Turismo baiano tem segundo pior resultado do país com queda de 4,9% » Rede Acontece
Últimas
21-02-2019 » Audiência no Senado | Damares critica ativismo e rebate ministro do STF sobre questão de gênero 21-02-2019 » Desastre em Brumadinho (MG) | Bombeiros acham almoxarifado soterrado; há indícios de corpos 21-02-2019 » Texto entregue ao Congresso | Oposição tranca pauta na Câmara em protesto à reforma da Previdência 21-02-2019 » Marcelo Antônio, do Turismo | Ministro pede para STF suspender apuração de laranjas do PSL em MG 21-02-2019 » Tema em discussão no STF | Fachin defende criminalizar homofobia e aplicar Lei de Racismo 21-02-2019 » Crise no país vizinho | Nicolás Maduro manda fechar a fronteira da Venezuela com o Brasil 21-02-2019 » Impasse | Sem acerto, direção do Corinthians se irrita com postura de Romero 21-02-2019 » Novo smartphone | Confira sete novidades do Galaxy S10 da Samsung 21-02-2019 » Caso tríplex | Ministro do STF nega mais um pedido de liberdade a Lula 21-02-2019 » SUV 'acupêzado' | Renault Arkana é registrado no Brasil e deve sair até 2021 21-02-2019 » Impasse continua | Globo aceita exibir parceiros da Conmebol apenas na TV paga 21-02-2019 » Caso Daniel | Audiência tem risada de réu e acenos da família Brittes; advogado faz críticas 21-02-2019 » Em São Bernardo | Governo de SP diz que buscará comprador para fábrica da Ford 21-02-2019 » Antimusa do Carnaval | Lívia Andrade rejeita ser 'certinha': 'Empoderada? Minha vida me fez assim' 21-02-2019 » Mulheres em profissões 'invisíveis' | 'Se some algo, sempre suspeitam de quem faz a limpeza'; leia relatos 21-02-2019 » Buscas continuam em Brumadinho | 'Quanto mais tempo passa, mais difícil', diz bombeiro símbolo de MG
Publicidade
14 de julho de 2018

Turismo baiano tem segundo pior resultado do país com queda de 4,9%

As atividades de serviços ligadas ao turismo apresentaram queda de 4,9% na Bahia no mês de maio, de acordo com relatório divulgado hoje (13) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Entre os 12 investigados, o estado baiano teve o segundo pior resultado.

Em comparação a maio de 2017, o resultado foi o pior do país (-8,2%), com a quarta queda consecutiva no período. No ano de 2018, o setor já acumula queda de 4,4% e mantém-se como a segunda maior retração, atrás apenas do Rio de Janeiro (-6,2%).

De abril para maio, o segmento de serviços – que engloba o turismo – recuou em 23 estados, com destaques negativos para Tocantins (-20,2%), Espírito Santo (-11,3%) e Mato Grosso (-9,3%).

Os setor só teve resultado positivo no Acre (4,6%), Distrito Federal (1,4%) e Piauí (1%).


VOLTAR