Trabalhador que deixou para sacar PIS/Pasep em agosto receberá 8,97% a mais » Rede Acontece
Últimas
21-09-2018 » Maior doador é da Cosan | Empresas de 4 dos 5 maiores doadores eleitorais devem R$ 17 milhões à União 21-09-2018 » Presidenciável pela Rede | Marina destacará força da mulher para reconquistar eleitoras 21-09-2018 » Debate na TV Aparecida | Haddad exalta Lula e vira alvo de Alckmin, Ciro, Dias e Meirelles 21-09-2018 » Palmeiras vence Colo-Colo | Após mês de treinos fechados, Felipão muda jogo 21-09-2018 » Candidato pelo PSL | Bolsonaro diz nunca ter cogitado volta da CPMF: "Votei pela revogação" 21-09-2018 » Não é mais só trabalho | Neta e saúde deixaram Muricy mais light. Até os amigos estranham 21-09-2018 » Bastidores do Mundial | Nike proibiu Neymar de rasgar meião durante a Copa do Mundo 21-09-2018 » Festival de música | Por que você não vai ver nomes do feminejo no VillaMix em SP 21-09-2018 » Sem data para o Brasil | EUA já vendem novos iPhones; como comprar sem ser taxado? 21-09-2018 » Nova série da Netflix | Com Emma Stone e Jonah Hill, Maniac retrata solidão moderna 21-09-2018 » De TPM ao clima | 6 fatores do dia a dia que podem levar a crises de asma 21-09-2018 » Veganos adoram | Ágar-ágar ajuda a emagrecer? Saiba mais deste alimento 21-09-2018 » #ficaadica | Aprenda a adicionar paradas no caminho no Google Maps 21-09-2018 » Juntos há 4 anos | "Somos apaixonados, mas não transamos há 3 anos", relata casal 21-09-2018 » Números de 2018 | Voos internacionais crescem 14% no Brasil; EUA lideram 21-09-2018 » A melhor avaliada de todos | Ela é motorista nº 1 da Uber no Rio: 'Tapa na cara dos machistas' 21-09-2018 » Violência no Rio de Janeiro | Morte por policial em área de UPP já se iguala a taxa de homicídio comum 21-09-2018 » Até 28 de setembro | Você pode ter dinheiro no fundo PIS/Pasep; resta uma semana para sacar 21-09-2018 » Papo sobre amor, violência e Anitta | "Ser sexy foi carma e uma opção minha", diz Rita Cadillac 21-09-2018 » Quarto confronto entre presidenciáveis | Ingratidão, inveja, caos e Posto Ipiranga; veja frases do debate
Publicidade
10 de julho de 2018

Trabalhador que deixou para sacar PIS/Pasep em agosto receberá 8,97% a mais

Foto Rede Acontece

Cotistas do PIS/Pasep que não fizeram o saque deste ano até junho receberão os valores com acréscimo de 8,9741%, informou o Tesouro Nacional nesta terça-feira (10).

O reajuste veio bem acima da inflação acumulada em 12 meses até junho, de 4,39%, segundo o IBGE. A suspensão dos pagamentos no mês de julho é realizada exatamente para que seja computado o rendimento anual do fundo. No ano passado, foi de 8,8781%.

Na primeira etapa do cronograma de pagamento do PIS/Pasep, encerrada no dia 29 de junho, 1,1 milhão de trabalhadores com idade acima de 57 anos realizaram o saque, retirando uma soma de R$ 1,5 bilhão.
A partir de agosto, empregados de quaisquer idades poderão solicitar suas cotas.

As cotas são retiradas anuais de recursos depositados em contas de trabalhadores entre 1971 e 1988, quando ficaram inativas em razão da Constituição Federal. Até 2017, o saque era permitido para pessoas com mais de 70 anos, em caso de aposentadoria e em outras situações específicas. A partir do ano passado, o governo federal flexibilizou o acesso para pessoas de todas as idades.

Na segunda etapa, serão disponibilizadas, inicialmente, as cotas dos correntistas da Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil. O crédito em conta será efetuado automaticamente no dia 8 de agosto.

A partir do dia 14, correntistas de quaisquer bancos poderão reivindicar o recurso. O prazo ficará aberto até 29 de setembro. Quem não sacar nesse período, perde o direito ao benefício.

CALENDÁRIO DE PAGAMENTO

Quem poderá pegar o dinheiro:

– Cotistas com 57 a 59 anos de idade: saques foram feitos até o dia 29 de maio;
– Clientes da Caixa e do Banco do Brasil de qualquer idade: dia 8 de agosto;
– Trabalhadores de qualquer idade que não são clientes dos bancos: de 14 de agosto a 29 de setembro.

ATENÇÃO

– Cotistas a partir de 60 anos têm direito ao saque a qualquer momento;
– Não confunda cota com abono do PIS.

COTA

– Até 1988, os patrões faziam depósitos individuais no fundo PIS/Pasep; por isso, só trabalhadores entre 1971 e 1988 têm direito;

– Depois, a Constituição Federal alterou as regras e o valor passou a ser do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador), que paga o seguro-desemprego e o abono do PIS/Pasep.

ABONO

– É pago anualmente para quem, no ano-base, trabalhou com carteira assinada ganhando até dois salários mínimos;

– O valor é proporcional aos meses de trabalho, limitado ao salário mínimo do ano de saque.


VOLTAR