Presidente da Petrobras elogia Moro e equipe da Lava Jato » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 23-09-2019 » Comissária da ONU | Bachelet diz que existem "muitas dúvidas" sobre processo contra Lula 23-09-2019 » Premiação da TV | Emmy coroa Game of Thrones como melhor série dramática 23-09-2019 » Marido foi assassinado | A TV, deputada Flordelis diz que foi vítima de tentativa de extorsão 23-09-2019 » 1 a 0 na 6ª rodada | Neymar supera pressão da torcida do Lyon e faz gol da vitória do PSG 23-09-2019 » Governador do Maranhão | UOL transmite hoje Roda Viva com Flávio Dino 23-09-2019 » Diversidade | Apesar da chuva, Parada LGBTI do Rio reúne multidão em Copacabana 23-09-2019 » Perrone | Falta mais preparo físico do que raça ao Corinthians 23-09-2019 » Antonio Prata | A verdade deixou o condomínio dos fatos há uns anos 23-09-2019 » Brasilianismo | Destruir Amazônia: crime contra humanidade 23-09-2019 » Felipe Santa Cruz | Vetos desfiguram a lei sobre abuso de autoridade 23-09-2019 » Julio Gomes | Odair merece críticas, mas não demissão 23-09-2019 » Fernanda Torres | Lenga-lenga dos burocratas que conspiram o poder 23-09-2019 » Marcos Lisboa | O investimento público como aspirina: de novo? 23-09-2019 » Mauricio Stycer | Há duas décadas estreava o Big Brother na Europa 23-09-2019 » Mauro Cezar | Vergonha: Flu e Cruzeiro na zona de rebaixamento 23-09-2019 » Elio Gaspari | Juiz Bretas retoma um costume da ditadura brasileira 23-09-2019 » Reinaldo Lopes | Fósseis ajudam a reconstruir som de crocodilo extinto 23-09-2019 » Ricardo Viveiros | Momento exige coragem; nem tudo está perdido 23-09-2019 » Tradição da Assembleia | FHC só abriu ONU uma vez; Lula perdeu duas; Bolsonaro estreia terça 23-09-2019 » Novo fenômeno | Olimpíada-2020 deve ter atletas de 11 anos no skate. É muito cedo?
Publicidade
1 de julho de 2019

Presidente da Petrobras elogia Moro e equipe da Lava Jato

Foto: Reprodução

O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, homenageou nesta segunda-feira, 1º, o ministro da Justiça, Sergio Moro, e a equipe da Operação Lava Jato. Um dia após a realização de passeatas pelo País em defesa de Moro, o executivo, em palestra, afirmou que vê “pessoas criminosas tentando denegrir” a imagem destes profissionais, em referência a Moro e toda equipe da Lava Jato. “A corrupção mata e mata principalmente pobres. A Petrobras superou esses momentos difíceis”, disse Castello Branco, em almoço promovido no Rio de Janeiro pelo Lide, grupo de líderes empresariais. Ele destacou que a companhia teve as finanças e a reputação afetadas pelas denúncias de corrupção, mas que a crise já foi superada. Ainda assim, mantém o projeto de redução da dívida, o que deve acontecer com a venda de ativos e também com a adoção de medidas de transparência para conquistar a confiança de financiadores, o que deve contribuir para conseguir dinheiro a menor custo. “Em dois anos, a empresa será completamente diferente do que é hoje”, disse. Uma das mudanças em estudo está a integração do refino com a petroquímica. Uma possível globalização, com a abertura de escritório em novos países, não está em questão atualmente”, disse. “Agora, fincaremos o pé no Brasil”, acrescentou Castello Branco.


VOLTAR