STF decidirá se Testemunhas de Jeová tem direito de recusar transfusão de sangue » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 11-07-2020 » Revelação | Eliza descobre quem é seu verdadeiro pai em 'Totalmente Demais' 11-07-2020 » Sucesso de 2018 | 'Bird Box' ganhará continuação na Netflix, diz autor do filme 11-07-2020 » Autora de 'Harry Potter' | JK Rowling cria fábula violenta de autoritarismo medo em novo livro 11-07-2020 » Entrevista com sociólogo | Bitcoin é um filho rebelde do neoliberalismo, diz pesquisador marxista 11-07-2020 » veja como apostar | Mega-Sena sorteia prêmio estimado em R$ 40 milhões hoje 11-07-2020 » Ator de 'Fina Estampa' | Marco Pigossi se 'exila' nos EUA e afirma: 'Decidi não retornar' 11-07-2020 » Futebol na TV | SBT exibe final do Carioca na quarta; jogo de domingo segue só na FluTV 11-07-2020 » Começa hoje | UFC 251 abre a 'Ilha da Luta' com José Aldo sendo azarão em luta pelo título 11-07-2020 » Rio de Janeiro | Promotores acham fortuna em casa de ex-secretário de Saúde preso 11-07-2020 » 2ª etapa da temporada | Hamilton consegue a pole no GP da Estíria em treino marcado por tempestade 11-07-2020 » Pandemia pelo Brasil | Michelle Bolsonaro diz que testes de covid-19 dela e da filha deram negativo 11-07-2020 » Publicidade da presidência | TCU proíbe que governo anuncie em site que promove atividade ilegal 11-07-2020 » Paciente com H1N2 | Fiocruz detecta no Paraná novo vírus respiratório com potencial pandêmico 11-07-2020 » Campeonato Carioca | Nino sofre entorse no joelho e desfalca o Flu no primeiro jogo da final 11-07-2020 » Futebol | Juve, Barça, City e Chelsea; os jogos de sábado e onde assistir 11-07-2020 » 'Na Laje' | 'Reality vai pôr jovens de classe média alta na favela' 11-07-2020 » Strippers e pole dance em 'P-Valley' | Série seduz com liberdade sexual e shows incendiários 11-07-2020 » Relator da ONU ataca Bolsonaro | Para o órgão, presidente promove desinformação e agride a democracia 11-07-2020 » Entrevista | Paulo Betti vê tendência em fim de contratos na Globo 11-07-2020 » Ouça o podcast | Baixo Clero: Bolsonaro faz propaganda da cloroquina para desviar atenção
Publicidade
11 de setembro de 2019

STF decidirá se Testemunhas de Jeová tem direito de recusar transfusão de sangue

Foto: Paula Fróes

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, ajuizou no Supremo Tribunal Federal (STF), nesta segunda-feira (9), uma ação para permitir que pacientes Testemunhas de Jeová maiores de idade e capazes não sejam obrigados a receber transfusão de sangue, mesmo na hipótese de risco iminente de morte. Na Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF 618), Dodge afirma que há lesão a dignidade da pessoa humana, de consciência e de crença em várias decisões judiciais, atos do Conselho Federal de Medicina e de instituições de saúde que negam as Testemunhas de Jeová o direito de recusar a transfusão de sangue. Na ação, Dodge afirma que na interpretação das Testemunhas de Jeová da Bíblia, “Deus permite o consumo da carne de animais, mas impõe a abstenção do respectivo sangue, que representa a alma e a vida”. Seus membros são conhecidos pelo persistente proselitismo religioso, pela não intervenção em atividades políticas e militares e, mais especificamente, pela recusa a transfusões de sangue. Com tal entendimento, as Testemunhas de Jeová se sentem impura e indigna do reino e Deus. Até o ano 2000, o membro que aceitasse transfusão de sangue perdia a condição de “irmão” na comunidade religiosa e o convívio social. Desde então, porém, a comunidade passou a não mais excluir o membro que aceita a transfusão de sangue, deixando a cargo da Testemunha de Jeová a sua autoexclusão, segundo a sua própria consciência. O grupo começou a aceitar, ainda, que o membro decida pelo recebimento de elementos secundários do sangue, transmitidos da mãe para o filho na gestação, como, por exemplo, a albumina, as globulinas, as interleucinas e o interferão. A procuradora-geral da República salienta que a recusa no recebimento de transfusão não significa desejo de morte ou desprezo pela saúde e pela vida. Dodge destaca que a Testemunha de Jeová “defende e incentiva a existência e o desenvolvimento de métodos alternativos à transfusão de sangue, mas, na sua impossibilidade, prefere se resignar à possibilidade eventual de morte do que a violar suas convicções religiosas”.


VOLTAR