STF amplia poder do Conselho Nacional de Justiça » Rede Acontece
Últimas
23-07-2018 » Nove clássicos sem derrota | Bahia goleia Vitória e evita degola; confira gols 23-07-2018 » São líder e vice do campeonato | Fla e SP vencem clássicos na rodada; veja gols narrados 23-07-2018 » Deixa comentários no fim do ano | Arnaldo dá adeus no Fantástico e explica origem do "A regra é clara" 23-07-2018 » Com propriedade privada | Cuba aprova projeto de nova Constituição e inicia consulta popular 23-07-2018 » Artilheiro do campeonato com 9 | Herói do Flu, Pedro diz que não se abateu após gol perdido; veja gols 23-07-2018 » Disney em Orlando | Conheça Toy Story Land, nova área do Hollywood Studios 23-07-2018 » TAB #166 - Menos peso, mais saúde? | Após dietas, anorexia e quase morte, gordos se veem saudáveis 23-07-2018 » 2x1 | Barcos marca, e Cruzeiro bate Atlético-PR; veja gols 23-07-2018 » Goulart de Andrade | SBT tinha espécie de Você Decide com modelos nuas 23-07-2018 » Feminista | Linzmeyer posa com presente (nada) "recatado" 23-07-2018 » Marília Mendonça | Cantora chora ao lembrar traição de ex-padrasto 23-07-2018 » Gafe espetacular | Márcio Garcia erra e chama programa da Record na Globo 23-07-2018 » Com menos um | G. Augusto exalta Vasco: "Alma na ponta da chuteira" 23-07-2018 » Guerra de cotonete | Festa do filho tem Neymar sem camisa e "lutinha" com Bruna 23-07-2018 » Brasileirão | Salvador contra o Galo, Bruno Henrique dedica vitória do Palmeiras a Roger 23-07-2018 » 0x0 | Santos e Chapecoense terminam no empate 22-07-2018 » Naufragou em 1905 | Navio russo é descoberto e pode ter US$ 130 bi em ouro a bordo 22-07-2018 » Mais da rodada | Edu Dracena rebate críticas de Ricardo Oliveira: "É otário" 22-07-2018 » Eleições 2018 | Bolsonaro minimiza plano de governo e aposta em "experiência" 22-07-2018 » Alô, Vídeo Show! | Stycer: Por que a Globo deveria dar uma chance a Geraldo Luís
Publicidade
supermercado centrel intersorft centro medico sao gabriel grafica bandeirante clinica master lab laboratorio
12 de janeiro de 2018

STF amplia poder do Conselho Nacional de Justiça

Imagem Reprodução

Imagem Reprodução

O Supremo Tribunal Federal publicou um acórdão que dá mais poder ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A decisão unânime dos ministros permite ao órgão não aplicar leis que considere inconstitucionais. Na prática, o conselho poderá, previamente, sem passar pelo Judiciário, suspender a criação de um novo auxílio a um Tribunal de Justiça, por exemplo. O caso que levou ao entendimento é de 2009, quando o Tribunal de Justiça da Paraíba pediu a contratação de cem comissionados e o CNJ suspendeu por considerar irregular a lei que deu base à proposta. A decisão do Supremo é de dezembro de 2016, mas o acórdão só foi publicado no mês passado. Procurado, o CNJ informou que não se manifesta sobre decisões da Corte. Apesar de a decisão tratar expressamente do conselho, ela abriu precedente para que outros órgãos administrativos também não apliquem leis que considerem inconstitucionais. A prática, segundo argumento do ministro Gilmar Mendes em seu voto à época, já é recorrente entre governadores e prefeitos. Ex-integrante do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e professor de Direito Administrativo da UERJ, Valter Shuenquener chama a decisão de um “voto de confiança” nos órgãos. “Se não for assim, só podemos contestar a lei via ADI (Ação Direta de Inconstitucionalidade), que raramente é decidida monocraticamente, aí tem de esperar pronunciamento do plenário do Supremo”, afirmou. Shuenquener disse que há “medo” de o poder ser excessivo. “Mas, como o próprio órgão controlador (Supremo) conferiu esse poder, se mudar de ideia, pode rever a decisão.”


VOLTAR