Primeiro debate presidencial tem poucos ataques e tom morno » Rede Acontece
Últimas
22-04-2019 » Reta final da série | GoT se prepara para batalha com episódio melancólico 22-04-2019 » Mais de 500 feridos | Autoridades do Sri Lanka elevam para 290 número de mortos em atentados 22-04-2019 » Uso incorreto de capacete | Bolsonaro cometeu infração em passeio de moto, dizem especialistas 22-04-2019 » Renda versus espera | Saiba quando se deve adiar ou antecipar a aposentadoria 22-04-2019 » Campeonato Francês | PSG celebra título com retorno de Neymar e três de Mbappé 22-04-2019 » Ao criticar Bolsonaro | Confederação Israelita processará Ciro Gomes por fala sobre judeus 22-04-2019 » Veja lista | Avianca cancela mais de 1.000 voos até próximo domingo (28) 22-04-2019 » Patinação no Brasil | Garota trans de 11 anos busca na Justiça direito de disputar torneio 22-04-2019 » Paulista | Da incerteza ao Tri 22-04-2019 » Ficou pelo menos 20h no ar | Vídeo com ataques de Olavo a militares é deletado de canal de Bolsonaro 22-04-2019 » Tentativa de pacificação | Em meio à crise do inquérito de fake news, STF retoma julgamentos 22-04-2019 » Mais de 200 vítimas fatais | Chef, recém-casado, primos e policiais estão entre mortos no Sri Lanka 22-04-2019 » Impacta a democracia | Quatro consequências graves da estagnação das classes médias 22-04-2019 » Símbolos sagrados sujos de sangue | Duas imagens chocantes representam a violência de atentados no Sri Lanka 22-04-2019 » Campeonato Carioca | Fla é campeão sobre o Vasco e mantém tabu de 31 anos com rival 21-04-2019 » Veja resultados dos Estaduais | Fortaleza de Ceni é campeão no CE; Athletico leva título nos pênaltis 21-04-2019 » Auxiliar assume interinamente | Após perder título para Flamengo, Valentim é demitido pelo Vasco 21-04-2019 » Vice-campeão do Paulista | Cuca nega desrespeito e explica reação do SP: 'Tinha jogador chorando'
Publicidade
corretora de seguros
INTERSORFT 100 MEGA
10 de agosto de 2018

Primeiro debate presidencial tem poucos ataques e tom morno

Foto: Reprodução

O primeiro debate com os candidatos à Presidência da República foi de poucos ataques. Realizado pela Band, o evento aconteceu ontem (9). Presidenciáveis como Geraldo Alckmin (PSDB) e Ciro Gomes (PDT) não foram confrontados em seus pontos fracos, como o escândalo da Dersa, no caso do ex-governador de São Paulo, ou o temperamento explosivo do ex-gestor do Ceará.

O principal embate foi protagonizado pelo candidato do PSOL, Guilherme Boulos, contra Jair Bolsonaro (PSL). O socialista questionou o militar sobre a funcionária de seu gabinete Walderice Santos da Conceição, que, segundo ele, trabalha em um comércio de açaí em Angra dos Reis, onde o deputado federal tem uma casa.

Ao ser questionado por Boulos se ele não tinha vergonha de manter uma “funcionária fantasma” e de ter auxílio moradia da Câmara mesmo tendo imóvel em Brasília, Bolsonaro respondeu que teria vergonha se “tivesse invadido as casas dos outros”, em uma provocação ao líder do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto).

O socialista também se utilizou da “marca” de ser o representante da vereadora Marielle Franco, assassinada em um crime não elucidado no Rio de Janeiro, e fez o trocadilho de que os adversários seriam parte dos “50 tons de Temer”, em referência à participação no atual governo federal. Já Alvaro Dias (Podemos), ex-chefe do Executivo do Paraná, tentou vincular a imagem ao juiz Sérgio Moro, o qual prometeu nomear como ministro da Justiça, se for eleito.


VOLTAR