios do Rio por volta das 4h30. A investigação ainda tenta esclarecer, no entanto, quem foram os mandantes do crime e a motivação. Segundo os promotores do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, o crime foi meticulosamente planejado com três meses de antecedência. Ronnie fez pesquisas na internet sobre locais que a vereadora frequentava. Além disso, desde outubro de 2017 o policial pesquisava sobre a vida do então deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL), além de fazer buscas sobre o então interventor na segurança pública do Rio, general Braga Neto. A operação ainda realiza mandados de busca e apreensão nos endereços dos denunciados. Durante todo o dia, haverá buscas em 34 endereços de outros suspeitos de envolvimento no crime. O sargento Ronnie Lessa foi preso na casa onde mora, no mesmo condomínio onde o presidente Jair Bolsonaro tem um imóvel, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio.


VOLTAR