Política de Defesa Cibernética e integração sul-americana serão avaliadas pela CRE » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 05-08-2020 » Pode ir para o Butantan | Naja que estava com estudante pode ser transferida para SP 05-08-2020 » Avião comercial | Projeto de supersônico promete voar a 3.700 km/h e fazer São Paulo-Miami em 1h45 05-08-2020 » Detran-DF | Leilão terá Porsche e outros carrões a partir de R$ 9 mil 05-08-2020 » Descomplique | Como investir no exterior mesmo sem sair do Brasil 05-08-2020 » Companhia aérea | Virgin Atlantic entra com pedido de falência nos Estados Unidos 05-08-2020 » Rio de Janeiro | Polícia investiga post expondo advogada que fazia ioga 05-08-2020 » Campanha invicta | Ceará vence o Bahia outra vez e é campeão da Copa do Nordeste 05-08-2020 » Política internacional | Iván Duque defende ex-presidente após ordem de captura na Colômbia 05-08-2020 » Homem ficou ferido | Caminhão-cegonha carregado com carros de luxo tomba no PR 05-08-2020 » Opinião - Feltrin | Chaves abre um buraco na grade do SBT e no coração dos fãs 05-08-2020 » Linhas móveis crescem | Brasileiros trocam o telefone fixo pelo celular pós-pago, diz pesquisa 05-08-2020 » Mercado financeiro | Por que dólar segue acima de R$ 5 mesmo ao perder força no mundo? 05-08-2020 » Tênis | Nadal cita covid-19 fora de controle ao desistir do Aberto dos EUA 05-08-2020 » Capital do Líbano | Explosão em Beirute pode ter sido causada por nitrato de amônio 05-08-2020 » Futebol na pandemia | Hospital diz que erro em testes do Red Bull foi replicado em 44 amostras 05-08-2020 » MP perderá validade | Relator diz que saque de R$ 1.045 do FGTS será suspenso; Caixa nega 05-08-2020 » Reunião fechada | Ministro da Justiça falará ao Congresso sobre dossiê de 'antifascistas' 05-08-2020 » Vendeu sementes de feijão | MPF aciona pastor Valdemiro Santiago por prometer cura da covid 05-08-2020 » Ação deixou um morto | Assaltantes levaram R$ 2 mi de banco em Botucatu, diz polícia 05-08-2020 » Futebol gaúcho | Benfica avança por Everton e se dispõe a pagar R$ 137,5 mi
Publicidade
10 de maio de 2019

Política de Defesa Cibernética e integração sul-americana serão avaliadas pela CRE

Foto Edilson Rodrigues/Agência Senado

A Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) decidiu na última quinta-feira (9) avaliar durante o ano de 2019 a Política de Defesa Cibernética, que está sob a alçada do Exército brasileiro. O Regimento do Senado prevê que, anualmente, cada Comissão analise criticamente os resultados alcançados por até três políticas públicas conduzidas pelo governo federal. A iniciativa partiu do senador Esperidião Amin (PP-SC), para quem o setor cibernético é, ao lado do espacial e do nuclear, estratégico para a defesa do país. — Isso requer seu fortalecimento, o aperfeiçoamento de dispositivos de segurança e a adoção de procedimentos visando diminuir a vulnerabilidade dos sistemas que possuam suporte de tecnologia da informação e comunicação. Além disso, a área permite o fomento de pesquisas científicas e o estabelecimento de parcerias com a indústria nacional, na produção de sistemas inovadores. A intenção da atual Estratégia Nacional de Defesa é evoluir o atual sistema para Comando de Defesa Cibernética das Forças Armadas — detalhou o senador. Por sugestão do presidente da CRE, senador Nelsinho Trad (PSD-MS), também serão avaliadas as atuais diretrizes do governo voltadas à integração logística e física na America do Sul. O senador entende que estas políticas são hoje essenciais não somente visando intensificar parcerias entre as nações sul-americanas, mas também visando o estabelecimento de corredores de comércio mais rápidos e de menor custo com a Ásia. — O efeito dessa integração será multiplicador nos fluxos de comércio e investimentos. Vamos avaliar o potencial, mas também as deficiências e gargalos que precisamos superar visando essa integração. O mais relevante, a meu ver, é o corredor bioceânico, que diminuirá em 8 mil quilômetros o transporte e escoamento de produtos ligando países banhados pelos oceanos Atlântico e Pacífico — detalhou Nelsinho. O senador ainda mencionou a declaração do presidente Jair Bolsonaro, durante a posse do atual presidente da Itaipu Binacional, general Joaquim Silva e Luna, de que o estabelecimento do corredor bioceânico seria uma prioridade de sua gestão.


VOLTAR