Secretário de segurança pública da Bahia defende liberação de porte de armas » Rede Acontece
Últimas
23-10-2018 » Não quer gastar o 3G? | Veja como economizar dados móveis ao ver vídeos no YouTube 23-10-2018 » Equipe ficou exausta | Cena sem cortes de Demolidor precisou de 12 horas e sete takes 23-10-2018 » Design sedutor | Renault Mégane RS é o hot hatch que todos sonham no Brasil 23-10-2018 » Mutações | Se genoma é o mesmo, por que resultado de teste genético muda? 23-10-2018 » Meia do Palmeiras | Neymar pai tentou levar L. Lima ao Barça, mas saída de filho impediu 23-10-2018 » Presidenciável do PSL | Bolsonaro: 'Somos a garantia da liberdade e da democracia' 23-10-2018 » Candidato do PT | Falas radicais do clã Bolsonaro dão tração a articulação pró-Haddad 23-10-2018 » 'Não tenho alternativa' | Torturado por Ustra, vereador do PV rejeita PT e defende voto nulo 23-10-2018 » Fim da campanha | Bolsonaro desiste de ir, e Globo cancela debate de 6ª 23-10-2018 » Falta 1 mês para liquidação | Confira seis dicas dos especialistas para se dar bem na Black Friday 23-10-2018 » Entrevista com Monica de Carvalho | Diretora do Google é quem faz surgir produto que você pesquisou antes 23-10-2018 » Bolsonaro falou em 'banir vermelhos' | Estudiosos de genocídios fazem alerta a discurso de 'eliminar adversário' 23-10-2018 » Disputa governo do Rio | Há um mito de que juiz não pode ser político, diz Wilson Witzel 23-10-2018 » Hoje, às 18h10 | UOL, Folha e SBT promovem debates em São Paulo e Rio 23-10-2018 » Juiz de primeira instância | Sinalização de que Bolsonaro pode indicar Moro ao STF desagrada cortes 23-10-2018 » Forças no Congresso | Apoio a Maia para presidir a Câmara ganha força no PSL 23-10-2018 » O que prometem os candidatos | Veja quais são as propostas de Bolsonaro e Haddad para a economia
Publicidade
3 de agosto de 2018

Secretário de segurança pública da Bahia defende liberação de porte de armas

Foto Mateus Pereira

O secretário de Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa, defendeu em um programa de rádio de Salvador, nesta quinta-feira (02), que algumas pessoas deveriam poder andar armadas. “Vejo pessoas de bem que precisam andar armadas como grandes comerciantes, fazendeiros, pessoas que lidam com objetos de valor que são pessoas de bem, que tem treinamento, que tem capacidade psicológica e que não é permitido isso”, disse. O secretário argumentou que uma parte da sociedade estaria preparada para poder portar uma arma em uma situação de risco. “Ter arma dentro de casa, no local de trabalho é diferente de carregar arma na rua. Eu concordo que todas as pessoas que têm bons antecedentes e capacitação poderiam ter arma em casa sim, para evitar que o marginal entre em sua casa, sua fazenda, sua casa de praia, estupre sua filha, sua esposa. Até que a polícia possa chegar, você tenha a capacidade de se autodefender e defender a sua família”, completou. (Varela Notícias)


VOLTAR