Quase 70% do mundo têm internet sem franquia, mostra relatório da ONU » Rede Acontece
Últimas
19-04-2019 » Articulação no Congresso | Governo deve ter de 37 a 48 votos para aprovar Previdência na CCJ 19-04-2019 » Pagamentos por cartões | Cade investiga Itaú e Rede por nova política de taxas em máquinas de cartão 19-04-2019 » Censura no STF | Em decisão, Moraes cita argumentos de Mello sobre 'limitações' à liberdade 19-04-2019 » Pressionada pela Lava Jato | CCR decide pagar R$ 71 mi para demitir executivos e transformá-los em delatores 19-04-2019 » Criada há mais de uma década | A ascensão da Okaida, facção criminosa com 6.000 'soldados' na PB 19-04-2019 » Incêndio no monumento francês | Notre-Dame destruída: o antes e depois da famosa catedral 19-04-2019 » União de MCs faz a força | Gerações do rap nacional se trombam e viram "cypheiros" 19-04-2019 » Campeã do BBB 19 | Paula é indiciada pela Polícia Civil por intolerância religiosa 19-04-2019 » Relato de general | 'Sou comunista', disse Boechat ao saber de medalha no Exército 19-04-2019 » Quer ficar no Brasil | Médico cubano faz vaquinha para poder ir buscar seu diploma 19-04-2019 » Acidente em SP | Piloto morto era subestimado nas pistas por excesso de peso 19-04-2019 » Investimento pessoal | Por que você deve sair da poupança e ir para o Tesouro Direto 19-04-2019 » Presidente falou nas redes | Bolsonaro defende manter passaporte diplomático de Edir 19-04-2019 » Diesel e tabela do frete | Associações dizem que caminhoneiros estão 'insatisfeitos' e 'enfurecidos' 19-04-2019 » Direitos de transmissão | Globo aceita pagar R$ 100 mi em luvas, mas Palmeiras quer mais 19-04-2019 » Chefe de arbitragem da CBF | Gaciba: Novas regras do futebol entrarão em vigor desde o início do Brasileirão 18-04-2019 » Mônica Bergamo | Supremo autoriza entrevistas com ex-presidente Lula na prisão
Publicidade
corretora de seguros
INTERSORFT 100 MEGA
30 de abril de 2016

Quase 70% do mundo têm internet sem franquia, mostra relatório da ONU

Imagem Reprodução

Imagem Reprodução

Em meio à polêmica sobre a intenção de algumas operadoras de telecomunicações brasileiras limitarem os dados na banda larga fixa, ressurgiu o debate sobre qual é o principal modelo ofertado em todo o mundo: franquia ou ilimitado? Para justificar uma possível efetivação da franquia, defensores da restrição chegaram a afirmar que a banda larga fixa limitada já é tendência em outros países. Contudo, dos 190 países monitorados pela União Internacional de Telecomunicações (UIT), 130 deles oferecem prioritariamente planos de banda larga fixa com internet ilimitada. Ou seja, 68% dos países optaram por modelos sem franquia. A UIT é o organismo da Organização das Nações Unidas (ONU) responsável por criar padrões e recomendações globais sobre as Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs). No fim de cada ano, a organização publica o relatório Medição da Sociedade da Informação, que traz dados atualizados sobre as telecomunicações, e divulga o ranking de países de acordo com o nível de acesso às TICs, conhecido como Índice de Desenvolvimento das TICs (IDI). O último relatório, publicado em novembro de 2015, mostra que a Coreia do Sul continua na liderança entre os países melhor avaliados, seguida pela Dinamarca

O Brasil está apenas na 61º posição, bem distante dos Estados Unidos (15º), que possui um dos modelos mais competitivos do mundo. Na frente do Brasil, também estão três países sul-americanos: Uruguai (49º), Argentina (52º) e Chile (55º). Do dez países mais bem posicionados no ranking de desenvolvimento das TICs, apenas três aplicam prioritariamente planos limitados: Reino Unido, Luxemburgo e Islândia. Os demais optavam, até a data do levantamento, por modelos ilimitados. Entre eles, a líder Coreia do Sul e a segunda colocada, a Dinamarca. O relatório destaca também a grande ascensão do serviço móvel de celular, que chegou a mais de 7,1 milhões de inscrições em todo o mundo. Enquanto isso, a adesão à internet cabeada ainda aumenta lentamente em relação aos outros anos monitorados. Atualmente, há 800 milhões de consumidores de banda larga fixa.


VOLTAR