Sarampo: 21 milhões de crianças deixam de ser vacinadas todos os anos » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 02-06-2020 » Suposta interferência na PF | PGR apoia pedido de prorrogar por 30 dias inquérito que investiga Bolsonaro 02-06-2020 » Roda Viva | Lobão: 'Golpe está a caminho, e Maia vai ficar devendo de maneira trágica' 02-06-2020 » Ação movida pela Rede | Plenário do STF julga validade do inquérito das fake news em 10 de junho 02-06-2020 » Economia | Governo planeja permitir demissão de até 50% dos funcionários em programa de crédito para empresas 02-06-2020 » Ministro do STF | Celso de Mello rejeita pedido de apreensão de celular de Bolsonaro 02-06-2020 » 'Questões do aço brasileiro' | Bolsonaro conversa com Trump e diz que Brasil deverá integrar G7 expandido 02-06-2020 » Militante de direita | Sara Winter debocha de intimação para depor após ameaças ao STF: 'Não vou' 02-06-2020 » Caso George Floyd | Após uma semana de protestos, Trump mobiliza militares 02-06-2020 » Manifestações pelo Brasil | RJ: jovem negro que ficou sob mira de fuzil em ato é entregador e faz poesia 02-06-2020 » Ao vivo no UOL, hoje (13h) | Especialistas debatem a luta antirracista no Brasil e nos Estados Unidos 02-06-2020 » São Paulo | MP abre inquérito para investigar suposto gabinete do ódio na Alesp 02-06-2020 » Coronavírus no estado | Mortes por covid-19 no RJ crescem 30% em semana anterior à reabertura 02-06-2020 » Luiz Felipe Pondé | Santidade, silêncio e sanidade 02-06-2020 » Ruy Castro | Cinema deixará de ser veículo de fruição coletiva 02-06-2020 » Ronaldo Lemos | Índia resolve invisibilidade com identidade digital 02-06-2020 » Marcus Melo | Hiperprotagonismo do STF não surpreende 02-06-2020 » Alexandre Faisal | Depressão na gravidez ou no pós-parto 02-06-2020 » Juca Kfouri | Manifesto é passo para virarmos o jogo 02-06-2020 » Marcelo Leite | Fogo, última gota sobre a Amazônia 02-06-2020 » Comissão Arns | Armar o povo: atentado contra o Estado
Publicidade
26 de abril de 2019

Sarampo: 21 milhões de crianças deixam de ser vacinadas todos os anos

Foto: Bruno Concha/Secom

Entre 2010 e 2017, 169 milhões de crianças em todo o mundo – média de 21 milhões anuais – não receberam a primeira dose da vacina contra o sarampo, alertou o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). Para a entidade, o aumento no número de crianças não vacinadas abriu caminho para os surtos de sarampo que atualmente atingem vários países. A diretora-executiva do Unicef, Henrietta Fore, destacou que o vírus do sarampo sempre encontrará crianças não vacinadas e que é preciso vacinar todas elas, tanto em países ricos como em nações pobres. “A base para os surtos de sarampo que estamos testemunhando hoje pelo mundo foi estabelecida há anos”, lembrou. Dados do Unicef indicam que, nos primeiros três meses de 2019, mais de 110 mil casos de sarampo foram relatados em todo o mundo, um aumento de 300% em relação ao mesmo período do ano passado. A estimativa é que, em 2017, a doença tenha provocado a morte de 110 mil pessoas, a maior parte dessas crianças. Os números apontam um crescimento de 22% em relação ao ano anterior. De acordo com a entidade, fatores como a falta de acesso, sistemas de saúde pobres e, em alguns casos, o medo ou o ceticismo sobre vacinas fizeram com que a cobertura global da primeira dose da vacina contra o sarampo tenha ficado em 85% em 2017. A cobertura global da segunda dose é ainda mais baixa: 67%. A recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) é que a cobertura seja de 95% para atingir a chamada imunidade em massa. Os Estados Unidos aparecem no topo da lista de países de alta renda que tiveram o maior número de crianças que não receberam a primeira dose da vacina entre 2010 e 2017 – mais de 2,5 milhões. Em seguida, estão França e Reino Unido, com mais de 600 mil e 500 mil crianças, respectivamente, não vacinadas durante o mesmo período. Nos países de renda baixa e média, a situação, segundo o Unicef, é crítica. Em 2017, a Nigéria teve o maior número de crianças com menos de 1 ano que ficaram sem a primeira dose da vacina contra o sarampo – foram quase 4 milhões de menores nessa situação. A Índia aparece em segunda posição, com 2,9 milhões de crianças, seguida pelo Paquistão e pela Indonésia, com 1,2 milhão cada. Ucrânia, Filipinas e Brasil foram os países que registraram maior crescimento no número de casos da doença entre 2017 e 2018. “O Unicef alerta que, no mundo, os níveis de cobertura da segunda dose da vacina contra o sarampo são ainda mais alarmantes. Dos 20 países com o maior número de crianças sem vacina em 2017, nove deles não introduziram a segunda dose,” destacou a entidade.


VOLTAR