Secretário da Saúde de Guanambi rebate prefeito de Urandi: 'Não sobrecarregamos o hospital regional' » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 27-06-2019 » Despachada | Latam cobrará até US$ 90 por bagagem em voo para os EUA 27-06-2019 » Nardoni, Mizael e mais | Detentos 'famosos' de Tremembé (SP) saem da prisão para depor 27-06-2019 » Presos há 20 dias | Carapicuíba: Justiça manda soltar acusados de atacar professora 27-06-2019 » Publicada no México | Foto de pai e filha afogados vira símbolo da travessia até EUA 27-06-2019 » Assassinato de pastor | Polícia no RJ apura se neta de Flordelis jogou celular no mar 27-06-2019 » Confira as novidades | Fiat Toro 2020 será lançada dia 10 e custa a partir de R$ 92.990 27-06-2019 » Segurança pública | Entenda como ficam as regras para ter e carregar armas após vaivém de Bolsonaro 27-06-2019 » G20 | Merkel quer tratar de meio ambiente com Bolsonaro e fala em situação 'dramática' 27-06-2019 » Orientação do Itamaraty | Ministério ignora a ciência ao igualar gênero a sexo, dizem especialistas 27-06-2019 » Ministro do STF | Barroso determina que transgêneros cumpram pena em prisões femininas 27-06-2019 » Sargento detido com droga | Militar brasileiro preso na Espanha viajou com Bolsonaro para SP há 4 meses 27-06-2019 » Vazamentos da Lava Jato | Comissão da Câmara aprova convite para que Moro explique mensagens 27-06-2019 » Ideia é estimular economia | BC reduz parcela de depósitos e libera R$ 16 bilhões para bancos 27-06-2019 » Acir Gurgacz | STF revoga decisão que permitia senador condenado passar férias no Caribe 27-06-2019 » Ex-presidente | 'Vamos para agosto', disse Lula após julgamento no STF que o manteve preso 27-06-2019 » Previdência | Irritado com o governo, centrão ameaça apresentação de relatório 27-06-2019 » Imóvel centenário no coração de SP | Após 27 anos de impasse, casarão na Paulista vira domínio público 27-06-2019 » Programa Descomplique | História da poderosa do Magazine Luiza inspira a enriquecer 27-06-2019 » Ferramentas para ajudar ou piorar? | Gadgets que prometem melhorar seu sono podem agravar insônia 27-06-2019 » Quicando | Glenn Greenwald não almoçou pois jantou o PSL
Publicidade
14 de junho de 2019

Secretário da Saúde de Guanambi rebate prefeito de Urandi: ‘Não sobrecarregamos o hospital regional’

 

Foto Rede Acontece

O secretário municipal da Saúde de Guanambi, no centro-sul da Bahia, rebateu as acusações de que a população local causa superlotação no Hospital Regional de Guanambi (HRG). André Luís Moitinho Fagundes afirmou que é natural que os habitantes da cidade representem o maior número de pacientes atendidos, já que a unidade de saúde está implantada em seu território. Em maio deste ano, o presidente do Consórcio Público Interfederativo de Saúde do Alto Sertão e prefeito de Urandi, Dorival Barbosa do Carmo (PP), disse à reportagem que os prefeitos da região estão insatisfeitos com a situação, pois o hospital deveria receber apenas casos de alta complexidade médica. Segundo o gestor, a unidade de saúde se transformou em um hospital municipal de Guanambi. “É normal que a população seja mais beneficiada por ser a maior na região. Como ocorre em todas as cidades que são sedes de hospitais regionais. Não sobrecarregamos o hospital regional. Não é nenhum demérito não ter hospital municipal. Hoje, o próprio Governo do Estado não estimula que os municípios pequenos tenham hospitais municipais. Não é uma coisa que os municípios conseguem bancar, eles devem investir na atenção básica”, disse. Ainda em entrevista, o secretário classificou as queixas como picuinha política. “Eles alegam politicagem dentro dos hospitais, quando muitos deles estão preocupados com suas políticas. Ano que vem é ano de eleição. Muitos prefeitos estão com medo de perder seus mandatos ou não emplacar seus sucessores, deputados estão investindo pesadamente. Essa discussão partidária em torno do hospital nunca deu certo e nunca dará”. Moitinho ressaltou que Guanambi tem uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com três médicos, três enfermeiros, além de outros profissionais que atendem a população diariamente. No município, segundo o secretário, são feitas mais de 200 cirurgias eletivas no antigo Hospital São Lucas, transformado em Hospital Municipal, que atende Guanambi e moradores de outras cidades. “Estamos fazendo muito bem nossa obrigação. Coisa que muitos municípios não fazem”.


VOLTAR