Secretário da Saúde de Guanambi rebate prefeito de Urandi: 'Não sobrecarregamos o hospital regional' » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 22-09-2019 » Criança baleada no Rio | Ágatha Félix será enterrada hoje; corpo foi liberado com atraso 22-09-2019 » Mensagens vazadas | Lava Jato poupou donos da Odebrecht de medidas duras para fechar delação 22-09-2019 » Economia | Cliente da Caixa tem até hoje para liberar saque do FGTS e receber na sexta 22-09-2019 » Fórmula 1 | Vettel vence GP de Singapura e acaba com jejum na temporada 22-09-2019 » Crossover de porte médio | Avaliação: novo Escape Hybrid é o anti-RAV4 da Ford 22-09-2019 » Conheça a Burgay | Hamburgueria LGBT traz divas pop, pão rosa e muito, muito glitter 22-09-2019 » 'Sou mais forte do que imaginava' | Jogadora de vôlei que teve tumor no coração sonha com Olimpíada 22-09-2019 » Ferreirinha | PM que mentiu em Caso Marielle matou ao menos 2 pessoas a mando de milícia 22-09-2019 » Impacto da lama no Rio Doce | Há 4 anos, Vale ignora 2.000 pessoas afetadas pelo desastre de Mariana 22-09-2019 » Brasileirão | Inter vence a Chapecoense por 1 a 0 e ganha fôlego após vice da Copa do Brasil 22-09-2019 » Oscar da TV | É hoje! Confira todos os indicados ao Emmy 2019 22-09-2019 » Tradição da Assembleia | FHC só abriu ONU uma vez; Lula perdeu duas; Bolsonaro estreia terça 22-09-2019 » Exige cuidado, sim! | 7 erros que jamais devemos cometer ao dirigir carro automático 22-09-2019 » Grana está curta? | Veja dicas de apps que ajudam na organização financeira 22-09-2019 » Prévia do Rock in Rio | SP: Scorpions mostra com quantas baladas se faz um bom show 22-09-2019 » Janio de Freitas | Veremos quem no Supremo está à altura desse nome 22-09-2019 » Nós | Clima: última geração a viver com conforto? 22-09-2019 » Porta 23 | Facebook: dilema com privacidade e portabilidade 22-09-2019 » Samuel Pessôa | Chegou o dia seguinte da Previdência 22-09-2019 » Ruy Castro | Imprevisível: o que acontecerá e se haverá Brasil
Publicidade
14 de junho de 2019

Secretário da Saúde de Guanambi rebate prefeito de Urandi: ‘Não sobrecarregamos o hospital regional’

 

Foto Rede Acontece

O secretário municipal da Saúde de Guanambi, no centro-sul da Bahia, rebateu as acusações de que a população local causa superlotação no Hospital Regional de Guanambi (HRG). André Luís Moitinho Fagundes afirmou que é natural que os habitantes da cidade representem o maior número de pacientes atendidos, já que a unidade de saúde está implantada em seu território. Em maio deste ano, o presidente do Consórcio Público Interfederativo de Saúde do Alto Sertão e prefeito de Urandi, Dorival Barbosa do Carmo (PP), disse à reportagem que os prefeitos da região estão insatisfeitos com a situação, pois o hospital deveria receber apenas casos de alta complexidade médica. Segundo o gestor, a unidade de saúde se transformou em um hospital municipal de Guanambi. “É normal que a população seja mais beneficiada por ser a maior na região. Como ocorre em todas as cidades que são sedes de hospitais regionais. Não sobrecarregamos o hospital regional. Não é nenhum demérito não ter hospital municipal. Hoje, o próprio Governo do Estado não estimula que os municípios pequenos tenham hospitais municipais. Não é uma coisa que os municípios conseguem bancar, eles devem investir na atenção básica”, disse. Ainda em entrevista, o secretário classificou as queixas como picuinha política. “Eles alegam politicagem dentro dos hospitais, quando muitos deles estão preocupados com suas políticas. Ano que vem é ano de eleição. Muitos prefeitos estão com medo de perder seus mandatos ou não emplacar seus sucessores, deputados estão investindo pesadamente. Essa discussão partidária em torno do hospital nunca deu certo e nunca dará”. Moitinho ressaltou que Guanambi tem uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com três médicos, três enfermeiros, além de outros profissionais que atendem a população diariamente. No município, segundo o secretário, são feitas mais de 200 cirurgias eletivas no antigo Hospital São Lucas, transformado em Hospital Municipal, que atende Guanambi e moradores de outras cidades. “Estamos fazendo muito bem nossa obrigação. Coisa que muitos municípios não fazem”.


VOLTAR