‘Se eu quisesse ser governador, o momento era agora’, diz Otto » Rede Acontece
Últimas
15-11-2018 » Assista ao gol | Cruzeiro bate por 1 a 0 Corinthians, que vê risco de ir à Série B 15-11-2018 » Ação sobre sítio de Atibaia | Lula diz não crer que Marisa pediu obras: 'Fácil falar nome dela' 15-11-2018 » Brasileirão | Palmeiras vence Flu por 3 a 0 e pode ser campeão domingo; veja gols 15-11-2018 » Mais Brasileirão | Sport e Vitória ficam no 0 a 0 na Ilha do Retiro; veja os lances 15-11-2018 » Veja único gol do jogo | Atlético-MG põe fim em jejum, bate Paraná e abre vantagem no G-6 15-11-2018 » 2 a 1 | De virada, Bahia vence Ceará e se afasta do Z4; assista aos gols 15-11-2018 » Opinião | No Salão de SP, Volks é a marca com atrações mais relevantes 15-11-2018 » Caso Daniel | Polícia pede prisão de gêmeo suspeito de envolvimento no crime 15-11-2018 » Mauricio Stycer | Após Edir e Silvio, sócio da RedeTV! declara apoio a Bolsonaro ? 15-11-2018 » Relação com mundo árabe abalada | Fala de Bolsonaro afeta até negócio de escovas progressivas brasileiro 15-11-2018 » São Paulo | Abrigo vira campo de batalha entre moradores de rua e venezuelanos 15-11-2018 » Profissional está no Brasil há 20 anos | 'No Nordeste, às vezes o cubano é o 1º médico”, diz Eduardo Rodriguez 15-11-2018 » Futuro ministro da Casa Civil | 'Continua indicado, ainda', diz Bolsonaro sobre Onyx após delação sobre caixa 2 15-11-2018 » Embaixador em Roma? | Não há nada nesse sentido, diz Bolsonaro sobre embaixada a Temer 15-11-2018 » Programa de saúde | Sem cubanos, governo avalia Mais Médicos com recém-formados do Fies 15-11-2018 » Cotada para educação | Viviane Senna diz não ter planos para virar ministra 15-11-2018 » Ernesto Araújo no Itamaraty | Diplomatas reagem mal à indicação por 'quebra de hierarquia'
Publicidade
18 de junho de 2018

‘Se eu quisesse ser governador, o momento era agora’, diz Otto

O senador Otto Alencar (PSD) disse que, se tivesse pretensão de ser candidato a governador da Bahia, o momento oportuno era a eleição deste ano, já que, se perdesse o pleito, teria ainda mais quatro de mandato.

A declaração é uma resposta ao secretário-geral do PSB na Bahia, Domingos Leonelli, que criticou a “hegemonia” do presidente do PSD baiano na administração do governador Rui Costa (PT), e opinou que o pessedista vai virar “candidato natural” ao Palácio de Ondina na eleição de 2022.

Em entrevista ao Metro1, Otto reclamou do tom “áspero” com que tem sido atacado por Leonelli. “Ele tem as razões para a todo custo emplacar a vaga para senadora Lídice da Mata. É um direito dele. Mas tem sido muito áspero e duro comigo e com Coronel [presidente da Assembleia Legislativa da Bahia], tentando desqualificar de toda forma. Se eu quisesse ser governador, o momento era esse. Não tinha nada a perder”, afirmou.

Otto ressaltou que, se fosse postulante ao Palácio de Ondina, teria apoio de partidos de oposição. “Em 2022, nem sei o que vai acontecer. Espero estar vivo, mas não para usurpar direitos de ninguém. Não faço esse movimento. Quero chegar é com saúde física e mental. Não para ser candidato, mas para viver minha vida”, afirmou.


VOLTAR