Rui defende candidatura de outro partido caso Lula não dispute eleição » Rede Acontece
Últimas
23-10-2018 » Presidenciável do PSL | Bolsonaro promete R$ 10 bi à ciência e quer astronauta ministro 23-10-2018 » Após fala de Eduardo | Em carta a Celso de Mello, Bolsonaro diz prestigiar STF 23-10-2018 » Candidato do PT | Duas semanas após 1º turno, Marina Silva declara 'voto crítico' em Haddad 23-10-2018 » Marcado para 24 de outubro | TRF-4 nega pedido de Vaccari para adiar julgamento de Palocci 23-10-2018 » 'Marginais vermelhos' | PT anuncia ações contra Bolsonaro por apologia ao crime após discurso 23-10-2018 » Campeonato Brasileiro | Santos marca no fim e empata com Inter por 2 a 2; assista aos gols 23-10-2018 » Ministério do Trabalho | 2017: Salário médio das mulheres cresce mais que de homens 23-10-2018 » Não é só Remy | Relembre mortos que 'ressuscitaram' do autor de Segundo Sol 23-10-2018 » SUVs | Jeep Renegade mudado e novos rivais: como fica o mercado 23-10-2018 » Personalidade forte | Sassá, F. Melo: futebol evolui, mas jogadores indomáveis resistem 23-10-2018 » Papo com o técnico | Renato Gaúcho: Grêmio pode encarar o Real de igual para igual 23-10-2018 » Desfila na SPFW | 'Tento me posicionar de uma forma mais sutil', diz Camila Queiroz 22-10-2018 » Submundo do marketing político | Como opera o mercado ilegal de santinhos virtuais via WhatsApp 22-10-2018 » Mais votado no 1º turno no AM | Wilson Lima tem respaldo de grupo de comunicação e apoia Bolsonaro 22-10-2018 » Opositor do regime morto na Turquia | As versões dadas pela Arábia Saudita até admitir assassinato de jornalista
Publicidade
19 de julho de 2018

Rui defende candidatura de outro partido caso Lula não dispute eleição

Foto Rede Acontece

O governador Rui Costa (PT) disse nesta quarta-feira (18) que, caso o ex-presidente Lula não consiga ser candidato, o PT apoie nome de outra legenda para a disputa pelo Palácio do Planalto e não descartou que seu conterrâneo Jaques Wagner (PT) seja vice em uma chapa encabeçada pelo empresário Josué Alencar (PR). “Se ele [Lula] puder ser candidato, ótimo. Se não puder temos que encontrar uma solução e um caminho que, na nossa opinião, pode e deve ser alternativa ao PT. A gente precisa dar um sinal também de que a prioridade é reconstruir o Brasil. A melhor pessoa é o Lula, se ele não pode, acho que não necessariamente tem que estar filiado ao PT”, disse Costa após participar do fórum sobre mobilidade da ANPTrilhos (Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos) em Brasília. “Mais importante que o partido A, B ou C, mais importante que as vaidades pessoais, é a gente se juntar para reconstruir o Brasil”, afirmou o governador, salientando, no entanto, não ver nenhuma alternativa entre os atuais pré-candidatos com a representação e a força política do ex-presidente Lula. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, ao ser questionado se via como impossível uma composição com Josué Alencar como candidato a presidente e o ex-governador Jaques Wagner (BA) como vice –desejo do PR–, Rui Costa disse que não. “Não acho impossível nenhuma chapa dentro desta concepção nossa de que, junto com a defesa da candidatura de Lula e uma eventual impossibilidade, a gente discuta uma composição”, afirmou. Indagado sobre a possibilidade de apoiar o pré-candidato Ciro Gomes (PDT), o governador disse que a aproximação do presidenciável com partidos do centrão – DEM, PP, SD e –P RB cria certa dificuldade por causa do afastamento da agenda da esquerda. Ainda segundo a publicação, Rui Costa citou prejuízos causados pela incerteza política no Brasil, mas se recusou a culpar a estratégia do PT de manter a intenção de lançar a candidatura de Lula. O partido pretende registrar o ex-presidente no final do prazo, em 15 de agosto, para levar os recursos judiciais até setembro, dias antes do primeiro turno. “Culpar o PT parece culpar a mulher que foi estuprada porque estava de saia curta. Culpar o PT é como se dissesse que alguém que está defendendo o legítimo direito de ser candidato porque considera o julgamento ilegal, injusto é o mesmo pensamento que diz ‘ah, você, também, fica saindo de saia curta, por isso que você é estuprada’. Você defender os seus direitos não pode dar razão a alguém para o atacar”, afirmou o governador.


VOLTAR